Mauro Picini
Mauro Picini Programa-se 13/09/2019
Leandro Oliveira Fotografias
Alan, Ana e Lara no Restaurante Filezão (Foto: Leandro Oliveira Fotografias)

Hortênsias e jardins floridos recebem os hóspedes no Vila Inglesa e no Hotel Fazenda Mazzaropi durante a primavera


A partir de outubro, a paisagem muda no entorno dos dois hotéis. É a chance de usufruir da infraestrutura completa com tarifa de baixa temporada

 

A despedida do frio e a chegada da primavera transforma os tons da paisagem ao redor dos hotéis Vila Inglesa, em Campos do Jordão, e Fazenda Mazzaropi, em Taubaté. Além do verde intenso e de belas flores, a mudança de clima dá aos hóspedes a oportunidade de desfrutar das infraestruturas a preços de baixa temporada.
A partir de outubro, hortênsias desabrocham nos jardins do Vila Inglesa, pontuando de lilás o verde da Serra da Mantiqueira no entorno. Um programa gostoso em família é fazer um piquenique próximo às flores. A bonita construção do hotel, projetada pelo escritório de arquitetura Moya e Malfatti há mais de 60 anos, completa o cenário.
Característico da região francesa da Normandia, o estilo mescla diversas referências arquitetônicas e se tornou marca registrada do charme de Campos do Jordão, a cerca de 185 quilômetros de São Paulo. Localizado a cinco minutos do Capivari, bairro onde tudo acontece no destino serrano, o hotel é ícone de elegância e sofisticação na cidade. O Vila Inglesa tem uma variada programação de lazer. Além de brincadeiras diversas com a equipe de monitores, é possível visitar a horta e o pomar. 
A diária para casal custa a partir de R$ 950, de 1º de setembro a 20 de dezembro. Há quadras de tênis e vôlei, academia, salas de estar, leitura e jogos, restaurante e o elegante Bar da Torre. Os 37 apartamentos seguem um alto padrão de hospitalidade, com aquecedor de toalhas mesmo nos quartos standard. Os dormitórios premium têm terraço com vista para as montanhas e banheira com hidromassagem.
Dos mesmos administradores do Vila Inglesa, o renomado Hotel Fazenda Mazzaropi é conhecido por suas atividades da recreação infantil disponíveis o ano inteiro. A animada programação inclui passeios de trem, de charrete, a cavalo e de bicicleta, pescaria no lago, plantio e colheita na horta, alimentação dos animais da fazenda, arvorismo, tirolesa e shows de música ao vivo.
Também a partir de outubro, durante a primavera, jardins floridos e caramanchões dão novas cores ao redor do hotel, instalado na área de 150 mil m2 do antigo estúdio do cineasta Amácio Mazzaropi. Com 146 quartos, fica em Taubaté, a cerca de 140 quilômetros da capital paulista, e possui também teatro, circo, sala de massagem, sauna a vapor, quatro piscinas, campos de futebol e de minigolfe, quadras poliesportivas, quadras de tênis e salão de jogos. Há ainda uma cachaçaria e um museu que mostra a história de Mazzaropi e seu papel no cinema nacional. A tarifa, até 20 de dezembro, custa a partir de R$ 750 para o casal.
Nos dois hotéis, as diárias incluem pensão completa — válidas para um mínimo de duas noites de permanência e exceto em feriados e eventos. Mais informações sobre o Hotel Fazenda Mazzaropi podem ser obtidas no site www.mazzaropi.com.br ou telefone (12) 3634.3400. Para o Vila Inglesa, reservas podem ser realizadas no site www.hotelvilainglesa.com.br ou telefone (12) 3669.5000.

No Dia da Cachaça, desvende como produzir e degustar a bebida mais típica do Brasil


Especialista em cachaça, Delfino Golfeto explica como é feita a produção artesanal e quais fatores devem ser observados na degustação da bebida

 

Tema é abordado em web-série da Água Doce, veiculada em suas redes sociais 
Hoje é comemorado o Dia Nacional da Cachaça. A data foi criada pelo Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), em 2009. Pegando carona na celebração, a Água Doce Sabores do Brasil decidiu produzir uma web-série com um guia que traz preciosas informações sobre como plantar a cana-de-açúcar, produzir a cachaça artesanalmente e, principalmente, como degustar a mais típica das bebidas brasileiras. Com quatro capítulos, a websérie está disponível redes sociais da rede de franquias e conta com dicas e recomendações concedidas por Delfino Golfeto, empreendedor, fundador do Grupo Água Doce – Sabores do Brasil e especialista que trabalha com cachaça há mais de 30 anos.   
Tudo começa na roça, já que uma cachaça de qualidade depende do bom preparo do solo, rico e bem cuidado. Além disso, a fermentação precisa ser perfeita e a destilação deve ser realizada com muita atenção, principalmente com base no teor alcóolico. Segundo Delfino, a cana deve ser colhida no momento certo, quando a quantidade de açúcar atinge seu ponto máximo de maturação. “Na produção da cachaça artesanal tudo tem que ser feito com muito carinho, de pouco em pouco, por isso é importante que o transporte também seja feito em pequenas quantidades”, revela. 
A próxima etapa é a fermentação, processo que transforma o açúcar da cana em álcool. É neste momento que definimos a qualidade da cachaça. Em seguida, chega o momento de efetuar a destilação. O resultado é uma bebida límpida, cristalina e incolor, ou seja, a famosa branquinha!
“Nesse momento, você já pode bebê-la, mas as branquinhas podem ser descansadas em barris de madeira neutra. Ou, se preferir, você pode também envelhecer a cachaça, em barris de madeiras nobres, tornando-a aromática e colorida”, revela o fundador da Água Doce. Enfim pronta, chegou a hora da degustação. Para isso, basta colocar a cachaça em um copo. Primeiro, sinta o aroma dela, dessa forma é possível identificar se ela é de boa qualidade, já que se agredir seu nariz, trata-se de uma cachaça muito ácida, e isso não é bom sinal. Outros fatores a serem avaliados são a presença de bolhas, transparência, oleosidade e frutosidade.  
Você pode assistir aos vídeos do guia completo no Facebook da Água Doce Sabores do Brasil:
Episódio 1: https://www.facebook.com/AguaDoceOficial/videos/1821219431301008/
Episódio 2: https://www.facebook.com/AguaDoceOficial/videos/267941197032967/
Episódio 3: https://www.facebook.com/AguaDoceOficial/videos/454474388394074/
Episódio 4: https://www.facebook.com/AguaDoceOficial/videos/1978328165801561/
Para saborear uma boa cachaça, a Água Doce Sabores do Brasil conta com o cardápio mais completo do País, com mais de 100 rótulos que podem ser degustadas nas unidades da rede.

Para celebrar a data em grande estilo - Desde as raízes há quase 30 anos, a Água Doce tem dedicado um carinho especial à bebida genuinamente brasileira. Como parte das festividades, a rede promove um concurso que premiará um cliente com uma garrafa de Havana, uma das cachaças mais caras do mundo. Para participar, basta os clientes tirarem uma foto em um dos restaurantes da Água Doce, com uma combinação entre cachaça e algum prato ou porção. Em seguida, é preciso postar a imagem no Instagram com a hashtag #CombinaComCachaça. O grande vencedor será o consumidor que efetuar a harmonização mais criativa. Vale ressaltar que o Instagram precisa estar em modo público para que a foto possa concorrer e que é proibida a participação de menores de 18 anos. 

Sobre a Água Doce: - Os restaurantes da Água Doce são destino para famílias e grupos de amigos que buscam fazer de almoços, jantares, happy hours e confraternizações variadas um momento especial de entretenimento. O cardápio é extenso, repleto de delícias da culinária brasileira servidas em fartas porções e pratos. Além do extenso menu de cachaças e drinques, a casa é reconhecida pelo melhor escondidinho do País, presente nas versões tradicional (carne de sol), camarão, frango e bacalhau. Explorando o conceito rústico, os restaurantes proporcionam espaço aconchegante aos clientes, com música ao vivo e espaço kids, mais conhecido como Doce Cantinho. Atualmente, são 77 unidades em nove estados. Além do conceito de restaurante completo, a rede lançou duas marcas com modelos mais enxutos voltados para shopping centers, centros empresariais, supermercados e locais com alta movimentação de pessoas: Água Doce Express e Rei do Escondidinho.Mais informações Água Doce Cachaçaria de Toledo – Rua Panambi, 44 – Jardim La Salle – Toledo – Telefone (45) 3379-1034

Bourbon Cataratas do Iguaçu Resort tem promoção especial para o mês de setembro


Com diárias a partir de R$ 410, por pessoa em apartamento duplo, o empreendimento ainda oferece cortesia para duas crianças menores de 12 anos

 

O mês de setembro marca a entrada da primavera, uma das melhores estações do ano para viajar. Temperaturas amenas e baixo índice de chuvas ajudam a aproveitar o destino e desfrutar das atividades externas oferecidas pelo Bourbon Cataratas do Iguaçu Resort, por isso o empreendimento tem uma promoção especial para este mês.
A hospedagem inclui uma diária em acomodação dupla, categoria superior vista jardim (opção com café da manhã ou café da manhã e jantar), cortesia de duas crianças até 12 anos e complexo de esportes e lazer para todas as idades. As diárias em acomodação dupla, com café da manhã, a partir de R$ 410, por pessoa, e diária em acomodação dupla, com café da manhã e jantar, a partir de R$ 530, por pessoa. A promoção é válida entre 01 a 30 de setembro de 2019. Para mais detalhes acesse: https://www.bourbon.com.br/highlight/destinos-bourbon/bourbon-cataratas-mes-setembro/ 
Veja a programação completa para o mês de setembro:
Adolescentes e adultos podem se divertir no Tirolokos (uma descida numa tirolesa de 8 metros de altura por 40 metros de comprimento), no Circuito de Arvorismo, na Parede de escalada, no Slackline, no FootSnooker, no Ateliê Bourbon com atividades manuais de artesanato, nas noites do karaokê com sorteio de prêmios, no Cine Bourbon, em torneio de games, boliche, grupo de caminhada, Futebol Society, vôlei de areia, encontro dos tenistas, Clínicas de Tênis, Hidroginástica, aulas Fitness: Mat Pilates, Circuito Funcional, GAP, Power Local, aula de arco e flecha, ducha escocesa, carteado, concursos, jogos e desafios, bingo show, torneio de Tênis de Mesa e desafio de Sinuca.
Para as crianças, a programação também é intensa e repleta de opções, como por exemplo, a visita dos personagens da Turma da Mônica (a Mônica e o Cebolinha estarão no resort nos dias 6 e 8 de setembro e no dia 7 a visita fica por conta do Chico Bento e da Rosinha), Mini Olimpíadas, Circuito R.A.D.I.C.A.L, Caçadores de aventuras, Teatro de fantoches Turma da Mônica, Baladinha da família, Campeonato de Games, Jogos noturnos, Passeio ecológico, Arte Kids/Baby, Cine pipoca, Brincadeiras de quadra, Gincanas, Esportes, Torneios e concursos, Brincadeiras aquáticas, Roda cantada, Torta na cara, Passeio de carrinho, Paredão de Escalada, Visita ao mini-zoo, Conhecendo a horta e o pomar, Jogos de Salão, Pintura facial, Casa do Tarzan, Espaço Turma da Mônica e Espaço do Engenheiro Turma da Mônica.

Bourbon Cataratas do Iguaçu Resort - O Bourbon Cataratas do Iguaçu Resort ocupa uma área total de 245 mil m² e oferece completa estrutura para lazer em perfeita harmonia com a natureza exuberante da região. O Resort é reconhecido como referência quando o assunto é diversão em família. Possui 311 apartamentos, cinco opções de restaurantes (Naipi Coffee Shop, M’Boicy Lobby Bar, Igobi Pool Bar & Grill, Restaurante Tarobá e Trattoria di Carinola, além do Kibô Sushi Corner). Para o lazer oferece atividades como arvorismo, escalada, arco e flecha, campo de futebol, quadra poliesportiva, Casa do Tarzan, Casa na Árvore, Mata Nativa com trilha ecológica e observação de aves, Mini Zoológico, Horta e Pomar Orgânicos, Área de Compostagem, Bourbon Fun Place com boliche, cinema e jogos de mesa, Academia Bourbon Athletic Club, Espaço Turma da Mônica, Turma da Mônica Baby, Turma da Mônica Jovem e Brincando de Engenheiro, Mandí Nature Spa, duchas circular e escocesa, saunas, piscinas Aquecidas e salão de beleza.
As facilidades contam com apartamentos hipoalergênicos para não fumantes e para portadores de necessidades especiais; baby sitter; Capela; Copa do Bebê; mini shopping com lojas de presentes e conveniências, e agências de turismo receptivo; estacionamento; internet wi-fi e room service 24h.
Confira todas as opções de destinos Bourbon: http://www.bourbon.com.br/
Acompanhe a Rede Bourbon nas mídias sociais:
Facebook: bourbonhoteis
Instagram: @bourbonhoteis
Linkedin: Bourbon Hotéis& Resorts
Youtube: bourbonhoteis

Mauro Picini Turismo 12/09/2019

Mabu reúne equipe comercial em Convenção de Vendas em Foz do Iguaçu


Evento teve presença de equipes de áreas estratégicas da companhia e foi repleto de aprendizado e histórias marcantes

O Mabu realizou entre os dias 27 e 29 de agosto, a Convenção de Vendas no Mabu Thermas Grand Resort. O encontro contou com a participação de departamentos estratégicos da empresa. As boas vindas aos participantes foi dada pelo CEO, Wellington Estruquel, que contou sua trajetória e destacou o rumo da companhia, focado em eventos, lazer e entretenimento. A condução do painel e introdução as palestras foi feita pela gerente nacional de vendas, Vania Dezordi, e pelo diretor de vendas da Rede Mabu, Luciano Motta.  Executivos do Blue Park, Marketing e Eventos Sociais também compartilharam estratégias e planejamento para os próximos meses. Durante os três dias, foi possível notar muita integração e sinergia, além de palestras inspiradoras contando trajetórias de sucesso na empresa.

 


“A Convenção foi sensacional. Foi um evento baseado em depoimentos pessoais que são exemplos de vida e acredito que todos os presentes saíram muito inspirados a fazer um grande trabalho”, comenta Eduy Azevedo, diretor geral de Hotelaria da Rede Mabu.
Além de diversos segmentos dentro da companhia acompanharam a Convenção, também estiveram presentes dois convidados ilustres: Meire Medeiros, CEO do Grupo MM Eventos e Alessandro Cezar, gestor de eventos da Experience Scania. Os dois, que são representantes de parceiros importantes para o Mabu, puderam acompanhar de perto toda a excelência da programação e da estrutura do evento.
Luciano Motta, diretor de vendas da Rede Mabu, também relatou que a Convenção foi positiva e contribuiu muito. “Reunimos vários segmentos da empresa em um único evento, onde foi possível planejar nossos próximos passos”, comenta.
O executivo ainda ressaltou a importância dos depoimentos e o formato do encontro. “O mote da Convenção de Vendas foi: ‘O sucesso só depende de você’. Com todas as palestras e histórias em torno dessa ideia, tenho certeza que saímos unidos e fortalecidos para enfrentar todos os desafios que encontrarmos pela frente”, finaliza.
Confira os melhores momentos: https://www.youtube.com/watch?v=GMbQNUmq3pU

 

 

Alok realiza show para grande público no Blue Park


Cerca de 6 mil pessoas são esperadas no grande evento em Foz do Iguaçu

Dia 2 de novembro será uma data especial para quem gosta de festa e música. Alok, um dos DJS mais conhecidos no mundo, fará um grande show no Blue Park, em Foz do Iguaçu (PR). O mais novo parque aquático do sul do Brasil realizará eventos de grande porte em 2019, como o churrasco com o Teló no dia 21 de dezembro e a banda Melin no Réveillon.
“Alok é um artista internacionalmente reconhecido e, por isso, acreditamos ser uma atração a altura do Blue Park. Vamos lotar essa praia e nos consolidar como uma excelente opção para a realização de eventos”, explica Elvio Andrade, diretor-gerall do Blue Park.
Considerado um dos maiores nomes da música eletrônica mundial, Alok é DJ e produtor. Além de ser uma referência musical (classificado como o 13º melhor DJ do mundo pela revista DJ Mag), ele também é uma grande personalidade no Brasil, considerado pela revista Forbes uma das 91 pessoas com menos de 30 anos mais influentes do país. 
O show trará os principais sucessos do DJ como Hear me Now, Favela e The Wall. 
Os ingressos referentes ao primeiro lote já estão à venda com descontos especiais. Os valores serão reajustados de acordo com os lotes. Os ingressos podem ser adquiridos no site: www.blueparkfoz.com.br. 

Serviço:
Blue Park Foz
Rua Carlos Hugo Urnau, 756 - Dona Amanda, Foz do Iguaçu - PR, 85853-000
Telefone: (45) 3521- 2060
Facebook: www.blueparkfoz.com.br
Instagram: @blueparkfoz
Site: https://www.blueparkfoz.com.br

 

Aeroporto internacional uruguaio está entre os mais bonitos dos mundo


O Aeroporto de Carrasco está entre os terminais mais bonitos do mundo, de acordo com o Huffington Post

Um ranking realizado pelo jornal digital e pelo blog inglês Huffington Post classificou o Aeroporto de Carrasco, localizado na capital do vizinho – Montevidéu, entre os 22 terminais aéreos mais bonitos do mundo. A mídia britânica levou em consideração para fazer essa distinção a arquitetura inovadora e o conforto de suas instalações.
O Aeroporto de Carrasco, cuja modernização ficou a cargo do arquiteto Rafael Viñoly, caracteriza-se por ter um design muito aconchegante nos espaços onde circulam passageiros, familiares e amigos que se despedem e recebem pessoas.


O salão principal, o imenso terraço paisagístico, as áreas de espera, os restaurantes e as lojas têm uma grande presença de luz natural e, ao lado dos diferentes locais verdes e abertos, fazem da espera uma experiência gratificante.
Nesse ranking internacional realizado pelo Huffington Post, outros 21 terminais aéreos com arquiteturas de vanguarda, design inovador, instalações confortáveis e serviços originais se destacam.
Não é a primeira vez que o renovado terminal aéreo de Carrasco, com uma área de 45.000 metros quadrados, recebe um prêmio internacional pelo magnífico trabalho. Em 2013, o site do Architizer já havia premiado o trabalho do arquiteto Rafael Viñoly como a construção mais destacada do mundo.

 

 

Mata Atlântica é a eterna guardiã das Cataratas do Iguaçu


Geólogo afirma que o complexo de fraturas e de rochas necessita da proteção da floresta para evitar a erosão

A Mata Atlântica que circunda as Cataratas do Iguaçu faz parte de um complexo e frágil sistema de proteção ambiental do cenário das Cataratas do Iguaçu. A afirmação é do Professor João Batista Sena Costa, um dos autores e organizador do livro “A Origem das Cataratas do Iguaçu”, obra que remonta o surgimento do local, há mais de 5 milhões anos. Sena Costa é geólogo e desenvolve pesquisas na área de Geociências e integra um programa de pesquisa sobre a evolução das paisagens antigas e atuais que vem sendo desenvolvido há quase 30 anos em todas as regiões do Brasil.
De acordo com o geólogo, as Cataratas, de fato, são um complexo de fraturas e de rochas com resistências diferentes que geram centenas de ressaltos e que, com a água escorrendo sobre eles, formam uma paisagem exuberante de cachoeiras. “Consequentemente, a energia gerada pelo fluxo de água é muito grande. Isso, na prática, significa que nessa região onde estão as Cataratas, os processos erosivos são muito intensos”, salientou o professor.      
Segundo ele, a água percolando as fraturas e as rochas, aumentam a possibilidade de erosão física e, consequentemente, os desmoronamentos de blocos podem acontecer com facilidade. A Mata Atlântica funciona como uma espécie de protetora, controlando a erosão física e mantendo o equilíbrio entre água e rochas.
As Cataratas do Iguaçu estão localizadas dentro de duas unidades de conservação transfronteiriças: Parque Nacional do Iguaçu (Brasil) e Parque Nacional Iguazú (Argentina). Juntos possuem uma extensão de 250 mil hectares do bioma Mata Atlântica, protegendo ecossistemas únicos e extremamente ameaçados.     
“A Mata Atlântica é a grande guardiã de manutenção do equilíbrio desse processo. Se não existisse esse tapete protetor nos basaltos e nas margens do Rio Iguaçu, com certeza o processo de erosão físico iria ser mais intenso e a possibilidade desse cenário ser modificado rapidamente é muito grande”, alertou o geólogo. 

 

Sobre o livro - Você pode adquirir seu livro com edição em três idiomas: Português, Espanhol e Inglês em Foz do Iguaçu, nas lojas do Parque Nacional do Iguaçu, nas livrarias: Kunda (Almirante Barroso, 1473 – Centro), A Página (Cataratas JL Shopping - Av. Costa e Silva, 185 - Loja 215) e Sebo Cultural (Rua Jorge Sanways, 623 - centro). Ele também está disponível nos pontos de vendas da Loumar Turismo.

Siga-nos nas redes sociais
www.facebook.com/aorigemdascataratas/
www.instagram.com/origemdascataratas/

Mauro Picini Sociedade + Saúde 11/09/2019

Setembro Amarelo: Por que uma pessoa comete suicídio?

Por Sabrina Ferrer, psicóloga-chefe do FalaFreud

O suicídio é algo que vem chamando a atenção da sociedade. Não é de hoje que somos surpreendidos com alguns casos, seja de alguma celebridade ou de pessoas que, direta ou indiretamente, estavam próximas a nós. Nestas ocasiões, chocados, a pergunta que insistentemente invade a nossa mente é: Por quê?

Segundo as estatísticas, podemos ver o quão importante é abordar esse assunto e compreender a situação. Trata-se, além de uma comprovação do sofrimento individual, de um sério problema de saúde pública. Segundo o mais recente relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 800 mil pessoas cometem suicídio a cada ano – uma taxa de 11,4 para cada 100 mil habitantes. Isso significa um suicídio a cada 40 segundos. A “violência autodirigida”, como o suicídio, é classificada pela OMS e é hoje a 14ª causa de morte no mundo inteiro. E a terceira entre pessoas de 15 a 44 anos, de ambos os sexos.

Nossa cultura valoriza a vida em todos os sentidos, haja vista os incontáveis métodos de rejuvenescimento. Daí a morte, mesmo sendo um processo natural, não é bem-vinda porque rompe com o sonho humano de imortalidade. O suicídio, então, é tido como intolerável, nos conduzindo quase sempre a buscarmos uma justificativa para compreender tal ato e amenizar nossa perplexidade. O comportamento intencional de tirar a própria vida é resultado da soma de diversos fatores de origem emocional, psíquica, social e cultural. O indivíduo busca na morte o alívio, uma forma de fugir daquilo que o deprime, que o exclui de maneira insuportável.

Existem algumas pessoas que são mais propensas a cometer suicídio, são aquelas com transtornos mentais, depressivos, bipolares, transtornos de personalidade, dependentes químicos e esquizofrênicos. Outras podem estar passando por uma enfermidade, como câncer, HIV, ou mesmo pessoas que sofreram ou sofrem algum tipo de abuso ou bullying. Ou passaram por perdas, seja de emprego, separação, ou até uma exposição da vida íntima na internet.

A melhor forma de combater o suicídio é vencer nossos preconceitos e começar a falar desse assunto. Existem muitas pessoas que tem ideias suicidas mas não cometem o suicídio. Nesse processo a pessoa pensa em se matar, às vezes até planeja isso, mas não o faz.

O fato de haver um número considerável de pessoas que têm ideias suicidas criou uma crença na nossa sociedade de que quem fala que vai se matar não faz isso. Essa crença não é verdade. A maioria das pessoas que cometem suicídio comentam essa ideia com alguém antes de cometer esse ato. Neste caso, os sentimentos de uma pessoa que fala em se suicidar são minimizados por aqueles que não entendem sobre o assunto ou que nunca sentiram o mesmo.

A pessoa que sente vontade de morrer está em um processo de dor tão intenso que não vê outra saída. Na verdade, ela não quer matar a vida, ela quer matar a dor. Há nessas pessoas uma vontade imensa de viver, mas sem a dor, sem o problema. Nesses casos o suicídio pode ser visto como o fim de um longo sofrimento. Essas pessoas não têm encontrado sentido para a vida.

Para prevenir o suicídio é indicado que as pessoas escutem aquele que fala em se matar. Preste atenção em mudanças de comportamento, seja para uma tristeza profunda, a perda de vontade de fazer as coisas que a pessoa gostava, e até mesmo uma mudança repentina de humor para a felicidade. Se a pessoa estava muito triste e de repente fica feliz, pode ser que tenha planejado seu suicídio e está assim por se sentir aliviada em poder acabar com a dor.

Alguns sinais podem nos ajudar a perceber se o indivíduo está pensando em suicídio. Preste atenção se a pessoa costuma dizer as seguintes frases:

• “Minha morte seria melhor para todos” ou “Pelo menos vocês não teriam mais que me aguentar”.

• “Ninguém se importa, mesmo”, “Ninguém entende o que eu sinto” ou “Você nunca entenderá”.

• “Agora é tarde, eu não aguento mais”, “Não existe mais nada a ser feito” ou “Eu só queria que a dor passasse”.

• “Eu não tenho razões para viver” ou “Estou tão cansado de viver”.

Conversas assim podem ser indícios que o indivíduo pretende cometer suicídio. Não julgue. Se você nunca pensou ou se sentiu como a pessoa não diga como ela deveria se sentir ou o que deveria fazer. Apenas demonstre seu apoio e esforce-se para compreendê-la.

Falar que “Não é ruim assim” ou “As coisas vão melhorar” não ajuda em nada e fará com que ela sinta que você não entende ou não está ouvindo. Prefira dizer “Você não está sozinho. Eu estou aqui com você e ajudarei no que for preciso” . Eu não quero que você morra.” ‘Eu me preocupo com você.” Chame a pessoa para fazer algo com você como caminhar, praticar um esporte e qualquer coisa que a ajude a se manter fisicamente ativa. Um diário para a pessoa também pode ajudar. Assim, ela poderá expressar tudo que sente em vez de reprimir as próprias emoções.

Se você que está lendo este artigo agora tem ideias suicidas, saiba que existe um caminho para você. Existem estratégias que você pode usar para ajudar a mudar esses pensamentos. A mente de uma pessoa com pensamentos suicidas funciona de forma diferente. É preciso encontrar estratégias para lidar com isso. O uso, de programação neurolinguística, técnicas de mindfulness e meditação podem ajudar, além de um acompanhamento terapêutico intenso para que a pessoa possa se expressar livremente, sem julgamentos e encontrar atividades que lhes proporcione qualidade de vida.

Sabrina Ferrer é psicóloga-chefe do FalaFreud. Possui 14 anos de experiência na área de psicoterapia e Gestão de Pessoas. Sua abordagem é baseada na Psicanálise e Teoria Cognitivo Comportamental. Atua em clínicas atendendo adolescentes com questões emocionais, autoconhecimento, adultos com os mais variados sintomas e situações, além de idosos em casos de depressão e falta de motivação.

 

Prati-Donaduzzi recebe representantes de 20 farmácias gaúchas

A Prati-Donaduzzi – maior produtora de medicamentos genéricos do Brasil – recebeu nessa segunda-feira (19) representantes de 20 farmácias. No grupo, proprietários, farmacêuticos, balconistas e operadores de caixa de farmácias de 15 cidades do Rio Grande do Sul.

Na farmacêutica, eles, visitaram desde o Warehouse (espaço onde são armazenadas as matérias-primas que chegam à indústria diariamente), até à unidade onde são produzidos os principais medicamentos sólidos. Entre eles, a Losartana (indicada para o tratamento de hipertensão arterial), a Metformina (usada no controle do diabetes) e o Captopril (indicado para tratamento de hipertensão e insuficiência cardíaca). “É a segunda vez que eu visito a Prati. É sempre um aprendizado”, afirmou a empresária Viviane Scheffer Schwanck.

O empresário Renato Valli Sole atua no ramo farmacêutico há 19 anos, em Pelotas. Pela primeira vez conheceu de perto como são produzidos os medicamentos da Prati-Donaduzzi que ele indica para seus clientes no dia a dia. “Essa visita é um elo muito importante entre a indústria e os clientes. Esse detalhe impacta diretamente nas vendas”, disse Sole.

A expectativa para conhecer a indústria farmacêutica paranaense era grande. Segundo o Supervisor de Vendas Externas de Porto Alegre, Vitor Paulo Wendorff, as vagas para a visita foram disputadíssimas. “Conhecer a produção dos medicamentos é algo muito aguardado pelos nossos clientes. Quem vem quer voltar”, afirma.

Na unidade fabril, foram recepcionados pela Sócia-Fundadora da farmacêutica, Dra. Carmen Donaduzzi, pelo Diretor Comercial, Walter Batista da Silva, pelo Gerente de Vendas da Região Sul, Carlos Henrique Turri e pelo Gerente de Marketing, Lucas Angnes.

Conheça Mais - A visita à empresa faz parte do Projeto Conheça Mais (PCM), do Setor de Marketing. Desde 2010, a iniciativa já trouxe mais de 11 mil clientes para conhecer a indústria, que hoje, detém o título de maior produtora de medicamentos genéricos do Brasil. Até o final do ano, pelo menos outros 700 balconistas, operadores de caixas e farmacêuticos de várias redes espalhadas pelo Brasil devem participar do projeto. De acordo com a coordenadora do Conheça Mais, Noemi Kistemacher, o objetivo é aproximar a empresa dos clientes e mostrar o cuidado no processo de fabricação. Afinal, hoje, a Prati produz 12 bilhões de doses por ano e está presente em mais de 56 mil farmácias brasileiras.

 “Até 2010, a Prati atendia apenas as unidades públicas de saúde. Naquele ano, entrou numa outra fase, vendendo também às farmácias privadas. Nada mais justo que trazer quem vende nossos produtos para conhecer o processo fabril”, explicou Noemi.

Opinião semelhante é do Supervisor de Vendas Externas, Jeferson de Oliveira Marcanth, que atua em Pelotas. Segundo ele, os colaboradores das farmácias tem papel importante na venda dos produtos. “Quando os nossos clientes conhecem o processo produtivo eles levam até o consumidor final a qualidade dos medicamentos da Prati”, disse.

Passeio Turístico - Antes da visita à Prati-Donaduzzi, o grupo formado por 39 pessoas, passou por Foz do Iguaçu. Eles conheceram as Cataratas do Iguaçu e o Parque das Aves.

 

Núcleo de Agropecuárias e Pet Shops entrega doações ao Adote Toledo

Para ajudar cães abandonados, sob cuidados do movimento Adote Toledo, o Núcleo de Agropecuárias e Pet Shops, da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), realizou a segunda edição da campanha ‘Doe para um Pet abandonado’.

A iniciativa, que seguiu do dia 15 de julho a 30 de agosto, recolheu 360 quilos de ração, casinhas, mantas, potes para ração, bebedouro, tapetes, iscas e produtos de higiene.

As doações foram entregues ao Adote Toledo, na sexta-feira (30). O movimento atende no momento, cerca de 50 cães, que estão sob zelo de protetores voluntários.

A coordenadora do Núcleo de Agropecuárias e Pet Shops, Clenir de Moura, comenta que a ação contou com a participação efetiva de todas as empresas nucleadas. “Ficamos bem contentes com o resultado, principalmente com a quantidade de ração que irá ajudar muitos cães. Tentamos também sensibilizar nossos clientes para que participassem da boa ação e conseguimos, através de cartazes em nossas lojas e caixas onde eles poderiam depositar as doações”, conta. 

Segundo a voluntária e administradora da página Adote Toledo nas redes sociais, Katiuscia Bassani, as rações serão distribuídas entre as protetoras. “Hoje temos uma senhora que abriga em sua chácara 25 cachorros. Outra parte iremos disponibilizar para as protetoras que alimentam cachorros em locais específicos na rua. Temos uma voluntária, por exemplo, que alimenta todos os dias, 12 cães de rua, em bairros diferentes. Temos também uma mãezinha com sete filhotes que estão em um lar com a tutora da cachorrinha, mas a pessoa não tem condições de comprar ração”, conta.

Katiuscia ressalta que as doações foram muito bem-vindas neste momento. “Dependemos totalmente de doações. Estamos sempre pedindo ajuda na página da Adote Toledo e está cada dia mais difícil. Essas doações foram uma grande bênção, pois com todos os produtos doados, entre ração, casinha, produtos de higiene, podemos dar melhores condições aos nossos resgatados e aos da rua. Com essa parte suprida, podemos focar nossos esforços nas adoções e resgates”, explica.

Em funcionamento há quase um ano, a página Adote Toledo já realizou a intervenção de adoção de 194 animais. Os interessados em contribuir com o movimento podem entrar em contato no instagram @adotetoledo.

Participaram da campanha as empresas do Núcleo de Agropecuárias e Pet Shops: Aquaripet, Pet Shop Bom Pastor, Pet Shop Dog Clean, Du Cão Pet Shop, Agropecuária Scherer, Fabri Mercantil Agropecuária, Agroveterinária Scherer e Agroshop.

1

A cistite afeta tanto as mulheres como aos homens

A cistite é uma inflamação da mucosa da bexiga e pode acometer homens, mulheres e crianças. As mulheres são as maiores vítimas das cistites: aproximadamente metade delas apresentará pelo menos uma infecção urinária ao longo da vida. Isso pode ocorrer por questões anatômicas, hábitos, vida sexual e hormonal. Lembramos que a uretra é uma estrutura curta e larga, localizada na região perineal próxima ao canal vaginal e ânus, que transporta a urina da bexiga para o meio exterior.

A cistite pode ser desencadeada por medicamentos (como os quimioterápicos) que podem causar inflamação da bexiga; radioterapia na região pélvica (Actínica); inflamação crônica de causa desconhecida e de difícil tratamento (Intersticial); uso de sonda na bexiga por longos períodos; cálculo urinário; câncer de bexiga; fungos, principalmente em pacientes diabéticos e imunodeprimidos; bactérias, que são as causas mais frequentes; e uma associação de outras condições da bexiga ou abdome inferior, tais como: câncer ginecológico, corrimento vaginal, doenças inflamatórias pélvicas, endometriose, doenças inflamatórias do intestino, lúpus, tuberculose, entre outras.

A cistite intersticial (CI) não é causada por uma infecção bacteriana e acomete aproximadamente 12 milhões de pessoas nos Estados Unidos.  As causas não são claras e admite-se ainda que possa ser provocada por um problema vesical motivado por alterações no sistema nervoso, muscular, química da urina ou alergia. Uma complicação observada na CI é a redução da capacidade vesical funcional máxima, ou seja: “a bexiga fica pequena”.

Em aproximadamente 90% das vezes a bactéria E. coli é a responsável pela cistite bacteriana. Essa bactéria coloniza a pele do períneo e habita o intestino, sem nenhum problema; mas se alcançar a bexiga e os rins, pode desencadear grandes danos, inclusive com risco de vida.

A cistite pode acontecer depois de uma relação sexual, provavelmente porque a uretra sofreu traumas (normais do próprio coito) e torna-se vulnerável à migração das bactérias, sendo mais intensa e comum na menopausa, devido ao ressecamento da vagina por deficiência hormonal (estrógeno).   

A cistite pode não ter sintomas, mas quando relatados podem ser intensos, súbitos e bastante desconfortáveis, devido ao aumento da frequência e Urgência miccional; dor ao urinar ou no abdome; urina turva, escura ou com cheiro forte; presença de sangue na urina; mal estar geral; febre; confusão mental (mais comum em pessoas idosas).

No diagnóstico, o médico identifica fatores como: o padrão miccional, hábitos miccionais, intestinais e vida sexual; doenças associadas, como corrimentos vaginais, diabetes, doenças autoimunes, etc; uso de medicamentos, alterações anatômicas, alterações em exames de Urina e Imagem.

O tratamento deve ser personalizado para cada cistite; mas nas bacterianas, o médico prescreverá além dos analgésicos o antibiótico, guiado pelo antibiograma. Ao tratamento urológico, soma-se o acompanhamento multidisciplinar (ginecologista e proctologista) em caso de infecção urinária de repetição.

Para prevenir a cistite, recomenda-se beber bastante água; evitar bebidas como chá, cítricos, chimarrão, refrigerantes e café; usar roupas íntimas de algodão; preferir duchas ao papel higiênico; fazer a higiene íntima sempre da vagina para o ânus e utilizar produtos neutros, sem perfumes; manter o períneo limpo e seco; urinar assim que você sentir desejo - não adie!; lavar a área genital antes e depois do ato sexual; evacuar pelo menos uma vez ao dia. Em caso de obstipação intestinal, converse com um proctologista; na menopausa, se a paciente tiver cistites, consulte um ginecologista, visando o uso de hormônios, caso não tenha contra indicação; evitar usar anel anticoncepcional (consulte um ginecologista); tratar os cálculos renais, caso você os tenha.

O uso de Cranberry é questionável e não há evidências claras de que vá lhe ajudar. Homens, idosos, grávidas e crianças com sinais e sintomas de cistite devem procurar o seu médico ou um Urologista. Qualquer paciente com dor lombar e febre deve procurar um médico imediatamente, pode ser bastante grave.

*Dr. Marco Aurélio Lipay é Doutor em Cirurgia (Urologia) pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), Titular em Urologia pela Sociedade Brasileira de Urologia, Membro Correspondente da Associação Americana e Latino Americano de Urologia e Autor do Livro “Genética Oncológica Aplicada a Urologia”

 

 

Olavo P. de Almeida assume a presidência da Abramge PR/SC

No final do mês de julho, foi eleita a nova diretoria da Abramge PR/SC - Associação Brasileira de Planos de Saúde para o biênio 2019/2020. Quem assume a presidência é o assessor jurídico da Paraná Clínicas -Planos de Saúde S/A., Olavo Pereira de Almeida, que era vice-presidente na última gestão. Para o cargo de vice-presidente, foi eleita a advogada Daniela Xavier Artico de Castro, da Nossa Saúde. Compõem a diretoria, ainda, Alexandre da Silva Lima (Paraná Assistência Médica, de Maringá); Celso Lopez Valente (Evangélico Saúde); Leonice Terezinha Zeni (Clinipam); Hiran Alencar Mora Castilho (Santa Rita Saúde, de Maringá) e Ana Carolina Hildebrand Seyboth (Hospital Marechal Cândido Rondon).

A associação tem como objetivos fomentar discussões de políticas públicas do setor de saúde suplementar, criar estratégias para melhorar a operação dos planos de saúde, além de garantir a viabilidade financeira das operadoras. Entre os planos da nova gestão estão: fortalecer a atuação das operadoras de saúde nos estados do Paraná e de Santa Catarina, defendo os interesses do setor; compartilhar informações em relação a normas e regulamentações; fomentar a capacitação de profissionais para atuação junto aos planos de saúde, através de realização de seminários e de um MBA,  além de participar do Comitê de Saúde Suplementar do Tribunal de Justiça do Paraná representando as Associadas.

Mauro Picini Moda & Estilo 10/09/2019

Em palestra no Conexão Empresarial, Leo Chaves revela novas faces de sua vida


Leo Chaves foi o palestrante do segundo evento do Conexão Empresarial 2019, promovido pela Acit, e surpreendeu a todos os que estiveram no Teatro Municipal de Toledo, na noite de terça-feira (03).

Foi uma noite diferente, com conteúdo comportamental e motivacional, além do show musical ao final. “Extremamente simpático, Leo  interagiu com o público, exercitando a empatia e a conexão”, opina a diretora de Treinamentos da Acit, Anaide Holzbach de Araújo.
Em sua abordagem, Leo relatou que a busca pelo sucesso foi árdua e uma conquista que não veio de forma rápida e simples, mas repleta de falhas, recomeços, novos erros e muita resiliência. Falou sobre a ilusão criada pela fama, a máscara atrás da qual se escondia. Foi quando percebeu a desconexão da marca pessoal e uma necessidade de realinhar seus propósitos.   “Fiz uma mudança radical, me reinventei;  não foi fácil, mas não sou mais a mesma pessoa de antes”, revelou.
A maioria das pessoas tem medo do novo e prefere se acomodar nas conquistas anteriores. Isso faz parte do instinto, motivado principalmente pelo receio de fracassar. “Contudo, sonho conquistado tem prazo de validade. O que realiza de fato é a busca pelo novo”, pontuou.
Além disso, muitos desenvolvem uma dependência emocional, do histórico memorial que o cérebro cria, limitando as mudanças efetivas. “Quem nunca começou uma dieta na segunda-feira e logo desistiu?”, observou.
Em sua nova busca pelo autoconhecimento, o cantor entendeu que uma das chaves para lidar com essas dificuldades é exercitar as habilidades comportamentais internas, como a empatia, autoconexão, autoconsciência, autogestão, autoeducação e os relacionamentos interpessoais. ‘Quebrar janelas’ foi a metáfora utilizada para exemplificar a iniciativa de interação com outras pessoas, com desconhecidos que cruzem nosso caminho diariamente.
Reforçou a necessidade de estudar sempre, buscar conhecimento, ler, aprender, interagir, buscar a paz. Se reinventar continuamente e traçar metas. “Traçar metas é como ter uma bússola diária, para sair de onde está para onde você quer ir. Sem autopercepção e autogestão, não tem caminhada. Nessa era digital, do grande volume de informações, se não deixar a bússola ativa, você esquece. Mas você escolhe o caminho do que quer fazer”.
Leo Chaves concluiu sua mensagem com o seguinte pensamento. “Podemos construir hoje a melhor versão de nós mesmos, por meio das nossas atitudes. Podemos montar nosso cenário, determinar nossa felicidade, buscar todos os dias com entusiasmo e não deixar para amanhã. Qual a marca que você quer deixar? ”

Avaliação - Na avaliação da diretora de Treinamentos da Acit, Anaide Holzbach de Araújo, ficou claro ao final da palestra que Leo conseguiu atingir seu objetivo. “O público saiu leve, satisfeito, agradavelmente surpreso com a noite intensa e diferente. Uma palestra que traz a marca da inovação, do conhecimento e da conexão que esse evento busca. Uma noite de aprendizado lúdico e encantador.”
A contadora e bancária aposentada, Maria da Graça Allievi, ressaltou que a palestra superou a sua expectativa. “Ele expôs as fases da sua vida, o sucesso alcançado e no auge da carreira, tirou o pé do acelerador para voltar-se para dentro de si, uma atitude de coragem, de fazer uma autoanálise, de evolução pessoal. Chegou aonde qualquer artista gostaria de chegar e fez o sentido inverso, ressignificou o sucesso e aproveita da imagem e da marca para levar mais conhecimento às pessoas. Vim pelo artista e sai encantada pelo ser humano que ele é”, opina.
Para a jovem Jéssica Santos, colaboradora da Maxicon Sistemas, a palestra foi enriquecedora. “Tinha uma visão sobre ele como cantor e gostei muito de tudo o que nos transmitiu. As experiências na carreira artística e na vida pessoal, uma lição de vida que ele nos trouxe e foi muito valiosa, para aplicar em nosso dia a dia. E ainda, fui sorteada com o livro dele, fiquei muito contente”, contou.

orteios - No sorteio do cartão-presente, no valor de R$ 500,00, a contemplada foi Kezia Eviane de Souza Marcon, colaboradora da Ford Cauneto. Entre os usuários do aplicativo durante o evento foi sorteada Françuênia França Bezerra, da empresa Clout, que ganhou um brinde especial.
A próxima palestra será no dia 12, com o tema “A Arte de Sair do Lugar Comum”, com Marco Zanqueta.

Parcerias - A realização do Conexão Empresarial 2019 é da Acit, em parceria com as empresas Fiasul Indústria de Fios, Coamo Cooperativa Agroindustrial, Lumiar Turismo, Ford Cauneto, Gráfica J.A, Maxicon Sistemas, Olinda Hotel e Eventos, Lactobom e Unimed Costa Oeste, e ainda as instituições Sicoob Meridional, Colégio La Salle, PUC/PR – campus Toledo, Sebrae, Prefeitura de Toledo e Câmara Municipal.

 

Oficina de montagem de marionetes será ministrada em comunidade rural de Cascavel durante o Festin


Ator, diretor, produtor e bonequeiro de Curitiba ensinará para 31 famílias como é o processo de produção de bonecos e a transformação deles em personagens

Além de proporcionar espetáculos gratuitos em diferentes espaços urbanos, o Festin 2019, Festival de Teatro Infantil de Cascavel, também chegará ao campo. E de uma maneira muito divertida e didática! Uma oficina de montagem de marionetes de madeira será ministrada na comunidade San Martin, que fica na área rural de Cascavel, pelo ator, diretor, produtor e bonequeiro Guto Scheremetta, de Curitiba. 
“Será uma experiência divertida de como montar e manipular uma marionete de madeira, articulada, com conexões em barbante, fita crepe e cola branca. Foi pensada para toda a família participar, pois é de fácil acesso às crianças. O participante terá a oportunidade de vivenciar a arte teatral através do boneco, conhecendo melhor seu corpo, a sua voz, de brincar com a coordenação motora, aumentar a velocidade de raciocínio, de interagir livremente, criando, de forma empírica, as próprias ideias, as suas expressões, dentro do divertido universo das formas animadas”, explica Guto.
A ideia é aproximar a comunidade rural da arte e da cultura. O local escolhido para isso é uma área onde moram 31 famílias que possuem uma aproximação com a Syngenta, empresa de desenvolvimento de tecnologias para o mercado agrícola que é patrocinadora do Festin 2019. “A comunidade San Martin fica muito próxima à área onde estamos construindo o nosso novo site de pesquisa para a região Sul. Todos utilizam a mesma estrada para deslocamento. 
Valorizamos muito tal aproximação, até mesmo para que a comunidade possa conhecer um pouco mais sobre a empresa e sobre o que vislumbramos em termos de oportunidades de melhoria (estrada, geração de empregos, projetos de parceria...). A comunidade San Martin possui aproximadamente 20 crianças distribuídas entre as famílias, portanto gostaríamos de levar essa oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a realidade dos teatros, executar uma oficina para que possam sentir na prática a realidade da arte”, conta Fabiana Trebilcock de Freitas, assessora de imprensa da Syngenta.
A oficina vai acontecer no dia 14 de setembro, das 13h30 às 17h30 e depois da montagem, o participante também vai poder, em conjunto, criar uma história e apresentá-la. “Um aspecto importante dentro da oficina está na esfera da sustentabilidade. Realizamos uma obra de arte em bonecos apenas com materiais orgânicos, reduzindo impactos ambientais no futuro”, acrescenta Guto. “Entendemos que o propósito do Festin se alinha ao que buscamos incentivar e valorizar junto à comunidade local, com ênfase para o reconhecimento ao trabalho teatral produzido no Paraná e em todo o território nacional. A Syngenta acredita no potencial do Festin de despertar o interesse pela arte, teatro e cultura em um estado tão importante para a agricultura nacional e, portanto, para a Syngenta, como o Paraná”.
Sobre o Festin - O Festival de Teatro Infantil de Cascavel nasceu com a proposta de despertar o interesse das crianças pelo universo teatral, incentivando que elas assistam mais peças e se motivem a encenar também. A primeira edição aconteceu em 2017 e teve 20 apresentações gratuitas durante uma semana em vários locais da cidade: praças, calçadas, parques e salas de concerto. Em 2019, o Festin retorna maior e mais completo. Neste ano, o projeto, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura e patrocinado pela Syngenta, teve uma seleção que abrangeu companhias de todo território brasileiro. 
A produção é feita por duas irmãs apaixonadas pela área cultural: a atriz Cynthya Borges e a produtora Bruna Bailey. Para saber mais sobre o Festin 2019, acesse: www.festincascavel.com.br e acompanhe as novidades pelas redes sociais: www.instagram.com/festincascavel e www.facebook.com/festincascavel. 

Miss Paraná 2019 será realizado em Foz do Iguaçu


O concurso vai acontecer no dia 13 de outubro e são esperadas em torno de 25 candidatas

Foz do Iguaçu vai sediar a edição 2019 do concurso Miss Paraná e a festa glamorosa será transmitida ao vivo pela TV e Rádio Paraná Turismo, da Rede Brasil Educativa. A definição foi tomada durante a reunião realizada na Prefeitura Municipal, com o Prefeito Municipal Chico Brasileiro e o Secretário de Comunicação do Estado, Hudson Roberto José, no último dia 21, na Prefeitura Municipal, em Foz do Iguaçu.
A ação também foi avalizada pelo Secretário Municipal de Turismo, Indústria, Comércio de Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla e pelo diretor Presidente da TV Paraná Turismo, Ruy Façanario. São esperadas para o concurso em torno de 25 candidatas, que virão à Foz do Iguaçu representando seus municípios, e será realizado no Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention.
Os jurados terão a difícil tarefa de escolher entre as candidatas, a mais bela jovem do estado, que irá concorrer o título de Miss Brasil Globe em Brasília. A vencedora do concurso na Capital Federal, segue para a disputa do Miss Globe.

Programação oficial  das candidatas - As candidatas ao concurso Miss Paraná vão chegar em Foz do Iguaçu, quatro dias antes da data do concurso com o objetivo de prestigiar os atrativos turísticos de Foz do Iguaçu/PR, Ciudad del Leste/PY e Puerto Iguazu/AR, e também os apoiadores do evento. As belas jovens irão visitar os atrativos turísticos, como as belas Cataratas do Iguaçu, Itaipu Binacional, Marco das Três Fronteiras, Parque das Aves e Complexo Dreamland.
As candidatas virão acompanhadas de amigos e familiares, que aproveitarão para visitar os atrativos turísticos, degustar a deliciosa gastronomia local e se hospedar nos hotéis da cidade.

Organização - O evento é organizado, tradicionalmente pela empresa Danilo D´Avila – Eventos de Beleza. Na edição Miss Paraná, em Foz do Iguaçu vai contar com a coordenação da empresa Foz em Destaque, do publicitário Marco Freire.

Escolha da Miss Foz do Iguaçu - Foz do Iguaçu também terá uma linda jovem disputando o título de Miss Paraná. A escolha da representante será realizada no dia 30 de setembro, às 20h, por um grupo de autoridades e empresários locais, escolhidos dentre as belas da sociedade. O evento também será realizado no Recanto Cataratas Thermas Resort & Convetion e na oportunidade será lançado, oficialmente o Concurso Miss Paraná 2019 em Foz do Iguaçu, edição que acontece no dia 13 de outubro.

Inscrição  - A inscrição para concorrer na escolha da representante de Foz do Iguaçu no concurso Missa Paraná, o conta é [email protected] ou pelo whatsApp 45 99968 1122.

Apoio
Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu;
Secretaria Municipal de Turismo, Indústria, Comércio de Projetos Estratégicos;
TV e Rádio Paraná Turismo:
Itaipu Binacional;
Visit Iguassu;
Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu;
Sindhotéis - Sindicato de Hotéis, Restaurante e Bares de Foz do Iguaçu
COMTUR - Conselho Municipal De Turismo
ACIFI – Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu 
Grupo de Hotéis Recanto Cataratas Thermas Convention & Resort:
ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis;
Grupo Cassinotur;
Foz Outdoor;
Imprensa local, regional e Mercosul.

 

Mauro Picini Ligado em Você 07/09/2019

Ligado em você especial aniversário José Parodes...

Foi realizado a festa para comemorar o aniversário do empresário José Parodes. A festa contou com a presença de familiares e muitos amigos que estiveram no Villa Festejo em Toledo para comemorar a data. Mari Librelato e sua filha Sophia organizaram várias surpresas na noite para a comemoração, inclusive show de Mágica com o mágico Julian Nagel @julianmagico e a equipe do Circo Ático. A linda decoração da festa ficou sob responsabilidade da dupla Jô e Keila Festas (45) 3277-3258 ou 99969-6157, com o tema “ Boteco do Zé”. Confira alguns momentos da festa na lente do Leandro Oliveira. Facebook Leandro Oliveira (photography) - Página: Leandro Oliveira -  Instagran @fotografialeandrooliveira.

6

 

Mauro Picini Programe-se 06/09/19

Oda al Vino terá a participação das principais vinícolas da Argentina

Já tradicional no país vizinho, o evento reunirá mais de 85 bodegas, que vão apresentar a produção de seus melhores vinhos

Para a 5ª edição do maior evento de vinhos da região trinacional, já estão confirmadas as participações das mais tradicionais e mundialmente conhecidas bodegas – no Brasil, vinícolas – que vão proporcionar nos dois dias de evento, uma imersão ao mundo dos vinhos.

Além de apresentar novos rótulos, essas empresas vão colocar à disposição, seus sommeliers e enólogos, para falar sobre suas produções e auxiliar o participante a reconhecer aromas, sabores e características que definem a forma de como é feita a bebida.

Quem estiver no evento, vai ter a oportunidade de aprimorar técnicas de degustação de vinhos, e aumentar o conhecimento em uma das culturas que mais tem crescido ao redor do mundo, a cultura do vinho. No estande de cada bodega, uma nova oportunidade de aprimorar o paladar e os conhecimentos sobre a bebida mais antiga da humanidade.

 

Bodegas confirmadas - Luigi Bosca, Piedra Negra, Navarro Correia, Trapiche, Humberto Canale, Las Perdices, Zuccardi, Ernesto Catena Winyard, Rutini, Andeluna, Catena Zapata, Escorihuela Gáscon, Mosquita Muerta, Trivento, Norton, La Rural, Marchiori Barraud, Manos Negras, Clos de los Siete, Diamantes, Rolland Wine, Cuvellier de los Andes, Salentein, Kalos, Dulmes (Viña los Chocos. A.L.H.-ADA. Tercos) , Septima, Otaviano Penedo Borges, Bianchi, Hermandad,  Terra Camiare, Grand Cru(LTU- El ZORZAL- UY), Corbus, Finca la Anita, Sottano, Vicentin, Casa Pirque (A Posta- Atalaia- NIcolas Bon), Clos de Chacras, Escala humana, El Relator Wine, El Porvenir, Las Mojarras,  Jura, La Riojana, Mendel, Foster, Lorca, Altupalka, Funkenhausen, Sabores Argentinos, Domaine Bousquet, Vistalba, Benegas, Piatelli, Piedra Negra, Chañarmuyo, Lui, Finca Martha, Huarpe, Riglos, Joffre, Domados, Finca Gabriel, Asa Nisi, Yacochuya, El Esteco, Finca Las Moras, Estancia Mendoza, Renacer, Noemia, Fournier, Altocedro, Aniello,  Puramun,  Vinyes Ocults, Desierto, Melodia, Fabre Montmayour e  Finca Flichamn.

 

Oda al Vino 2019 - O evento, que acontece no dia 06 e 07 de setembro, a venda de ingressos está a todo vapor. O valor é de R$ 350 e nesse valor está incluso uma taça de cristal para degustação dos vinhos e um voucher de consumação de R$150 em garrafas de vinho para serem escolhidos e levados.

Em Foz do Iguaçu, os ingressos são vendidos pela Loumar Turismo e MMC Turismo. Participe e conheça o que de melhor a Argentina tem a oferecer, com a participação de vinícolas tradicionais das regiões de Mendoza, San Juan, Salta, La Rioja, Patagônia e Córdoba.

 

SERVIÇO:

ODA AL VINO - www.odaalvino.com.ar

Dias 06 e 07 de setembro de 2019

A partir das 19h

Av. República Argentina 86 – Iguassu Urban Mall - Puerto Iguazú, Misiones, Argentina - (54) 03757 - 422333 · [email protected]

[email protected] - [email protected]

No Brasil, a compra também pode ser realizada pelo telefone: (45) 9 9980 7948 – Adilson Borges.

 

Fabiano Collet: de garçom à gerente na Rede Bourbon

Com quase 20 anos de experiência na área de hospitalidade o gerente fala sobre o processo de crescimento dentro da indústria

Fabiano Collet, gerente do Bourbon Cambará Hotel – Foto: Roberto Francischini

Há quase 20 anos na área de hospitalidade, Fabiano Collet iniciou sua carreira como ajudante de garçom, sendo promovido à garçom e recepcionista em hotéis na capital paulista e também no exterior (Flórida-EUA). Em 2016 ingressou na Rede Bourbon e em 2018, assumiu a frente do Bourbon Cambará Hotel, um dos mais novos empreendimentos da rede.

No dia do garçom, comemorado em 11 de agosto, Fabiano conta um pouco sobre sua trajetória na área de hospitalidade:

1-) Você sempre quis trabalhar com hospitalidade?

Por mais que eu tenha buscado informações sobre o trabalho do turismo e hotelaria, não tem como imaginar o que é este mundo e as infinitas possibilidades que existem dentro dele. Imaginei que iria gostar, planejava morar no exterior e viajar para desenvolvimento. Superou as expectativas, ainda mais agora que trabalho em uma empresa com filosofia e valores bem próximos dos meus.

 

2-) Como você começou a trabalhar como assistente de garçom?

Quando estava no primeiro ano de faculdade, tinha um amigo (Renato Cômodo) que também estudava hotelaria e trabalhava em um hotel de São Paulo, quando apareceram oportunidades me avisou para entrega de currículo e ali ingressei no mundo da hotelaria no ano de 2001.

 

3-) Quais os maiores desafios que viveu como garçom?

O desafio foi grande em vários aspectos, ainda mais se considerarmos que foi meu primeiro emprego. Aprender e construir a relação com colegas, superiores e clientes entendo que tenha sido o principal ponto. Mas não deixo de mencionar as etiquetas de serviços, o mundo da gastronomia e enologia. É uma carga de informações que apenas com o tempo e prática passei a dominar e executar com naturalidade.

 

4-) Como foi sair do serviço à mesa para a recepção? O que mudou?

Após o ataque de 11/09/01 (atentado terrorista), a hotelaria de luxo sofreu um grande impacto de demanda, por conseqüência financeiro e cortes em massa de funcionários ocorreram em vários empreendimentos do ramo, e eu saí em uma lista destas. Consegui recolocação na área de hospedagem de outra operadora hoteleira no centro de São Paulo. Na recepção você é a primeira impressão de um cliente, e ainda recebe todas as demandas do hotel, pedidos, solução de problemas e etc. é bem diferente, mas não tem o glamour de um grande banquete, comemorações e etc.

 

5-) Como a experiência como garçom te ajuda no cargo de gerente de hotel?

Hotelaria é serviço, atendimento e encantamento, um bom garçom tem que praticar tudo isto em alto nível e quem gosta, segue carregando isto pelo resto da vida. Além de que com esta base tive a oportunidade de morar e trabalhar em grandes resorts em outros países, o que enriqueceu bastante minha experiência cultural e profissional.

 

6-) Como você vê o potencial na indústria hoteleira no Brasil?

Há quem veja mercados saturados, mas basta rodar, sair de grandes centros que existem muitas oportunidades para negócios e lazer. Nosso potencial turístico é enorme.

 

Bourbon Cambará Hotel - O Bourbon Cambará Hotel, aberto em dezembro de 2018, está localizado na Rua Marechal Deodoro, 785, no município de Cambará (PR), cidade natal do fundador da empresa, Alceu ÂntimoVezozzo. O empreendimento, que era um sonho antigo do empresário, possui 80 apartamentos, oito andares, dois espaços gastronômicos, duas salas de eventos, espaço fitness, 25 funcionários, estacionamento e 4.191,60 m² de área construída. Localizado no centro da cidade, o hotel oferece fácil acesso à Prefeitura, comércio, bancos, bares e restaurantes. Também dispõe de ótima infraestrutura e conveniência para realizações de eventos e reuniões.

Para garantir a reserva e desfrutar de qualquer uma destas oportunidades incríveis basta acessar o site Bourbon, Central de Reservas e departamentos de reservas do hotel.

Confira todas as opções de destinos e hotéis: http://www.bourbon.com.br/

 

Bourbon Cambará Hotel

Rua Marechal Deodoro, 785, Cambará – PR

Reservas: 43-3532-8900, [email protected]

Fotos: https://www.bourbon.com.br/fototeca/

Confira todas as opções de destinos e hotéis:http://www.bourbon.com.br/

Acompanhe a Rede Bourbon nas mídias sociais:

Facebook: bourbonhoteis

Instagram: @bourbonhoteis

Linkedin: Bourbon Hotéis & Resorts

Youtube: bourbonhoteis

 

Água Doce lança segundo cardápio com Realidade Aumentada e o primeiro com objeto 3D

Chef Klaus Vidrik explica pratos selecionados e interage com clientes

Após o sucesso da primeira edição, a Água Doce Sabores do Brasil decidiu lançar o segundo cardápio com realidade aumentada. Além dos pratos e drinques ganharem vida, o chef Klaus Vidrik escolhe os principais lançamentos e explica os ingredientes e diferenciais da novidade oferecida aos consumidores. A nova edição traz ainda mais uma evolução, é a primeira vez que a marca incorpora um objeto 3D a um dos drinques mais vendidos pelas 78 unidades da rede. Já é possível encontrar o novo cardápio nos restaurantes da marca, que ficam disponíveis até o mês de novembro. 

Para trabalhar itens específicos do cardápio, a Água Doce decidiu apostar no conceito de realidade aumentada. A novidade rendeu um aumento de 20% nas vendas das opções que contavam com este tipo de tecnologia. O sucesso foi tanto que a rede decidiu continuar a explorar este conceito inovador. “Os clientes tinham o costume de tirar fotos do cardápio para enviar a familiares, amigos e conhecidos. Analisando o segmento de franquias e o de alimentação, vimos que investir em inovações é uma das premissas básicas para se manter competitivo no mercado. A aceitação foi excelente, o público adorou a ideia e isso contribuiu diretamente com as vendas dos itens do cardápio que tiveram destaque por conta da realidade aumentada”, revela o diretor de franquias da Água Doce, Júlio Bertolucci.

Para desfrutar da novidade é muito simples. O cliente efetua o download do aplicativo da Água Doce. Em seguida, basta apontar o smartphone para as páginas marcadas com o selo de realidade aumentada e verá a página do cardápio se transformar em uma experiência áudio visual surpreendente. São recursos para trazer comodidade e informação fundamental aos clientes. Vamos dar um exemplo. Já pensou em poder interagir com o cardápio e ouvir uma explicação sobre os últimos lançamentos da marca? Na segunda edição, Klaus Vidrik apresenta as novidades: Galinhada Água Doce, Filé Divino (feito com filé mignon suíno) e Bolinho de Linguiça. Aos apaixonados por drinques, a Água Doce explica de uma forma bem visual e dinâmica quais ingredientes são utilizados para produção das opções do “Festival de Gin”. Os clientes podem escolher uma das três opções: Morangin, Sky e Londres.

Já a grande novidade fica por conta da incorporação de um objeto 3D em uma das caipirinhas mais vendidas em toda a rede, a Caipicerva. Assim que o consumidor entra no app da Água Doce e redireciona a câmera do smartphone para a página, é possível ver a taça quase que em tamanho real da Caipicerva. Além disso, o app permite que você tire fotos com a bebida em 3D e compartilhe com amigos. A página do prato que é o carro-chefe da marca, o Escondidinho, continua com a tecnologia de realidade aumentada. Para se ter ideia, desde a abertura da primeira Água Doce, em 1990, já foram vendidos mais de 15 milhões de escondidinhos nas 78 unidades localizadas em nove estados brasileiros.

“Devido à ótima aceitação da primeira edição do cardápio, os próprios franqueados pediram para a franqueadora dar continuidade ao projeto. É muito inspirador ver clientes de diferentes faixas etárias, até mesmo os mais velhos que não tem tanta afinidade com a tecnologia, interagindo com o nosso cardápio. Esperamos que a novidade continue atraindo mais consumidores e que haja um aumento de, ao menos, 25% nas vendas dos pratos e drinques que contam com a realidade aumentada”, finaliza o diretor de Franquias da Água Doce Sabores do Brasil.

 

Sobre a Água Doce:  - Os restaurantes da Água Doce são destino para famílias e grupos de amigos que buscam fazer de almoços, jantares, happy hours e confraternizações variadas um momento especial de entretenimento. O cardápio é extenso, repleto de delícias da culinária brasileira servidas em fartas porções e pratos. Além do extenso menu de cachaças e drinques, a casa é reconhecida pelo melhor Escondidinho do País, presente nas versões tradicional (carne de sol), camarão, frango e bacalhau. Explorando o conceito rústico, os restaurantes proporcionam espaço aconchegante aos clientes, com música ao vivo e espaço kids, mais conhecido como Doce Cantinho. Atualmente, são 78 unidades em nove estados. Além do conceito de restaurante completo, a rede lançou duas marcas com modelos mais enxutos voltados para shopping centers, centros empresariais, supermercados e locais com alta movimentação de pessoas: Água Doce Express e Rei do Escondidinho.Mais informações Água Doce Cachaçaria de Toledo – Rua Panambi, 44 – Jardim La Salle – Toledo – Telefone (45) 3379-1034

 

MA - Suspense/Terror em DVD

Sinopse: Uma mulher solteira de meia-idade faz amizade com alguns adolescentes e decide deixá-los festejar em sua casa. Mas começam a acontecer coisas que fazem os garotos questionar a intenção da anfitriã..Classificação Indicativa: 16 anos.

Mauro Picini Turismo 05/09/19

“Vamos trabalhar para trazer voos internacionais a Foz”, afirmou ministro do Turismo

Marcelo Álvaro Antônio participou de evento em Foz do Iguaçu para comemorar a conquista de voo internacional ligando as Três Fronteiras à Europa

O CEO da Globalia, Lisandro Menú-Marque, revelou que o grupo pretende ampliar suas operações no Brasil - Foto Marcos Labanca

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, participou de um evento em Foz do Iguaçu para celebrar a conquista de novos voos na região das Três Fronteiras. A recepção, na quinta-feira, 22, em um hotel na cidade, foi organizada por empresários do trade turístico e fez parte da agenda oficial do ministro.

O encontro reuniu 50 convidados, entre empresários, investidores, gestores e autoridades públicas municipais, estaduais e nacionais. A solenidade também contou com a presença de diretores da Globalia, grupo executivo da Air Europa, companhia que, desde o início de agosto, opera voos regulares entre Puerto Iguazú (Argentina) e Madri (Espanha).

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, transmitiu mensagem de otimismo, afirmando que o governo federal toma medidas para desburocratizar o setor público e busca novos investimentos para “valorizar quem quer empreender no país”. O turismo, destacou, ocupa papel central nas políticas do governo para o desenvolvimento.

De acordo com o ministro, os voos internacionais da Globalia nas Três Fronteiras, ligando a região à Europa, são um marco para o desenvolvimento do turismo. “Potencializa o número de turistas espanhóis e europeus na região, pois aqui são três países e um só destino”, apontou. “Esse grupo detém cerca de 15% de toda a conectividade entre o Brasil e a Europa e quer ampliar suas operações, o que é muito promissor”, ressaltou.

Ele lembrou que em breve, com a ampliação da pista, o Aeroporto de Foz do Iguaçu poderá receber voos internacionais. “Vamos conseguir trazer os voos internacionais para cá também. A conversa está aberta e, assim que o terminal estiver apto, vamos trabalhar para trazer esses voos para Foz do Iguaçu”, frisou.

O ministro Marcelo Álvaro Antônio disse que vai trabalhar para trazer voos internacionais para Foz após obras no aeroporto

 

Conectividade em expansão - O CEO da Globalia, Lisandro Menú-Marque, relatou um pouco da história de 60 anos do grupo espanhol, presente em mais de 20 países. Disse que o empreendimento é familiar e mantém 14 empresas com atuação em vários ramos do turismo. Ressaltou o objetivo do grupo em expandir seus negócios no Brasil e aumentar a conectividade com a Europa.

“Essa nova conectividade [Puerto Iguazú-Madri] trará afeto, trabalho, riquezas e muita alegria para os povos dos dois continentes. Somos apaixonados pela região, pelo Brasil, onde operamos já há 14 anos”, salientou Lisandro. “Temos que continuar trabalhando juntos para que esse voo internacional seja uma realidade permanente”, complementou.

Prefeito Chico Brasileiro; ministro Marcelo Álvaro Antônio; CEO da Globalia, Lisandro Menú-Marque; secretário de Turismo, Gilmar Piolla; e secretário-executivo do Ministério do Turismo, Daniel Nepomuceno

 

Benefícios para a região - O prefeito Chico Brasileiro (PSD) destacou os benefícios que o novo voo entre Puerto Iguazú e Madri trará para toda a região e elogiou os empresários do trade iguaçuense, que investem e inovam. Ele também citou a união de esforços entre os governos municipal, estadual e federal, Itaipu Binacional e setor privado para o desenvolvimento do turismo.

“Somos um destino único no mundo, integrado por Foz do Iguaçu, Puerto Iguazú e Ciudad del Este. Com o voo internacional do grupo Globalia, a região como um todo tem uma porta aberta para a Europa”, declarou o prefeito. “A conectividade aérea fortalece o turismo. Temos muito a crescer e estamos crescendo. Seremos um exemplo de desenvolvimento turístico para o Brasil e para o mundo”, completou.

Encontro em Foz reuniu 50 convidados, entre empresários, investidores, gestores e autoridades públicas municipais, estaduais e nacionais

 

Turismo em desenvolvimento - Em sua explanação, o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, falou que o voo internacional entre Puerto Iguazú e Madri fortalece o Destino Iguaçu e gera novas oportunidades para a região. Ele explicou que o aprimoramento da conectividade aérea é um dos objetivos da Gestão Integrada do Turismo.

“Estamos preparados para receber bem cada vez mais turistas do Brasil e do mundo. Trabalharemos unidos para garantir a ocupação desse voo e aumentarmos o número de frequências semanais”, enfatizou. “Temos uma diversidade de atrativos, gastronomia forte e, com investimentos na rede hoteleira, saltaremos de 32 mil para mais de 40 mil leitos. Os novos voos na região abrem novas portas para a chegada de visitantes”, concluiu.

(Grampo Comunicação. Fotos: Marcos Labanca)

O prefeito Chico Brasileiro disse que os voos internacionais para a Europa beneficiam as cidades das Três Fronteiras
Secretário de Estado da Comunicação Social e Cultura, Hudson José, ministro Marcelo Álvaro Antônio e o prefeito Chico Brasileiro

 

Azul iniciou mais dois novos voos para Foz

Cidade passa a ter 12 voos diários conectados aos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo; são mais 127 mil assentos por ano

Com os dois novos voos da Azul, Foz ganha mais 127 mil assentos por ano

A Azul Linhas Aéreas começarou a operar mais dois novos voos diários de São Paulo para Foz do Iguaçu no último domingo dia 1º de setembro. As rotas partiram do Aeroporto de Guarulhos (SP), considerado o maior do país e o mais movimentado da América Latina.

Os voos da Azul sairam da capital paulista todos os dias, a partir das 7h50, com aterrissagem em Foz do Iguaçu prevista para as 9h20; e às 12h50, que deverá chegar ao Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas perto das 14h20.

Também diários, os retornos das aeronaves para São Paulo serão às 10h10 e 15h10, chegando ao destino por volta das 11h50 e 16h50, respectivamente.  Duas aeronaves A320 Neo, com capacidade para 174 lugares cada uma, farão as operações.

De acordo com o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, agora serão 12 voos diários ligando Foz do Iguaçu aos aeroportos de Congonhas e Guarulhos. Com a ampliação da oferta, a cidade ganha mais 127 mil assentos por ano, potencializando o fluxo turístico.

“São Paulo tem o maior emissivo de turistas para o Destino Iguaçu. Paulistas são o maior número de visitantes no Parque Nacional do Iguaçu. Com esses dois novos voos da Azul, o mercado ficará mais competitivo, e esperamos que o preço das passagens aéreas diminua. Assim, teremos mais passageiros voando”, enfatizou.

Piolla destacou também que a ampliação das atividades da Azul suprirá a demanda de voos para São Paulo devido ao cancelamento das operações em Foz do Iguaçu da empresa Avianca. As novas alternativas ainda deverão ter reflexo na competitividade das tarifas.

As negociações com a Azul Linhas Aéreas começaram neste ano. Em maio, o diretor de Alianças da companhia, Marcelo Bento, reuniu-se com representantes da Gestão Integrada do Turismo de Foz do Iguaçu e confirmou a ampliação dos voos. (Grampo Comunicação)

Segundo Piolla, novos voos entre Foz e São Paulo potencializam o fluxo turístico

 

Mauro Picini Sociedade + Saúde 04/09/19

Acimacar repassa alimentos a Casa de Apoio da Uopeccan

Os 540 quilos de alimentos não perecíveis foram arrecadados na palestra com o Juiz Federal Marlos Melek, um dos autores da reforma trabalhista brasileira

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), Ricardo Leites de Oliveira, acompanhado pelo vice-presidente de Desenvolvimento Profissional, Mairus Gruber, realizaram na segunda-feira (19) a doação de alimentos para a Casa de Apoio Hospital do Câncer de Cascavel (Uopeccan).

Foram repassados para a instituição 540 quilos de alimentos não perecíveis, arrecadados como forma de ingresso à palestra promovida pela Acimacar que trouxe ao município o Juiz Federal Marlos Melek, um dos autores da reforma trabalhista brasileira. O evento, que reuniu cerca de 700 pessoas no Auditório Ecos da Liberdade, foi realizado com apoio da CooperCard.

 

A Casa de Apoio - A Casa de Apoio Hospital do Câncer de Cascavel (Uopeccan) acolhe pacientes em tratamento no hospital e seus acompanhantes que moram em outras cidades.

Além de receberem um cuidado mais humanizado na hospedagem, na Casa de Apoio, a Uopeccan fornece todas as refeições para os hóspedes, incluindo café da manhã, lanche da manhã e da tarde, almoço e jantar, disponibilizadas graças ao apoio da comunidade por meio de doações.

Para visitas, ações voluntárias, doações e apresentações, é possível entrar em contato pelo telefone (45) 2101-7110.

 

Sobre a Acimacar - A Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), com 51 anos de história, é referência pelo número de associados: 1.879. Presidida pelo arquiteto e urbanista Ricardo Leites de Oliveira, também é reconhecida pela sua liderança nas causas regionais e estaduais, além da participação em praticamente todas as demandas da comunidade. Saiba mais: www.acimacar.com.br.

 

Agosto dourado; as dores a as alegrias da amamentação

Desde que engravidei, tinha muito claro comigo o quanto queria amamentar. Li, estudei, fiz curso de gestante e me enchi de informações para tornar o momento o mais tranquilo possível

Antes do parto, conversei com o pediatra e comentei que queria ter a minha Golden Hour, que se estivesse tudo bem, que eu pudesse ter meu filho mamando em seguida ao seu nascimento. E para minha alegria, foi assim mesmo que aconteceu.Ele nasceu, pude sentir seu cheirinho, e em seguida já mamou. O mundo parou, tornando aquele momento tão mágico como deve(ria) ser!

Aí vieram os primeiros dias e a magia ficou um pouco de lado, porque amamentar não é fácil como parece ser em um comercial de TV. Demorou um tempo para ser algo prazeroso.

No hospital, tive a ajuda das enfermeiras que estavam o tempo todo ligadas, ensinando a pega correta e o apoio do braço, me mostrando como formar o bico do seio e as melhores posições para o bebê.

É muita informação em pouco tempo. E junto com ela, tem muita (auto)cobrança. Tive também a ajuda de uma consultora de amamentação, que fez a diferença para o sucesso dessa jornada. Aos poucos, tudo começou a fluir, a dor (sim, dói!) foi desaparecendo, e a amamentação se tornou nosso momento cheio de amor.

Sigo amamentando e, nesse meio tempo, já passamos por vários desafios - como o início, que é difícil para ambas as partes, as assaduras, o nascimento dos dentinhos, mascotes, confusão de bico... -, mas conseguimos superar todos eles!

Para você que deseja amamentar, fica aqui as dicas de uma mãe que já está nessa caminhada há um ano e 10 meses:

• Leia, estude, se encha de informação de qualidade: o sucesso da amamentação dependerá muito de você e da sua persistência;

• Saiba que todo e qualquer bico artificial pode levar à confusão de bicos ou desmame precoce, e isso pode ocorrer em qualquer fase da amamentação (por aqui passamos por uma confusão de bicos com 1 ano e 6 meses);

• Procure ajuda especializada e pró amamentação, esses profissionais poderão te ajudar com pega correta, e dúvidas – até sobre de ganho de peso, por exemplo;

• Beba muita água! Muita água mesmo!;

• Durma sempre e em todo momento que puder, afinal, pode ser que você tenha que se levantar algumas vezes durante a madrugada. Então, descanse sempre que possível;

• Em algumas ocasiões, seu filho vai (querer) passar o dia todo no peito. Isso realmente acontece, e não significa que seu leite é fraco!;

• Converse com outras mães que está na mesma fase que você, isso ajuda muito!

• Cuide da sua alimentação! E isso inclui tomar alguns cuidados com alguns alimentos (como deixar o feijão de molho antes do cozimento) e até evitar outros. Tudo isso para evitar possíveis cólicas no seu bebê. Por mais que isso ainda não esteja cientificamente comprovado, os médicos sempre apontam o que pode ser evitado para proteger seu filho de algumas dores inconvenientes. A melhor saída, sempre: converse com o médico: nutricionista, ginecologista obstetra e pediatra!

Com vários estudos disponíveis, está mais do que comprovado que o leite materno é o melhor alimento do mundo para os bebês. Amamentar tem sim muitas dificuldades, e esse artigo não é para criticar as mães que, por alguma razão, não conseguiram. Eu juro que entendo. Preciso mesmo é confessar que muitas vezes, cheguei a pensar em desistir.

Muitas das coisas que passamos e nos preocupamos é perfeitamente normal e não estamos sozinhas. Entender isso faz parte da irmandade materna, o mote do Materhood. Nesse momento, o que mais temos que fazer é incentivar as outras mães, oferecer suporte e aquele ombro amigo. Afinal, o objetivo maior é que mais importa: levar o ouro líquido para todos os bebês!

Hashtags: #materhood #maternidade #bebe #baby #maternidadereal #instababy #instacool #mundobaby #dicasbebe #dicascrianca

https://www.materhood.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/materhood/

Facebook: https://www.facebook.com/materhood.oficial/

 

Sobre Priscilla Kalil:

Mãe do Nicolas, autora do Materhood, o melhor lugar para as conversas de mãe, sem nenhum julgamento, Priscilla também é fisioterapeuta, esteticista, especialista em neurologia, empreendedora, CEO e instrutora de pilates no Studio KaPri. Formada há 13 anos pela Universidade Metodista de São Paulo, já viajou o mundo trabalhando com tratamentos corporais. Já morou em Perth, na Austrália, e sua volta ao Brasil há oito anos, teve um motivo: saudade da família. Esse, aliás, é um assunto que caminha de mãos dadas com o universo da maternidade, assuntos que Priscilla domina com maestria. Autora do Materhood, o melhor lugar para as conversas de mãe, sem nenhum julgamento.

 

Inscrições abertas para terceira turma do Clube de Ciências do Biopark

 Projeto existe há um ano e tem proposta inovadora no ensino de ciências para crianças

Captar a atenção das crianças para o aprendizado de um assunto nem sempre comum ao ensino regular: o estudo científico. Esse é o objetivo do Clube de Ciências do Biopark, que está com inscrições abertas. O projeto é uma oportunidade para crianças a partir dos 09 anos desmistificarem o tema e aprenderem o assunto sem mistério, de forma lúdica e divertida.

 O Clube existe desde 2018 e possui uma proposta inovadora para que os jovens cientistas tenham contato com experimentos e conteúdos nas áreas de Física, Química, Matemática, Biologia, Tecnologia e Robótica, atrelados sempre à cooperação, criatividade, inovação e pesquisa. Para a próxima turma serão apresentadas novidades, entre elas, o desenvolvimento de bioprodutos.

O trabalho que vem sendo desenvolvido tem trazido benefícios para as crianças, principalmente pelos conceitos de coletividade e multidisciplinaridade. “Minha filha Isadora teve uma experiência ímpar em sua caminhada de estudante e como pessoa. Nos dias atuais a sociedade carece desse tipo de ação, tenho certeza que produzirá bons frutos e despertará novos talentos” explica Rosicler de Cosmo Antunes Lucknert, mãe de uma das alunas que passou pelo projeto.

O curso dura aproximadamente 4 meses, com aulas nas sextas-feiras e turmas no período da manhã, 8h às 12h, e à tarde das 13h30 às 17h30, no Centro de Educação Profissional em Biociências (CEPBio), instituição de ensino ligada ao Biopark. O investimento é de R$ 250,00 mensais e a inscrição pode ser realizada no site www.cepbio.com.br. Mais informações pelos telefones ((45) 2103-5822 e 99114-8284 (WhatsApp) ou presencialmente no CEPBio - Avenida Egydio Geronymo Munaretto, S/N, Km 03, Sala 06, Cesar Park, Toledo.

 

Fumantes têm até quatro vezes mais chances de desenvolver câncer na bexiga

No Dia Nacional de Combate ao Fumo, 29 de agosto, o urologista Dr. Gustavo Cruz de Foz do Iguaçu, no Paraná, fala sobre a relação do cigarro com o Câncer de Bexiga.

Segundo informações da Sociedade Brasileira de Urologia, o câncer de bexiga é um dos tumores mais frequentes no Brasil. Ocupa o quarto lugar (10% dos casos) nos homens e o oitavo lugar (4% dos casos) na mulher sendo o segundo mais tratado pelos urologistas, perdendo apenas para o câncer de próstata. O câncer de bexiga é também o segundo tipo de câncer mais frequente do trato do urinário. Nos Estados Unidos é uma das principais causas de morte.

Conforme o Instituto Nacional do Câncer (Inca), em 2019, 9.480 mil novos casos de câncer de bexiga surgirão no Brasil, sendo 6.690 em homens e 2.790 em mulheres. Aproximadamente 6,43 casos novos a cada 100 mil pessoas, ocupando a sétima posição na lista de mortes por câncer no Brasil. No Paraná, a taxa estimada é de 8,27 para cada 100 mil homens e de 4,22 para cada 100 mil mulheres.

O câncer de bexiga tem maior incidência nos homens: acomete uma mulher a cada três homens e a incidência da neoplasia maligna aumenta conforme a idade, sendo mais frequente após os 40 anos e mais elevada após os 60 anos de idade. “O hábito de fumar é o fator de risco mais significante, pois está presente em mais de 50% dos casos de câncer de bexiga no sexo masculino e em mais de 25% entre as mulheres. Os tabagistas aumentam as chances de duas a quatro vezes de desenvolver câncer de bexiga, quando comparados aos não-fumantes”, explica o médico urologista, Dr. Gustavo Cruz, de Foz do Iguaçu, no Paraná.

Segundo dados da OMS, há cerca de um bilhão de fumantes no mundo, mas a boa notícia é que este número se manteve desde o início do século, mesmo com o aumento da população. Ou seja, proporcionalmente, o número de fumantes vem diminuindo ao longo dos anos em todo o mundo. No Brasil a estimativa é de que um a cada 4 homens é fumante, enquanto para as mulheres é de uma a cada 20 mulheres. O que equivale a 18% dos homens e 10% das mulheres do nosso país. “O tabagismo está diretamente ligado ao câncer de bexiga”, afirma o urologista dr. Gustavo Cruz, que explica: “Tanto o tabagismo, quanto a hipertensão, diabetes e colesterol elevado, por exemplo, causam danos aos vasos sanguíneos, a chamada aterosclerose que gera dano a qualquer coisa que dependa do fluxo sanguíneo, como os rins. O principal motivo que leva à insuficiência renal crônica e à hemodiálise é a nefroesclerose, da aterosclerose, que é o envelhecimento dos vasos sanguíneos, que vai matando células renais e perdendo a função. Do mesmo jeito você vai ter mal funcionamento do sistema da ereção”, complementa o especialista.

Outros fatores relacionados ao câncer de bexiga podem estar ligados às radiações ionizantes, raios-x, infecções urinárias de repetição ou presença de cateteres no trato urinário, além do uso de algumas substâncias, como: aminas aromáticas, ciclamato, sacarina, corantes, ciclofosfamidas entre outros.

 

Atenção aos sintomas! - Cerca de 70% dos pacientes com tumor de bexiga apresentam sangue na urina, como apresentação inicial do problema. Outros sintomas mais raros do câncer de bexiga são: dor lombar (“dor nas costas”), presença de massa palpável no hipogástrio (“barriga”) ou edema (“inchaço”) nos membros inferiores (coxas, pernas e pés). Em grau mais avançado, a doença pode vir acompanhada de emagrecimento entre outras manifestações.

 

Pare de fumar: -  “A rede de saúde pública dispõe de programas para quem tem vontade de fumar. Quando o uso de tabaco é interrompido, a chance de desenvolver câncer de bexiga diminui, mas a ação dos fatores cancerígenos que ficaram presentes podem perdurar no organismo por mais de dez anos”, finaliza dr. Gustavo Cruz.

 

Inscrições para Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR 2019 são prorrogadas até o dia 8 de setembro

Atletas têm até o dia 8 de setembro para se inscrever na prova dos 42km, na maratona de revezamento em duplas e na corrida dos 11,5km que ocorrem no dia 29 de setembro

Corredores de todo o Brasil e do mundo têm um fôlego a mais para participarem da Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR 2019, marcada para o dia 29 de setembro. Isso porque as inscrições para a prova dos 42km, a maratona de revezamento em duplas e a corrida dos 11,5km que se encerrariam no dia 1º de setembro foram prorrogadas e podem ser feitas até o dia 8 de setembro exclusivamente pelo site www.sescpr.com.br/maratona.

Quatro mil atletas são esperados no total divididos em diversas categorias. A largada da maratona e do revezamento (primeiro atleta) é no mirante do vertedouro da Itaipu Binacional e, da corrida dos 11,5 km é na entrada do Parque Nacional do Iguaçu, tendo um dos principais cartões postais do Paraná como cenário: as Cataratas do Iguaçu.  De acordo com o regulamento, a idade mínima para participar no revezamento e na corrida de 11,5km é 18 anos. Já na maratona individual, 20 anos de idade.

A Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR é uma iniciativa do Sesc PR, da Prefeitura de Foz do Iguaçu, com apoio do Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Foz do Iguaçu, da Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios de Foz do Iguaçu e Itaipu Binacional. O evento recebe promoção da RPC e patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Motivos para participar da Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR 2019:

Maior premiação da Região Sul: em 2019, a Maratona traz novidades nos valores das premiações, que chegam a R$ 15 mil ao primeiro colocado, R$ 10 mil ao segundo colocado, R$ 8 mil ao terceiro colocado, R$ 6 mil ao quarto colocado e R$ 4 mil ao quinto colocado no geral masculino e feminino – a maior premiação entre maratonas da Região Sul.

Ambientalmente responsável: a prova recebeu pelo terceiro ano consecutivo o certificado de carbono zero. Na edição passada da prova, foram neutralizadas quase 15 toneladas de gás carbônico produzidos, por meio de ações de sustentabilidade e plantio de 100 mudas de árvores nativas da mata Atlântica. Além disso, cada participante inscrito contará com um kit contendo uma bolsa, um chip e uma camiseta com tecido biodegradável.

Simpática e acolhedora: para maior comodidade dos inscritos, na sexta-feira (27/9) e no sábado (28/9) que antecedem a prova, o Sesc PR faz o receptivo oferecendo aos atletas transfers da rodoviária e do aeroporto até hotéis conveniados. Exclusivamente no sábado, os participantes também têm à disposição transfers entre os hotéis conveniados e a unidade do Sesc Foz do Iguaçu, onde ocorrerão a retirada dos kits, das 9h às 16h. No domingo (29/9) dia da competição também haverá transporte dos corredores dos hotéis conveniados aos locais de largada. Cada inscrito também tem acesso livre ao Parque Nacional do Iguaçu, onde está localizada uma das Sete Maravilhas da Natureza, as Cataratas do Iguaçu. Credibilidade: outra facilidade é o percurso, aferido pela Confederação Brasileira de Atletismo.

 

Serviço:

Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR 2019

Data: 29 de setembro de 2019

Inscrições: Até o dia 8 de setembro exclusivamente pelo site.

Informações para a imprensa:

Isabela Mattiolli(41) 3304-2020 | 99677-4779

[email protected]

Moda e Estilo 03/09/2019

Jayme Bernardo e Glei Tomazi apresentam a “França Imperial” na Mostra Artefacto Curitiba 2019

O espaço conta com diversas peças de Napoleão do acervo pessoal de Jayme Bernardo, uma imagem real direto da França, fotografada na sala Napoleônica do Museu do Louvre, revestida em parte do teto do espaço além da trilha sonora do ambiente que é composta por músicas clássicas francesas.

Ingrid Moskalewski, Jayme Bernardo e Jo Goslar 

Um pedacinho da França direto para a capital paranaense! Essa é a sensação de quem visita o ambiente dos arquitetos Jayme Bernardo e Glei Tomazi na Mostra Artefacto Curitiba 2019. Inspirados pela temática da arte clássica francesa, os profissionais apresentam um ambiente com experiências visuais e sonoras que faz qualquer um se sentir na França.

Denominado “França Imperial”, o ambiente de 82m² traz diversas peças de Napoleão do acervo pessoal de Jayme, que é colecionador da figura napoleônica; além de imagens reais tiradas direto da França pela fotógrafa e jornalista Ana Clara Garmendia. “Parte do teto do ambiente foi revestido com a imagem do teto da sala Napoleônica do Museu do Louvre e diversas imagens da família de Napoleão também foram fotografas e colocadas em grandes painéis nas paredes do ambiente”, explicam os arquitetos. Para explorar ainda mais a visão, um grande painel iluminado no fundo aquece o ambiente e traz o aspecto cênico para as peças expostas.   

A experiência sonora do espaço é completa com uma trilha escolhida a dedo por Jayme Bernardo composta por músicas clássicas francesas. “O som ambiente faz parte do tema e reforça a importância de um fundo musical para compor o espaço”, comenta Glei Tomazi. Para as poltronas, cores fortes como o dourado, tonalidades cinzas na parede, texturas marcadas nos tecidos e materiais quentes como metais com acabamento dourado, madeira e inox.

Entre os destaques de mobiliários estão a coluna de jantar Poiret, as poltronas Library II, revestidas no tecido dourado que remete ao tema, a mesa Corozo, o sofá Maddox, a estante Maurice, os aparadores RIO e Hayden, a cadeira Giorgio, a bandeja Ethro, a mesa de centro Eduardo e as mesas laterais Fit e Cero.

“Utilizamos muitas soluções diferenciadas para compor o espaço. Buscamos sempre um tema atípico que garanta algo exclusivo e interessante para o ambiente. Nosso perfil é combinar arte com interiores, criando um diálogo permanente entre artista e o espaço expositivo”, explicam os profissionais.

A partir de agora o espaço está aberto para visitação e pode ser visto pelo público pelos próximos três meses. A Artefacto Curitiba está localizada na Rua Comendador Araújo, 672, no Batel.

Glei Tomazzi e Jayme Bernardo

 

UM POUCO SOBRE JAYME BERNARDO - Há 37 anos, Jayme Bernardo assina projetos arquitetônicos, de interiores e mobiliário exclusivos. Em 1982 formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e, em 1983, abriu o próprio escritório na capital paranaense. Consolidou-se no mercado nacional e internacional com seu traçado contemporâneo em projetos arquitetônicos residenciais e comerciais e de interiores. Tendo a exclusividade como premissa, assina inúmeras criações por ano. Isso, graças às atualizações constantes feitas através de visitas a feiras nacionais e internacionais, livros, revistas e muitas viagens.

A atuação do escritório Jayme Bernardo Arquitetura não se limita a Curitiba. Com filial na capital de São Paulo, também atua em outras grandes cidades brasileiras como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador, Cuiabá, Campo Grande, Foz do Iguaçu e Goiânia. No mercado internacional, seu escritório é o contato brasileiro para o Studio Pininfarin, com sede em Miami, além de outros projetos em solo estadunidense. Para o mercado europeu, Paris é a capital de atuação com projeto de interiores, tudo sob o comando de Jayme Bernardo e sua equipe de mais de 30 profissionais.

Em 2011 o arquiteto lançou sua marca de mobiliário e objetos de decoração, a Jayme Bernardo Design, hoje DIEEDRO. A primeira peça inscrita em um concurso, a mesa Medusa, levou o prêmio Idea Brasil 2012. De dezembro de 2013 a março de 2014, realizou uma exposição de sua linha de design no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba.

Glei Tomazzi e Priscila Müller

 

SERVIÇO:

ENDEREÇO: Artefacto Curitiba | Rua Comendador Araújo, 672 – Batel

VISITAÇÃO: de segunda a sexta, das 10h às 19h e aos sábados, das 10h às 14h, por três meses

OUTRAS INFORMAÇÕES: www.artefacto.com.br e (41) 3111-2300

 

Núcleo de Artesanato da Acimacar marca presença na 21ª Festa das Orquídeas e do Peixe

Participação das nucleadas em feiras e exposições de outros municípios objetiva valorizar e divulgar e o trabalho das artesãs rondonenses na região Oeste

O Núcleo de Artesanato Arte e Atitude, da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), participou entre os dias 23 e 25 de agosto da Feira da Indústria, Comércio, Artesanato e Sabores, realizada durante da 21ª Festa das Orquídeas e do Peixe de Maripá.

Foram expostas para comercialização no estande do Núcleo de Artesanato diversas peças produzidas pelas artesãs rondonenses. De acordo com a coordenadora do Núcleo de Artesanato Arte e Atitude, Marcia Barella, a participação do núcleo em feiras e exposições de outros municípios tem como objetivo tornar o núcleo e as nucleadas mais conhecidos na região Oeste, a fim de divulgar e valorizar o trabalho das artesãs rondonenses. “A participação na feira de Maripá foi um sucesso, tivemos um ótimo resultado em vendas e principalmente contatos. As pessoas do município são muito acolhedoras e a infraestrutura do evento é maravilhosa. Agradeço a todos que nos visitaram e especialmente a todas as nucleadas que participaram da exposição”, diz.

Marcia comenta que o estande recebeu visitas de pessoas de diversos locais do Estado e, inclusive, da Argentina, proporcionando muitos contatos e a troca de experiência para as nucleadas. “Conhecemos muitas pessoas, tivemos conhecimento e contato de diversas feiras que acontecerão futuramente e que poderemos participar. Atingiu todas as nossas expectativas e, sem dúvida, ano que vem estaremos lá novamente”, aponta.

 

Presença confirmada - No próximo mês, o Núcleo de Artesanato já tem participação confirmada em outro evento regional: o 27º aniversário do município de Quatro Pontes, entre 12 e 15 de setembro.

 

Sobre a Acimacar - A Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), com 51 anos de história, é referência pelo número de associados: 1.879. Presidida pelo arquiteto e urbanista Ricardo Leites de Oliveira, também é reconhecida pela sua liderança nas causas regionais e estaduais, além da participação em praticamente todas as demandas da comunidade. Saiba mais: www.acimacar.com.br.

 

Fotografia: uma forma de criar arte

Já pensou na fotografia além do “momento decisivo”? Não, isso não quer dizer que descarto todos os ensinamentos clássicos do Cartier-Bresson e suas imagens incrivelmente lindas, pelo contrário, valorizo muito a possibilidade de capturar cenas da forma complexa que ele conseguia, esperando a hora certa de clicar. Mas podemos pensar nas imagens além de um registro da realidade, imprimindo de forma mais acentuada a nossa expressão pessoal.

A foto contemporânea nos mostra infinitas possibilidades de explorar nossa imaginação, e muito mais do que ser um expert em softwares de tratamento de imagem (isso é de extrema relevância), precisamos definir conceitos e trazer um pensamento mais subjetivo sobre o tema a ser registrado.

Vou exemplificar, se você deseja fotografar um tema abstrato, como a alegria, você vai buscar elementos para representar esse sentimento: uma pessoa feliz, um ambiente colorido... Precisamos usar algo palpável para passar nossas ideias, mas podemos dar o sentido que quisermos a essa matéria. Afinal, a fotografia é um recorte da realidade, não é a verdade absoluta do que foi capturado, temos a capacidade de direcionar o olhar, compor, enquadrar e clicar, deixando de fora o que não queremos mostrar, e ainda criar o clima perfeito com a finalização na pós-produção.

Podemos visualizar essa forma de expressão nas imagens da fotógrafa americana Brooke Shaden (foto que ilustra a matéria), que cria cenas imaginadas, com referências na pintura e movimentos da arte como surrealismo. A artista usa a produção de forma equilibrada, escolhe atenta as locações e objetos de cena para compor imagens únicas, cheias de significados, belas e instigantes. Vale um Google no nome dela!

Temos inúmeras imagens à nossa disposição e ao nos dedicarmos a mostrar nosso ponto de vista sobre as coisas, ainda poderemos nos destacar. A fotografia também se modifica com o tempo, como as pessoas, como o mundo, e quem consome fotografia também quer se surpreender. Temos um leque de possibilidades, podemos e devemos explorar as ferramentas disponíveis de forma criativa e com bom senso, direcionada para a área que permite esse mergulho. Mas ainda tão importante quanto na época de sua criação, precisamos pensar nas imagens que produzimos, provocar sensações, e criar com consciência e paixão.

E você, já criou arte através da sua foto?

*Charly Techio é supervisora do curso de Fotografia do Centro Europeu (www.centroeuropeu.com.br), um dos mais tradicionais do país, e atua como fotógrafa e artista visual

 

Mauro Picini Ligado em Você 31/08/19
Marcos e Jane

Ligado em você especial   7º Jantar Baile Solidário...

Ana e Rodrigo
Carmem e Feliz

A Loja Maçônica Willy Barth de Toledo, promoveu na noite de 17 de agosto, no Salão de Inverno do Olinda Hotel e Eventos, o 7º Jantar Baile Solidário. O evento serve para comemorar o Dia do Maçon (20 de Agosto) e também para servir de aporte para doação a entidades de Toledo.Neste ano as entidades beneficiados com a renda do Jantar Baile solidário foram a APAC e o Projeto Pequeno amor de Toledo. A APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados) foi representada pelo seu presidente Ramasses Mascarello e o Projeto Pequeno Amor para a UTI Neo Natal do HOESP, foi representado por Claudinei Laismann. Ambas as instituições receberam um cheque no valor de 10 mil reais.

A animação do Jantar Baile esteve a cargo da Banda Biografia. Agradecimento pelas fotos Jairo Zeni ( Revista Versôes)

Cleber e Renata
Danilo e Aline
Sandra e Ademir
Vabderlei e Elisandra

 

Galeria de Imagem