Segurança

Golpe da lista telefônica volta a ser aplicado

25/02/2013 às 02:34 - Atualizado em 25/02/2013 às 02:34

Empresários e moradores de Toledo voltaram a ser abordados no golpe da lista telefônica. Um leitor do JORNAL DO OESTE relatou que recentemente recebeu uma ligação de uma empresa se passando pela Telelista oferecendo o serviço. Porém, trata-se de uma ação fraudulenta para enganar o consumidor.

Conforme o leitor, a pessoa que entrou em contato, afirmou que o recebimento das futuras listas telefônicas é condicionado à assinatura de um termo. “Porém, o termo é na verdade um contrato de anúncio vinculado a outra empresa, com valor de 12 parcelas de R$ 398,00”, revela.

Assim, a pessoa que estiver desatenta, ou agir na inocência, acaba lesada. Outro golpe semelhante é de pessoas que entram em contato com o ‘possível cliente’ somente para confirmar dados, mas acaba fazendo venda da lista e depois a vítima é cobrada.

O delegado da Polícia Civil de Toledo, Donizete Botelho, explica que este é um antigo golpe, tanto quanto do bilhete premiado, porém, ainda tem pessoas que acabam caindo. “Por isto é importante desconfiar sempre”, relata. Ele orienta que em todos os contatos de empresas, antes que seja firmado qualquer contrato, o cliente confirme a idoneidade da mesma.

“Primeiro a pessoa tem que ler o contrato, verificar se a empresa é legalizada, se existe mesmo, pesquisar sobre o histórico”, revela. O delegado informa que na dúvida, o cidadão pode procurar a polícia para saber se há registro de golpes.

Botelho afirma que por enquanto não há denúncias formais deste golpe, porém, que é uma ação ilícita conhecida. “E como envolve contrato, muitas vezes não chega aqui, porque vira problema judicial direto”, assegura. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade