Esporte

Bicampeão do Circuito Mundial de vôlei de praia prestigia Brasileiro Escolar

Franco Neto relembrou o início de sua carreira e deixou uma mensagem de incentivo aos participantes da seletiva nacional (Foto: Divulgação)

E a Vila Olímpica recebeu durante a manhã do terceiro dia de jogos pelo IV Campeonato Brasileiro Escolar de Vôlei de Praia, a visita do bicampeão do Circuito Mundial de Vôlei de Praia e, gerente de seleções do vôlei de praia da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei), Franco Neto.

Franco, em seu curriculum tem também o titulo de vice-campeão mundial conquistado em 2004 ao lado de Tande. Foi também quatro vezes campeão do Circuito Banco do Brasil. Ganhou a medalha de bronze na competição de vôlei de praia nos Jogos Panamericanos de 1999 em Winnipeg, Canadá em parceria com Roberto Lopes. Além de ter competido nos Jogos Olímpicos de 1996, em Atlanta.

O atleta olímpico foi recepcionado na Vila Olímpica de Maringá por seu antigo adversário de quadras e, hoje presidente da Federação do Desporto Escolar do Paraná, Clésio Marins Prado.

Clésio falou sobre a época em que enfrentava Franco nas quadras antes da modalidade se tornar olímpica: “ Eu lembro que nas primeiras edições do Circuito de Vôlei de Praia, que foram uma das responsáveis pra modalidade vir a se tornar olímpica, eu e o Emanuel fazíamos dupla e, disputamos várias partidas contra o Franco e o Roberto Lopes. Na época nos conheciam inclusive como Graveto e Espeto. Nossa, foram algumas histórias de confrontos e, de uma amizade fora das quadras que dura até hoje”, disse o presidente.

O encontro dos ex-atletas fez voltar a lembrança a importância em se representar um estado numa competição nacional ainda na juventude: “Olha, tem uma coisa que levamos pra vida inteira e, que com certeza esses jovens atletas irão carregar na memória que é o peso, responsabilidade e, acima de tudo orgulho, em representar o nosso estado ou o país numa competição. O simples fato de estar com um agasalho que, um uniforme faz com o atleta se sinta muito valorizado, porque ele foi escolhido entre tantos outros pra estar ali e, muitas vezes, nunca saiu de casa, ou andou de avião enfim, é uma experiência pra toda vida”, disse Franco.

Outro ponto destacado por Franco é a própria concepção educacional dos campeonatos escolares que tem uma forte preocupação com a formação do atleta: “O que eu posso ver aqui, através desse projeto dos brasileiros escolares promovidos pela CBDE é que existe um cuidado com os valores trazidos através do esporte, das trocas, da formação desses jovens em bons cidadãos independente se continuarão ou não a praticar um esporte”, destacou o dirigente da CBV.

A visita do gerente de seleções do vôlei de praia da CBV também rendeu olhares visando a identificação e, futuros convites, à técnicos e atletas escolares envolvidos com o vôlei de praia: “ É inevitável estar numa competição de alto nível como a que está sendo promovida aqui em Maringá e não observar tanto atletas como equipe técnica, afinal o nosso país e tão grande e com tantos talentos que fica difícil identificar todos. Então estar aqui, poder conversar com essa pessoas é algo muito bacana e, quem sabe não possam surgir futuras parcerias” disse Franco Neto.

O Presidente da FDEPR falou ainda da importância da visita de Franco no Brasileiro Escolar: “Acho que quando estes atletas escolares veem um profissional de sucesso, seja em qualquer área, elas tomam aquilo como um grande exemplo e passam a acreditar que o sucesso deles é alcançável. Ter o Franco aqui, prestigiando nosso evento e, caminhando para futuras parcerias entre a CBDE, e a FDEPR é um grande passo para desporto escolar assim como o que nos vivenciamos enquanto atletas no início dos circuitos de vôlei de praia. Tenho certeza que este é apenas um, de muitos passos que a CBV está dando em prol do desporto escolar brasileiro”, disse Clésio.

O IV Campeonato Brasileiro Escolar de Vôlei de Praia acontece entre os dias 17 e 25 de abril, em Maringá/PR, na Vila Olímpica de Maringá valendo vaga para Mundial da modalidade a ser realizado no final de maio na Polinésia Francesa e é promovido pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE em parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), Federação do Desporto Escolar do Paraná (FDEPR) e apoio do Governo do Estado do Paraná e Prefeitura do Munícipio de Maringá