Região

Pregão eletrônico do material escolar obtém economia de 62,66%

Oito empresas de Cascavel participaram do certame que teve desconto de quase R$ 2,5 milhões (Foto: Divulgação)

O Pregão Eletrônico nº 047/2017 para aquisição de material escolar para a rede pública municipal de ensino de Cascavel transcorreu dentro da normalidade e obteve um desconto geral de 62,66%. Realizada na modalidade pregão eletrônico registro de preços para um período de 12 meses, a licitação atraiu 25 empresas de diversas regiões do País, sendo oito de Cascavel.

A licitação, como foi determinada pelo prefeito Leonaldo Paranhos para assegurar lisura e transparência dos certames, foi transmitida ao vivo pelo Portal do Município e pela plataforma BBMnet (Bolsa Brasileira de Mercadorias). Disputados lance a lance, os lotes tiveram redução significativa nos preços durante o pregão na quarta-feira (17). Na quinta-feira (18), o pregoeiro reabriu a negociação com as empresas buscando ainda o melhor desconto em itens que tiveram valores diferenciados nos lotes disputados nas cotas para microempresas e na concorrência geral, obtendo uma redução ainda maior, com descontos que variaram de 15,67% a 94,87%, alcançando uma economia geral de R$ 2.498.190,95. No fechamento geral, o pregão com 71 itens e valor máximo previsto de R$ 3.976.991,15, finalizou em R$ 1.478.800,20.

O apontador foi o produto com o maior desconto. Com preço máximo no edital de R$ 1,95 a unidade, a empresa deu lance de R$ 0,10, uma redução de 94,87% em relação ao valor inicial. Dos 71 itens, 49 tiveram lances exclusivos na participação para microempresas e empresas de pequeno porte. Outros 11 itens foram destinados às cotas para microempresas por determinação legal e 11 itens abertos para participação geral.

 

REGISTRO PARA 12 MESES

A compra será feita conforme a necessidade da Secretaria de Educação durante os próximos 12 meses, para atender à demanda de material didático-pedagógico para uso em sala de aula das 61 escolas e 52 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e também nas turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA). A elaboração do edital, o certame e o recebimento dos materiais conta com acompanhamento do Comissão de Material Escolar, que fez o pedido conforme a realidade do município, a idade das crianças que irão usar e necessidade das escolas. "A Comissão também ficou responsável pela fiscalização da qualidade dos produtos que serão entregues, que deverão corresponder à qualidade das especificações do edital", detalha o diretor do Departamento de Compras Edson Zorek.

 

CENTENAS DE PRODUTOS

O volume de material previsto para o ano é grande. São por exemplo mais de 4 mil resmas de papel sulfite com 500 folhas cada; 31 mil cadernos de desenho; 35 mil caixas de lápis de cor formato triangular ou sextavado ergonômico; mais 14 mil caixas de lápis de cor jumbo formato triangular ou sextavado atóxico; 2,5 mil caixas de cola branca; 15 mil tesouras sem ponta; mais de mil caixas de lápis preto triangular com 144 unidades,  5 mil embalagens de massa de modelar com potes de 150 gramas  com seis cores; 4 mil apontadores; 400 caixas com 240 cadernos de linguagem, entre outra série de produtos que podem ser conferidos o relatório do Pregão Eletrônico.

 

PRÓXIMOS PASSOS

Com a conclusão do certame as vencedoras serão agora habilitadas no dia 24 de maio às 10h, no Departamento de Compras, novamente com transmissão ao vivo pelo Portal da Prefeitura e pela plataforma BBMnet. Elas têm agora três dias úteis para apresentar a documentação ao pregoeiro. Após a habilitação, será aberto prazo de três dias úteis para apresentação de recursos e caso não haja contestação será encaminhado para homologação do prefeito.