Editorial
Pesadelo que ficou no passado

Para quem não é de Toledo ou não conheça bem sua história, talvez a inauguração do posto da Primato Cooperativa Agroindustrial nesta sexta-feira (8) represente nada ou muito pouco. Uma manhã normal, num fevereiro normal de qualquer cidade onde empreendimentos são abertos e fechados quase que toda semana. Mas o primeiro posto de uma rede que pretende ser ampliada até o fim deste ano não poderia ser encarado de uma forma simplória porque não o é, ainda mais quando a cidade ainda convive com fantasmas do passado nada glorioso que envolve o fechamento da Coopagro, talvez a única das grandes cooperativas paranaenses à época que faliu.

Abordar os motivos desta decisão não vem ao caso neste momento, onde é preciso celebrar um dia histórico na vida da Primato, a qual também atravessou momentos turbulentos em seu início – ainda quando se chamava Cooperlac – e venceu a desconfiança de quem não mais acreditava num sistema que funciona tão bem no Paraná, mas que em Toledo parecia amaldiçoado desde o fechamento da cooperativa que sempre será lembrada na história por emprestar seu nome e um dos mais populosos bairros.

Se o fantasma da falência da Coopagro ainda assombrava muita gente, talvez este 8 de fevereiro não represente o exorcismo completo de qualquer desconfiança em torno de uma cooperativa que se expande de maneira muito sólida em várias frentes. Para alguns pode até ser exagerado o gigantismo que se está chegando, com supermercados, farmácias, restaurantes e agora postos de combustíveis, sem mencionar as agropecuárias e fábricas, as principais marcas de uma cooperativa sólida e muito consciente de onde pretende chegar.

A Primato, nesta sexta-feira normal de fevereiro, provou ser capaz não apenas de ocupar o espaço deixado pela Coopagro, mas de ampliá-lo muito além do horizonte local ou regional, até porque hoje a cooperativa está presente em outras regiões do Paraná e até do Brasil. A inauguração do primeiro posto foi apenas mais um passo na concretização de um sonho que começou a ser desenhado a alguns anos, mas dado apenas agora, quando o caminho está melhor pavimentado na direção do sucesso.