Coluna do Editor
Coluna do Editor - 09/11/17

Meio Ambiente

O promotor público Giovani Ferri enviou a seguinte mensagem: “Tendo em vista a divulgação de notas no Jornal do Oeste, edições de 05/11/2017 e 07/11/2017, onde houve questionamento acerca das medidas adotadas pelo órgãos ambientais envolvendo poluição atmosférica no município de Toledo, a Promotoria de Proteção ao Meio Ambiente esclarece que nos últimos anos vêm travando uma batalha para combater o problema juntamente com o Instituto Ambiental do Paraná, já tendo promovido a instauração de 27 investigações no setor, não havendo qualquer omissão dos órgãos fiscalizadores envolvendo o tema, conforme já noticiado perante a imprensa local, cujo tema é tratado sem conhecimento técnico”.

 

Medidas enérgicas

“Nesse sentido, nos últimos anos a Promotoria de Proteção ao Meio Ambiente, juntamente com o escritório regional do IAP/Toledo, vêm adotando medidas enérgicas para conter a emissão de poluição atmosférica na cidade, cujo problema é expressivo por conta das atividades industriais situadas no perímetro urbano, as quais foram autorizadas pelo Município de Toledo nos últimos anos, sem um planejamento específico”.

 

Resíduos

“Por sua vez, o problema se acentua pela forte atividade da avicultura e suinocultura no município, que contribuem para a poluição atmosférica devido a geração de milhares de toneladas de resíduos de origem animal. Nesses casos, o IAP e a Promotoria do Meio Ambiente atuam com cautela, impondo pesadas multas e exigindo medidas de adequação das atividades, evitando a interdição e fechamento de empresas que geram mais de 15.000 empregos na cidade”.

 

Medidas judiciais

O promotor indicou as medidas judiciais e extrajudiciais já adotadas pela Promotoria do Meio Ambiente no setor, cujas investigações são públicas e estão à disposição de qualquer interessado.

 

Projeto inovador

“Por fim, esclarecemos ainda que em meados de 2015, a pedido do IAP e Ministério Público, foi elaborado um projeto inovador no Estado do Paraná envolvendo um Sistema de Rastreamento de Odor elaborado por engenheiros ambientais que atuavam no Simepar. Referido projeto foi aprovado e teve recursos liberados pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente, mas acabou não sendo implantado em Toledo pela não continuidade das tratativas com o Município de Toledo no ano de 2016, cuja administração lamentavelmente não demonstrou interesse em encampar o projeto, cujo sistema poderia solucionar o problema através de identificação em tempo real das empresas poluidoras, permitindo a pronta atuação dos órgãos ambientais”.

 

Dengue

Toledo realiza nesta quinta-feira (9) uma ação educativa alusiva ao Dia Estadual de Combate ao Mosquito Aedes aegypti, comemorado todo dia 9 de cada mês. Durante todo o dia, os agentes do Departamento de Endemias visitarão as escolas municipais e particulares do município distribuindo cartilhas de orientações sobre o combate ao mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya.

 

Primeira

A primeira instituição a receber as equipes será a Escola Municipal Ecológica Professor Ari Arcássio Gossler, localizada na Rua Vila Lobos, número 241, no Jardim Santa Maria, a partir das 8h30. O objetivo é sensibilizar as crianças, que vão multiplicar o conhecimento.

 

PSDB

O líder do Governo na Câmara de Toledo, vereador Neudi Mosconi (PSDB), visitou o Jornal do Oeste nesta quarta-feira (8). Falou sobre vários assuntos, entre eles a convenção estadual dos tucanos marcada para sábado (11) em Curitiba, quando o governador Beto Richa deverá ser eleito o novo presidente da legenda no Estado. A convenção será na sede do partido, na rua Mauá, 1.117, no Alto da Glória.

 

Dia do Rio Iguaçu

Em comemoração ao Dia do Rio Iguaçu, Foz do Iguaçu receberá um evento no próximo dia 17 de novembro, sexta-feira, a partir das 9h, no Centro de Recepção aos Visitantes (PTI) da Itaipu Binacional. “Vamos falar de Meio Ambiente e contaremos com a presença do ônibus EcoExpresso da Sanepar, que é uma ferramenta de Educação Ambiental, com maquetes que mostram o caminho da água desde a sua nascente até a torneira do usuário.  Boa oportunidade para levar as crianças”, comenta Mario Celso Cunha, coordenador do Grupo Gestor de Revitalização do Rio Iguaçu.