Editorial
Alô!

Levantamento da Secretaria de Segurança e Trânsito de Toledo, publicado esta semana pelo JORNAL DO OESTE, mostrou que mais de 800 motoristas foram flagrados dirigindo e usando o celular ao mesmo tempo, um hábito infelizmente comum entre muitos motoristas. Esse número tende a ser muito maior, pois não se pode fiscalizar todas as ruas ao mesmo tempo. Fica difícil pensar em algo diferente daquilo que já vem sendo feito por parte do agente fiscalizador, que aumentou o controle das vias com radares e câmeras de segurança, com agentes nas ruas e com a realização de blitz com maior frequência.

A esperança na mudança de comportamento está nas futuras gerações, daí a importância de campanhas educativas como a Educatrânsito, da qual este jornal é apoiador ao divulgar diariamente dicas para um comportamento mais saudável no trânsito, tanto de quem dirige como de quem está do outro lado do volante e muitas vezes se comporta de maneira tão irresponsável quanto quem dirige falando ao celular ao mesmo tempo.

É preciso um investimento constante na educação desta futura geração de condutores, haja vista que muitos dos atuais não terem salvação diante de uma formação bem menos completa daquela oferecida hoje. Para se ter uma ideia, durante algum tempo nem mesmo a tão famigerada baliza era obrigatória nos testes práticos. Pessoas hoje maduras foram moldadas sem algumas obrigações e isso explica muito do comportamento até agressivo em determinadas situações. Por isso investir nas crianças é fundamental, assim como também manter uma fiscalização rigorosa para mostrar a esses novos condutores a necessidade de aplicar na prática o que aprendem na teoria.

Evidente que não será apenas isso que modificará a realidade do trânsito local, pois é preciso investimento na melhoria da estrutura viária a fim de eliminar gargalos históricos, como os existentes na avenida Parigot de Souza, uma onde mais acontecem acidentes e onde mais se verificam problemas. Investir num melhor sistema de transporte coletivo e retomar programas como o Toopedalando são outras ações fundamentais para, com este conjunto mais amplo, ser possível sonhar com um trânsito melhor e com usuários mais