Estado

Dívidas no Paraná seguem caindo pelo 11º mês consecutivo

O número de devedores no Paraná caiu - 3,57% em março de 2017 na comparação com o mesmo mês do ano passado. O levantamento foi divulgado na quarta-feira (19) pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap), por meio da Base Centralizadora Faciap de Proteção ao Crédito (BCF), conveniada ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

O dado mostra que os paranaenses tomaram menos dívidas, mas ainda há sinais de crise. "A queda é positiva dada a situação do país, mas ela ocorreu porque o consumidor tomou menos crédito. O cenário será ainda melhor caso haja queda no número de CPF's negativados mesmo quando o consumo voltar a crescer, porque as pessoas estarão efetivamente pagando as contas", explica o presidente da Faciap Marco Tadeu Barbosa.

Na comparação mensal, as contas de final de ano influenciaram a alta da inadimplência. O aumento no número de devedores em março de 2017 em relação ao mês anterior foi de 0,93%. A variação é sazonal. “No final do ano, as pessoas costumam quitar dívidas com o décimo terceiro. Mas acabam se endividando de novo com as contas que chegam nesse período, como material escolar e impostos”, explica Claudenir Machado, vice-presidente da Rede de Benefícios Faciap.

 

DÍVIDAS

O número de dívidas no setor credor de água e luz foram as que tiveram queda anual mais expressiva no Paraná: - 37,75%. Já as pendências devidas ao setor de comunicação caíram - 13,82% e ao comércio, - 9,86%.  No caso dos bancos, houve aumento de 0,84%.