Coluna do Editor
Coluna do Editor 13/09/17

Jornal

Muita gente diz que sou contra os professores, entretanto, de vez em quando acontece cada uma que vou te contar. A mais recente provocada pela APP-Sindicato é o envio de dois jornais aos professores de todo o Paraná, como mostra a foto enviada por um leitor cuja namorada é professora da rede pública estadual (Foto: Leitor J.O.).

 

Eleição

A informação é que no dia 19 de setembro haverá a eleição da APP-Sindicato e a direção da entidade está enviando um exemplar do jornal 30 de Agosto – que é da APP, pago pela entidade - junto com um exemplar do jornal da Chapa 1, ligada ao PT e à CUT e que há quase 30 anos está no comando da associação paranaense.

 

Correios

Antes de saírem me acusando de qualquer coisa, é importante frisar que este material está sendo entregue aos professores, via mala direta, ou seja, pelos Correios.

 

Estrutura

Em minha opinião é usar a estrutura da entidade para fazer campanha exclusivamente para a Chapa 1. É como se qualquer prefeito em campanha pela reeleição, quando enviasse os carnês do IPTU, juntasse seu material de campanha.

 

Ameaças

Uma professora postou um vídeo na internet denunciando a prática e recebeu uma enxurrada de críticas de pessoas ligadas à APP de que ela estaria “espalhando boatos sobre o jornal”. A professora disse ter sido ameaçada de processo. “Não espalhei um boato, mas pedi apenas para fazer uma reflexão”, desabafou. Mas reflexão parece não ser uma palavra muito utilizada dentro deste setor onde, infelizmente, a ideologia político-partidária e de doutrinação prevalece.

 

Bons professores

Ah, e não sou contra os professores, apenas contra aqueles que usam de sua posição para pregar ideias em relação à política ou na defesa de uma ideologia ultrapassada e corrupta. Sou a favor dos bons professores que, felizmente, são a maioria.

 

Agenda

Nesta quinta-feira (14), às 19h, será realizada uma Audiência Pública para tratar da apresentação e aceitação do projeto de melhorias da Praça Chico Mendes, em Toledo, visando atender os critérios exigidos pelo SEDU/Paranacidade.

 

Senadores

Entre janeiro e agosto deste ano, com dois períodos de recesso no meio, os 81 senadores já custaram ao contribuinte mais de R$ 40,2 milhões. Nesse total, consideram-se oito salários de R$33.763 até agosto, mais a primeira parcela do 13º, além de gastos reembolsados pela cota parlamentar, de até R$44,2 mil por mês, e gastos como diárias de viagens oficiais e, em plena era digital, envio de cartas. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

 

5 mil

O custo dos senadores não inclui os 3.376 funcionários que pagamos para eles, nos gabinetes e nos escritórios estaduais. O gabinete do ex-suplente Hélio José (PMDB-DF) tem 84 assessores, todos eles recebendo salários invejáveis. O custo do serviço prestado pelos 81 senadores seria suficiente para contratar 5 mil desempregados, pagando-lhes o salário mínimo.

 

Empolgado

O vereador Valtencir Careca (PP) aproveitou o feriado para ir na caravana da Associação Ouro e Prata a Curitiba e Litoral do Estado no feriado de 7 de setembro. No domingo o grupo foi à Arena da Baixada assistir ao clássico entre Atlético-PR e Coritiba. Empolgado com o momento – e com direito a usar a camisa coxa-branca, Careca concedeu uma entrevista para uma emissora de TV da capital onde comparou a arena ao palco dos gladiadores romanos e disse que o Coritiba venceria por contar com Kleber Gladiador.

 

Palpita

Arriscou um palpite para o jogo: 3 x 0 para o Coritiba. Tudo ia bem até ele mostrar com os dedos o placar. No vídeo é possível observar ele fazendo o sinal de 3 x 2. Ainda bem que o jogo terminou empatado em 1 x 1.