Coluna do Editor
Coluna do Editor 16/12/17

Família

O prefeito de Assis Chateaubriand Marcel Micheletto (PSDB) recebeu em Genebra, na Suíça, o prêmio pelo projeto ODS nos Municípios do Paraná no âmbito da Cúpula Mundial da Família (World Family Summit) 2017. O projeto foi selecionado entre 87 projetos de todo o mundo. Na foto Micheletto aparece também o governador Beto Richa (PSDB), representando o Estado pelo trabalho desenvolvido pela esposa Fernanda Richa na área de assistência às famílias paranaenses (Foto: Divulgação).

 

Limpa

Comentários na ‘rádio corredor’ dentro da Prefeitura de Toledo: descontente com o desempenho de alguns cargos comissionados, o prefeito Lucio de Marchi (PP) estaria se preparando para fazer uma ‘limpa’ a partir de janeiro de 2018. A ideia, segundo rumores, é dar maior ritmo à sua administração e corrigir alguns erros pontuais – mas graves – que aconteceram ao longo deste ano e evitar perder o rumo de vez. Ah, e os comentários são muito fortes.

 

Surpresas

E para quem pensa que o prefeito estaria disposto a mexer apenas com os ‘bagrinhos’, é melhor repensar. O pensamento é mexer até mesmo com os grandes tubarões, sacudir geral. Não se assustem se houver surpresas.

 

Fantasmas

De acordo com o Ministério Público do Paraná, 16 pessoas foram condenadas pela Justiça de Curitiba, por envolvimento em um esquema de contratação de funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). As sentenças foram divulgadas na segunda-feira (11). As informações são do G1 Paraná.

 

“Diários Secretos”

O caso foi descoberto por meio de uma série de reportagens intitulada de “Diários Secretos”, publicada pela RPC e pelo jornal Gazeta do Povo. O esquema contratava funcionários comissionados para a Alep, que nunca apareciam ao trabalho. As nomeações eram feitas em diários oficiais com circulação restrita.

 

Crimes

As condenações foram em cinco processos diferentes. Segundo o Ministério Público, os réus foram considerados culpados pelos crimes de formação de quadrilha, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Houve ainda 14 absolvições.

 

Coamo

Esta semana a unidade da Coamo Cooparativa Agroindustrial em Toledo realizou o tradicional almoço de confraternização com profissionais da imprensa. Oportunidade para rever amigos como Ilivaldo Duarte, assessor de imprensa da cooperativa.

 

Presentes

Por falar em amigos, em tempo quero agradecer os presentes recebidos da Casa de Maria e da Associação Toledana de Futsal. Nas pessoas, respectivamente, de Maria Inês Manica e Paulo Mariano, o Paulão, muito obrigado.

 

Água entre os dedos

Segundo informações do Painel, da Folha de São Paulo, o adiamento da votação da reforma da Previdência deu fôlego ao lobby de corporações por mudanças que amenizem o impacto do texto sobre os servidores públicos. Pesos-pesados do Judiciário foram à residência do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pedir por uma regra de transição para quem ingressou no funcionalismo antes de 2003. Ministro do STJ, Marco Aurélio Bellizze esteve no local em nome da Associação dos Magistrados Brasileiros.

 

De dupla

O ministro do STJ foi à reunião acompanhado do presidente da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), José Robalinho Cavalcanti. O STJ é responsável pelo julgamento de algumas autoridades com foro, como governadores. Congressistas ficam com o STF.

 

Quem são?

Servidores que entraram antes de 2003, hoje, se aposentam com o salário integral e ainda incorporam os reajustes concedidos a quem está na ativa.

 

Fala Leitor

Enoir Luiz Holzbach comentou sobre reportagem dos 65 anos de Toledo. “Com o envelhecimento da população, em médio prazo os Cmeis darão lugar aos Certis. Outra questão são esses 'trevos' da morte nas 'rodovias' que temos, logística do século passado, gargalos onde deveria haver um trabalho junto ao DER pra se fazer viadutos e trincheiras, mas não se vê um a de discussão”.