AB Notícias
AB Notícias 19/05/17

Alta na importação

Foi registrado um aumento de 22% no volume de fertilizantes que entrou no país pelo Porto de Paranaguá. Entre janeiro e abril, foram importados 2,82 milhões de toneladas dos produtos, que são utilizados como adubo. O Porto é o principal canal de entrada de fertilizantes no Brasil, movimentando mais que o dobro do importado por todos os outros portos do país juntos. Os estados que mais recebem essas cargas são Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

 

Preservação da flora

Três mil novas mudas de árvores nativas serão plantadas no entorno da Barragem Piraquara II, lago utilizado para abastecimento de Curitiba e várias cidades da Região Metropolitana. As mudas ajudarão a preservar a vegetação das margens com vários benefícios ambientais, como a proteção do ecossistema local, a redução da erosão e do assoreamento, a fixação de nutrientes no solo e a otimização do tempo de vida útil da barragem.

 

Passagem mais barata

A passagem de ônibus em Ponta Grossa ficará mais baixa. O valor deve ser reduzido ainda nesta semana, de R$ 3,70 para R$ 3,20 por determinação judicial. A decisão foi expedida pela juíza Luciana Virmond Cesar, da 2ª Vara da Fazenda Pública da cidade, após a Viação Campos Gerais ser notificada.

 

Cultura da Lapa

Acontece no Museu da Imagem e do Som do Paraná, em Curitiba a mostra As noivas de Glück. Com fotografias de Guilherme Glück, a exposição será aberta no dia 23 de maio, às 19h. A mostra fica em cartaz até o dia 9 de julho de 2017, com entrada gratuita. Em suas fotografias, o artista registrou principalmente a cultura do casamento durante o inicio do século XX na cidade da Lapa.

 

Saúde do idoso

Está em fase de implantação no Paraná, o Projeto Piloto de Implantação de Atenção à Saúde do Idoso. O objetivo é oferecer, na rede pública de saúde, serviços qualificados para atendimento, com ênfase no manejo da fragilidade, condição que põe em risco a independência e autonomia desta população. Levantamento do Ministério da Saúde, feito em 2015, mostra que os idosos representam 12,7% da população do Paraná.

 

Esporte em pauta

Ponta Grossa sedia até o dia 21 deste mês, a etapa Regional Sul de Futebol de 5. O evento é realizado pela Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais. As competições acontecem no Centro Esportivo para Pessoas com Deficiência Jamal Farjallah Bazz, reunindo sete equipes do Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

 

Trânsito mais rápido

São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, conta atualmente com três grandes obras de ligação que deverão desafogar o trânsito. Além disso, uma delas, a da Estrada da Cachoeira, vai melhorar a vida dos moradores de São José dos Pinhais e de Fazenda Rio Grande. Haverá, inclusive, uma linha de ônibus. O investimento total soma R$ 30,5 milhões.

 

No norte

Segue até o dia 14 de julho, aulões pré-vestibular abertos à comunidade por meio do Cursinho UEM da Universidade Estadual de Maringá. As aulas ocorrerão de segunda a sábado, das 18h30 às 20h30, no Bloco 33, sala 1, em Maringá. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas através do e-mail [email protected], informando nome completo, documentos pessoais e contatos.

 

Infraestrutura na RMC

R$ 20 milhões serão investidos em Araucária, região metropolitana da capital. O valor deverá ser direcionado a obras de pavimentação de ruas e aquisição de equipamentos para obras de infraestrutura em diversos bairros. Agora, os projetos irão passar por análise da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e do Paranacidade para liberação dos recursos.

 

Recém nascido

Apesar de pouco conhecido, o nistagmo é comum entre os bebês. O problema ocular ocorre através de movimentos involuntários dos olhos. Assim, provocam incapacidade de manter a visão fixa e estável. Estima-se que a doença afete um a cada mil recém nascidos no Brasil.

 

Responsabilidade social

Mais de 34 mil atendimentos a crianças e adolescentes foram realizados em 2016 pelos Núcleos de Estudos e Defesa de Direitos da Infância e da Juventude das universidades estaduais do Paraná. O projeto dá assistência às crianças e adolescentes que estejam em qualquer situação que prejudique o seu desenvolvimento.