Blog da Ana
Tirar a make ou virar vovó antes do tempo?

Poder dormir maquiada para acordar pronta no dia seguinte é um sonho que só acontece nas novelas mesmo.

É difícil encontrar algo mais chato do que retirar a make e limpar o rosto antes de dormir. A preguiça que dá nessa hora é danada, principalmente quando chegamos tarde em casa ou quando está frio. Maaaaaas, esse é um ritual que não dá para escapar! A não ser que você queira ficar com rostinho de vovó antes do tempo...

Sim! Isso não é mito e nem conversa fiada. É durante o nosso sono que as nossas células se renovam mais rapidamente. Para isso a pele precisa respirar (oxigenação). Se dormirmos maquiada, a camada de produto irá obstruir (tampar) os poros e impedir que a pele respire direito.

Esse acúmulo de maquiagem impede que o sebo produzido na glândula sebácea para a hidratação natural da pele, saia. Diante disso, a nossa glândula entende que a pele não tem sebo suficiente e aumenta a produção, provocando a terrível oleosidade.

As consequências são: aparecimento de cravos e espinhas, alergias, perda de cílios e o envelhecimento acelerado, uma vez que a pele vai perdendo a viscosidade, o brilho natural e o seu aspecto vai sendo alterado progressivamente.

Pensando em tudo isso, vale vencer a preguiça e "gastar" uns minutinhos antes de dormir, né? Para limpar, use um sabonete de rosto específico para o seu tipo de pele. Nada de usar sabonete comum, ok?

Vale lembrar também que tudo isso acontece independente se a sua pele é seca, mista ou oleosa, muito menos da qualidade da maquiagem. N-U-N-C-A durma de maquiagem! ;)

Ana Paula Mocelin

www.noblogdaana.com

Fotos: reprodução.
Ela é calça mais poderosa que você tem

Quem não gosta de usar uma roupa que valoriza o nosso corpo, né? Todo mundo! Tudo bem que as peças mais folgadinhas e oversized são super confortáveis, mas por serem mais soltas, elas escondem todas as nossas curvas e podem acabar dando uma impressão de corpo maior.

É por isso que as calças de cintura alta nunca saem de moda. Eu repito, N-U-N-C-A. Elas são poderosas! Conseguem aliar conforto, elegância e praticidade em uma mesma peça.

Lembra da calça de cintura baixa que foi o maior sucesso dos anos 2000? Eu peguei bem essa fase e confesso que torcia o nariz para qualquer roupa que pudesse chegar até o meu umbigo, achava super feio!

No entanto, eu me lembro também o quanto era desconfortável para sentar e abaixar. Sem contar que, por ter o cós mais curto, as blusas geralmente acabam mostrando um pouco da barriga, e convenhamos, não é muito legal ter as gordurinhas "pulando" para fora da calça. Em vez de valorizar, acaba deformando o corpo.

Isso não acontece com as calças de cós mais alto. Ao contrário, a cintura marcada modela o corpo, porque mantém a barriguinha no lugar e alonga a silhueta. O resultado é um super feminino e elegante.

Elas podem compor produções para todos os estilos e ocasiões, podendo variar apenas no tecido e na modelagem. A versão jeans é a mais versátil, porque transita bem do ambiente mais despojado para o mais social. Na linha mais chique, as calças de alfaiataria são perfeitas.

Para provar o quanto essa peça é versátil, confira as inspirações que eu separei:

www.noblogdaana.com

Fotos: reprodução.
Se é antigo, então é tendência!

A vibe retrô está cada vez mais na moda! O que é antigo mais atual do que nunca. Sabe aquela frase que diz que quem vive de passado é museu? Então, ela não se aplica na moda!

Eu adoro esse poder que a moda tem de se renovar e reinventar. Não existe tendência “descartável”. Em algum momento, algo que hoje está super em alta, ficará ultrapassado, e um tempo depois irá reaparecer, seja como algo retrô ou como uma releitura.

Existem muitas peças vintages que ultrapassam décadas e vão ficando cada vez mais estilosas. Aquilo que antigamente era um item bem básico se transforma na peça poderosa que deixa o look mais cool na hora! 

Entre as principais peças podemos citar as t-shirts brancas ou estampadas, as calças de cós alto, calças largas, jaquetas jeans e blazers com ombreira. Sem contar os calçados e acessórios, mas isso vamos deixar para um próximo post!

É por isso que os brechós permanecem firmes e fortes. As fashionistas amam! Fica a dica também para fazer uma visitinha no armário da mamãe e da vovó.

Ana Paula Mocelin

www.blogdaana.com

Fotos: reprodução.
Mais magra em 5 minutos!

Vamos combinar, que mulher não gostaria de parecer mais magra? Esse é o verdadeiro so-nho de consumo da maioria – se não de todas - nós!

Talvez os principais truques sejam fechar a boca e malhar a barriguinha, mas como são duas coisas nada fáceis e que exige muita disciplina, vamos as dicas menos sofridas e que podem quebrar o galho na hora!

O segredo está em escolher as roupas certas e o melhor jeito de vesti-las.

Quando o assunto é emagrecer, a primeira preocupação deve ser com a cintura. Peças de cós mais alto ajudam a segurar a barriga e modelam a cintura. Você também pode optar por looks com amarrações, isto faz a região parecer mais fina e ajuda a disfarçar o tamanho do quadril.

Peças mais folgadas também ajudam a disfarçar as gordurinhas, no entan-to requerem um pouco mais de cuidado para não causar o efeito contrá-rio. Não use peças maiores que o seu manequim e nem largas demais, pre-fira blusas de tecidos mais molinhos. Um super truque para disfarçar os quilinhos extras é usar uma camisa ou blusa com a parte da frente coloca-da por dentro da calça, saia ou shorts.

Quanto as cores, aposte em tons mais neutros. Nada de estampas muito chamativas, porque a intenção é não chamar a atenção para a barriga. A dica é destacar outra região do corpo, que pode ser o rosto, cabelo, colo, pernas ou os pés. Se quiser um visual mais colorido, apos-te nos looks mo-nocromáticos.

Ana Paula Mocelin

www.noblogdaana.com

Fotos: reprodução.
Looks para torcer pelo Brasil na Copa

A Copa do Mundo já começou e domingo tem o primeiro jogo da nossa seleção.

Eu confesso que não entendo e nem sou fã de futebol, mas adoro o clima da copa! Uma das coisas mais legais de se fazer nessa época é poder reunir toda a galera para assistir os jogos junto. E para isso, entrar no clima é fundamental!

Mas quem disse que o uniforme da torcida precisa ser a camisa da seleção? Com o verde, o amarelo e o azul é possível compor várias produções diferentes!

Se você está sem ideia ou até mesmo se você não tem uma camisa do Brasil, não se preocupe! Separei muitas inspirações para te ajudar a criar um look brasileiro super estiloso:

Ana Paula Mocelin

www.noblogdaana.com

Fotos: reprodução.
Intervenção militar na moda

Já tem algumas temporadas que o militarismo vem tomando as ruas e se consagrando uma das principais apostas de moda no inverno. A tendência traz uma pegada cool e urbana fantástica para os looks da estação!

Por ser uma estampa marcante e muito estilosa, as peças camufladas não precisam de muitos complementos para criar uma produção bacana. Já os tons de verde (variações entre o verde musgo e o oliva) podem ser considerados neutros porque combinam com tudo. Aliás, ta aí uma ótima sugestão para dar uma fugidinha das cores básicas de sempre!

Por falar nas cores clássicas, é claro que elas também podem fazer parte dessa tendência. Quem não é muito fã do verde ou do camuflado, ou ainda não abre mão do preto e dos tons de marrom, pode optar por peças do vestuário militar, como, por exemplo, parkas e coturnos nessas cores.

Diferentemente de quando o assunto é política, o mood militar na moda é sim super democrático e garante um resultado incrível!

Ana Paula Mocelin

www.noblogdaana.com

Fotos: reprodução.
O manual do corretivo para não ter erro

Entre os produtos de maquiagem indispensáveis na nécessaire de toda mulher, o corretivo está no top 5!

Ele é poderoso para disfarçar as olheiras, espinhas/manchinhas na pele e também para iluminar o nosso rosto. Ou seja, se você não é mais um bebê, a Beyoncé ou a Gisele Bündchen, então não pode ficar sem! Hahaha

Como existem vários tipos de corretivos, sempre rola aquela dúvida de qual é o melhor ou mais indicado para comprar.

Aqui vão algumas dicas:

Os corretivos líquidos são ótimos para deixar um efeito mais natural, pois tendem a não craquelar e não marcar as linhas de expressão.  Já os cremosos, por apresentarem uma textura mais consistente, conferem uma cobertura maior. No entanto, na pele seca podem evidenciar mais as marcas de expressão e craquelar com facilidade.

Corretivo cremoso da marca “quem disse, berenice?” e corretivo líquido da Bruna Taveres

 

Quanto às opções de cores, você pode comprar um corretivo que seja da mesma cor que a sua base. Se você quer um efeito iluminado, então o ideal é ter um corretivo um pouco mais claro que a cor da base (um ou dois tons a menos).

Além do corretivo mais claro para iluminar, você também pode fazer o contorno com corretivo mais escuro

 

No caso de ter uma pele com muita olheira, espinhas e/ou manchas, os corretivos coloridos são os melhores aliados. Cada cor neutraliza um tom específico. Eles são aplicados sempre antes da base.

Verde: Camufla a vermelhidão do rosto, espinhas, cicatrizes e até o nariz vermelho de gripe.

Amarelo: Funciona em olheiras roxas e hematomas.

Roxo: Bom para manchas e olheiras marrons.

Coral: Serve para olheiras azuladas e veiazinhas aparentes em peles muito claras.

Paleta de corretivo colorido da marca Koloss

 

Além disso, existem formas diferentes de aplicar o produto. Pode ser com os dedos para ter mais praticidade, com pincel para uma cobertura mais pesada ou com esponja para garantir um efeito mais natural. Lembrando que o corretivo deve ser aplicado sempre dando batidinhas e não espalhando (isso mais retira o produto do que cobre).

Agora é só escolher o corretivo certo e usar! ;)

Ana Paula Mochelin

www.noblogdaana.com

Fotos: reprodução.
Tipos de corpo, você sabe qual é o seu?

Você já reparou que tem algumas roupas que nós sentimos um amor à primeira vista quando olhamos na vitrine, e quando vamos provar, o resultado não fica legal? A peça pode até ser a nossa cara, mas quando olhamos no espelho não nos sentimos bonita.

Isso acontece porque muito mais do que combinar com o nosso gosto/estilo, a roupa precisa combinar com o nosso tipo de corpo para valorizar. Conhecer o nosso corpo é superimportante para que possamos encontrar o equilíbrio, e assim destacar os nossos traços físicos.

Existem cinco principais formatos de corpo, cada um deles tem alguns truques para se vestir de maneira harmônica:

 

Corpo Triângulo

Neste formato os ombros são mais estreitos e o quadril mais largo. O truque para deixar o visual mais proporcional é apostar em peças que chamem a atenção para a parte de cima do corpo. Exemplo: cores claras e estampas grandes; mangas e detalhes com volume; além de acessórios no pescoço.

 

Corpo triângulo invertido

É caracterizado pelos ombros mais largos, o quadril estreito e as pernas finas. Nesse caso a dica é chamar mais atenção pra parte de baixo do corpo. Exemplo: calças e saias estampadas, de cores claras ou com volume; blusas de decote V e com detalhes na barra.

 

Corpo ampulheta

Neste corpo os ombros e quadris possuem tamanho parecido (estão na mesma linha) e a cintura é mais fina. O segredo deste formato é valorizar a cintura e, consequentemente, as curvas naturais. Exemplo: peças de cintura alta ou marcada; acessórios que valorizam a cintura e peças monocromáticas que alongam o corpo.

 

Corpo retângulo

É marcado por ter a cintura mais reta, com ombros e quadril praticamente do mesmo tamanho. Por ser um corpo que não tem curvas, o truque perfeito é usar peças que criam o efeito de cintura mais fina. Outra super dica é desviar a atenção da cintura reta, trazendo o destaque do look para a região do colo. Exemplo:  blusas com detalhes na cintura (recortes, faixas ou cintos); blusas mais soltinhas, com volume ou destaque na região do colo; decotes; além de saias e calças com volume.

 

Corpo oval

É um formato de corpo mais arredondado, principalmente na linha da cintura que parece ser mais larga que o busto e o quadril. A melhor dica para esse tipo é criar efeito de cintura e afinar a silhueta. Exemplo: looks monocromáticos, tecidos mais encorpados, decotes em U ou em V, saias e calças de corte reto e blusas até a metade dos quadris.

E aí, já descobriu qual tipo de corpo é o seu? :)

Ana Paula Mochelin

www.noblogdaana.com

Foto: reprodução.
A calça must have do momento

O mood sporty está cada vez mais ganhando as produções do street style. final, quem não gosta de um look confortável né? Principalmente naqueles dias que bate uma preguiça de se arrumar!

Entre as peças esportivas mais usadas, tem uma que vem ganhando força e podemos dizer que será tendência nesta temporada de inverno: a calça com listra lateral.

Também chamada de tracking pants, ela é uma calça com uma faixa lateral que lembra os uniformes esportivos. Esse detalhe, independente do material da peça, é que dá um up no visual.

Por ser uma peça mais despojada, ela permite compor vários looks diferentes e bem estilosos. Para uma produção mais esportiva é só combinar com outra peça do mesmo estilo, como uma t-shirt, ou uma jaqueta bomber e finalizar com tênis. Você também pode montar um look com uma pegada mais elegante combinando com peças de alfaiataria e salto. Já para uma produção super cool e descolada, o mix de tendências é perfeito.

Inspire-se já!

Ana Paula Mocelin

www.noblogdaana.com

Fotos: reprodução.
Os três tecidos queridinhos deste inverno

Você sabe quais são os tecidos tendência deste inverno? Tem três que são os principais e que já estão fazendo sucesso pelas ruas. Com certeza pelo menos um deles está entre os seus queridinhos do armário!

 

VELUDO

Ele já foi hit nos anos 70 e 90, voltou com força total no ano passado e continua forte neste inverno. Entre as versões do veludo, a opção mais glam que tem o efeito molhado devido ao seu aspecto de brilho acetinado, é a queridinha.

Embora seja um tecido que se destaca pela sua sofisticação, é muito democrático podendo ser usado tanto na moda festa quanto em peças casuais do dia-a-dia.

 

COURO SINTÉTICO

É só diminuir a temperatura que ele aparece para deixar a produção mais estilosa. O couro tem um glamour e uma pegada sexy muito forte, ao mesmo tempo em que é versátil.

Ele pode ser combinado com peças de estilos diferentes e assim quebrar a sensualidade do look. Vale lembrar que a tendência é o couro fake, um tecido politicamente correto.

 

ALFAIATARIA

No quesito elegância é difícil encontrar quem ganhe dos tecidos de alfaiataria. As peças clássicas da alfaiataria nunca saem de moda e são ainda mais usados nesta época do ano, principalmente peças como blazer e calça social.

São curingas que vestem bem todos os estilos e podem transitar do dia à noite sem problema algum. Além da alfaiataria lisa, a padronagem xadrez também fica perfeita neste tipo de tecido.

Independente de qual desses tecidos seja o seu preferido, o seu look de inverno já está garantido!

Ana Paula Mocelin

www.noblogdaana.com

Fotos: reprodução.