Coluna do Editor
Coluna do Editor 26/03/19

Fala Leitor

Leitor
Leitor

Um leitor enviou uma mensagem e estas duas fotos na Avenida Maripá, uma das mais movimentadas de Toledo. Segundo o leitor, caminhões transitam ou realizam carga e descarga em horários de pico, veículos estacionados irregularmente (conforme foto condutor deixa veículo com parte na pista e sobra espaço para estacionar mais para frente), entre outros problemas.

 

Fiscalização

“Passo diariamente pelas ruas e avenidas de Toledo e constantemente vejo situações de veículos estacionados irregularmente, ou caminhões transitando ou realizando carga e descarga no comércio local em horários de pico. Fica uma pergunta não existe lei que regulamenta o transito de Toledo para carga e descarga, trânsito de caminhões e como estacionar adequadamente? Se existe porque não é realizada a fiscalização”, questiona – com razão – o leitor.

 

Jogo duro

O senador paranaense Oriovisto Guimarães (Pode) apresentou Proposta de Emenda Constitucional que pretende proibir a representação parlamentar a todos os partidos que não obtenham o mínimo de 5% dos votos nacionais para deputado federal.A proposta aguarda análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado.

 

Regras

Pelo texto, somente terão direito a assumir vaga na Câmara os partidos que obtiverem pelo menos 5% dos votos válidos, distribuídos em pelo menos um terço das unidades da federação, com um mínimo de 2% dos votos válidos em cada um deles. Ou os partidos que tiverem eleito no mínimo 20 deputados em pelo menos um terço dos estados. Caso aprovadas, as regras valeriam para as eleições a partir de 2030.

 

Barreiras

Hoje, só existem barreiras para o acesso aos recursos do fundo partidário e ao horário gratuito na TV e na rádio. São garantidos aos partidos que obtiverem, nas eleições para a Câmara, no mínimo, 3% dos votos válidos, distribuídos em pelo menos um terço dos estados, com um mínimo de 2% dos votos válidos em cada um deles; ou os que tiverem elegido pelo menos 15 deputados federais em um terço das unidades da federação.

 

Estradas

O deputado estadual Marcel Micheletto (PR) voltou a defender junto ao secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, Sandro Alex, o início imediato do recape das rodovias PR-239 e PR-317, que liga o município de Assis Chateaubriand a Toledo, na PR-182 que liga Toledo a Palotina, na rodovia PR-180, que liga o município de Quarto Centenário a Goioerê, além de solicitar obra de pavimentação da PR-239 com extensão de 9.669 metros, a qual faz o entroncamento com a PR-182, na região Biopark/Toledo a Palotina, e o entroncamento da PR-317 do distrito de Bragantina em Assis Chateaubriand.

 

Orçamento

Micheletto solicitou ainda, que se verifique se há orçamento para execução de projeto da rodovia PR-575 que liga o município de Nova Aurora ao município de Tupãssi e Cascavel através da PR-486, numa extensão de 11,7 quilômetros. Além do trecho PR-585 que liga Toledo a Vera Cruz do Oeste e PR-488 que liga Vera Cruz ao entroncamento da BR-277 em Céu Azul.

 

Trânsito ruim

O parlamentar voltou a afirmar que as rodovias citadas são de grande importância econômica como via de escoamento de produtos da região e principalmente porque os trechos se encontram em péssimas condições de trânsito.

 

Prejuízos

Segundo ainda Micheletto, em grande parte dessas rodovias, além do estado precário de conservação da via, os motoristas estão “amargando” com constantes prejuízos e caso não haja manutenção imediata, a tendência é que a situação se agrave ainda mais. “O nosso pedido beneficia um número quase que incalculável de pessoas que fazem o uso constante dessas rodovias, por este motivo solicitamos a recuperação emergencial. Temos um bom entendimento juto ao governo e ele é conhecedor do problema enfrentado na nossa região. Grande parte destas obras já foram licitadas, portanto estamos cobrando agilidade no início das mesmas”, frisa Marcel Micheletto.