Mauro Picini
Mauro Picini Programe-se 14/12/18

Últimas reservas: descontos especiais para o Natal em Jurema Águas Quentes

Promoção é válida somente para reservas feitas nesta semana

Falta pouco menos de um mês para o Natal e quem ainda não se programou para a data tão aguardada por tantos, tem a última chance de aproveitar esse momento especial em um lugar paradisíaco com amigos e familiares. O complexo Jurema Águas Quentes está com roteiros promocionais para a data, com hospedagem no Lagos de Jurema Termas Resort, e os descontos chegam até 15%.

Com estrutura completa e sendo reconhecido como um dos principais resorts do sul do país, o destino possui 11 piscinas, sendo 10 com águas naturalmente quentes a 42 graus e uma de água fria. Além disso, o Lagos de Jurema Termas Resort conta com diversas atrações para toda família.

Para os pequenos de até 12 anos, atividades como: Circuito Radical na Ilha Perdida – circuito planejado e lúdico que passa pelas estações de arvorismo e pelas tirolesas - e Caça ao Tesouro nas trilhas do complexo, prometem animar as tardes e a Festa do Pijama e Noite do Espaguete são as pedidas para as noites da criançada. A partir dos 12 anos, os campeonatos e atividades ao ar livre, como Tirolesa Gigante e o Luau Sertanejo devem animar a garotada. Os adultos podem se divertir durante o período com as aulas de hidroginástica, campeonato de beach tennis e o tradicional Campeonato de Chopp. No Lagos de Jurema Termas Resort as atividades são pensadas para todas as pessoas, da melhor idade até a melhor idade.

Os pacotes de quatro diárias, em apartamento duplo Standard, são oferecidos a partir de 10 vezes de R$ 374,00, por pessoa. Esses valores já estão com 15% de desconto e o número de apartamentos é limitado para as reservas feitas até o final da semana.

Informações e reservas em www.juremaaguasquentes.com.br.

 

Sobre o Jurema Águas Quentes

Com águas naturalmente quentes a 42°, o Jurema Águas Quentes está localizado em uma área de 340 hectares, junto a extensas matas e rios, a menos de 50km de Campo Mourão e a 135km do Aeroporto de Maringá, ambos no Paraná.

Os 184 apartamentos que operam atualmente no Lagos de Jurema são modernos e confortáveis, integrados a uma natureza exuberante, onde a biodiversidade é mantida e respeitada. Uma filosofia de vida comprometida com a sustentabilidade, unindo espaço de conforto e descanso. Sua infraestrutura hoteleira é integrada, ainda, por um Centro de Eventos, um Anfiteatro e um Centro de SPA.

A partir de 2019, com a entrada em operação do Jardins de Jurema, a oferta hoteleira se amplia em 205 apartamentos e mais um Centro de Eventos para 1000 pessoas, além de beleza, fitness e de lazer.

 

Dicas de Filme

Christopher Robin - Um Reencontro Inesquecível - Animação/Aventura/Comédia em DVD

Sinopse: Christopher Robin (Ewan McGregor) já não é mais aquele jovem garoto que adorava embarcar em aventuras ao lado de Ursinho Pooh e outros adoráveis animais no Bosque dos 100 Acres. Agora um homem de negócios, ele cresceu e perdeu o rumo de sua vida, mas seus amigos de infância decidem entrar no mundo real para ajudá-lo a se lembrar que aquele amável e divertido menino ainda existe em algum lugar. Classificação Indicativa: Livre.

Mauro Picini Turismo 13/12/18

Contratuh celebra 30 anos de conquistas e define desafios futuros

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade, uma das maiores organizações sindicais do Brasil, realiza seminário em Foz

250 delegados sindicais, autoridades nacionais e municipais prestigiaram o evento

Em 26 de novembro de 1988, 153 representantes sindicais se reuniram em Foz do Iguaçu para criar a Contratuh (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade). Hoje, aos 30 anos, a entidade representa quatro milhões de trabalhadores, 30 federações e 450 sindicatos.

Para celebrar a trajetória que a transformou em uma das maiores organizações sindicais do Brasil, a Contratuh promoveu solenidade especial nessa segunda-feira, 26, em um hotel iguaçuense. O evento reuniu diretores, 250 delegados sindicais, parlamentares e autoridades nacionais e municipais. 

No evento, os Correios lançaram um selo comemorativo personalizado às três décadas da instituição. Uma exposição fotográfica retratou as conquistas e os protagonistas que construíram a confederação. Entre lembranças e homenagens, os desafios do futuro foram renovados. 

Durante o seminário comemorativo, foram lançadas duas publicações alusivas aos 30 anos da entidade. Um álbum de capa dura refaz a linha do tempo das atividades sindicais e em um livro são reunidos editoriais que formam uma espécie de prestação de contas sobre as conquistas e lutas.

O presidente da Contratuh, Moacyr Roberto Tesch Auersvald, lembrou as dificuldades dos primeiros anos da entidade. Ele agradeceu o trabalho de dirigentes e funcionários e destacou as parcerias com parlamentares, centrais e sindicatos nacionais e internacionais.

“A história da Contratuh se confunde com a redemocratização do Brasil e com a Constituição Federal”, afirmou Auersvald. “Participamos de todas as lutas por direitos trabalhistas e sociais e garantimos conquistas históricas para os trabalhadores em turismo e hospitalidade”, frisou.

 

Trabalho e direitos

O senador Paulo Paim (PT-RS) ressaltou que seu mandato mantém uma estreita parceria com a Contratuh. Ele citou a atuação conjunta contra as reformas trabalhista e previdenciária, a conquista da lei da gorjeta e a atual proposta da criação do Estatuto do Trabalho, para revogar a reforma trabalhista.

“A Contratuh tem uma história muito bonita, de luta, sempre combativa em defesa dos interesses dos trabalhadores”, disse Paim. “O desafio a partir de agora é unificar os trabalhadores de todas as áreas para enfrentar essa onda criada pelo mercado para retirar direitos”, apontou.

O assessor especial do Ministério do Turismo, Maurício Rasi, enfatizou o trabalho da Contratuh para o desenvolvimento do setor. Ele salientou a atuação da entidade na qualificação profissional e a participação em instâncias como o Conselho Nacional de Turismo. Rasi representou o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

“O Ministério do Turismo parabeniza a Contratuh por se manter forte e por tantas conquistas”, declarou Rasi. “Quando se fala em qualificação para os profissionais do turismo, por exemplo, não tem como não pensar na íntima relação do ministério com uma confederação dessa envergadura”, concluiu.

 

Mudanças na diretoria

Durante o evento de comemoração dos 30 anos da Contratuh, Moacyr Auersvald anunciou um remanejamento na Diretoria Executiva. A partir de 1º de janeiro do próximo ano, o presidente da instituição será o paranaense Wilson Pereira. Moacyr ocupará o cargo de vice-presidente.

Pereira garantiu que a confederação manterá as bandeiras e a sua forma de atuação. “Diálogo respeitoso com os setores empresariais e defesa intransigente dos interesses dos trabalhadores. Queremos um turismo forte, cada vez mais desenvolvido para termos empregos e melhores salários”, expôs.

 

30 anos de história

A exposição fotográfica para rememorar os 30 anos da Contratuh reuniu 300 painéis com imagens em formato ampliado. Com pesquisa e curadoria da equipe da confederação, a instalação apresenta os momentos marcantes, conquistas, movimentos e pessoas decisivas para a entidade.  Dirigente do SEEN (Sindicato dos Empregados em Edifícios de Niterói), Flávia Silva aprovou a iniciativa da Contratuh de valorizar a memória dos trabalhadores do turismo e hospitalidade. “Gostei muito da exposição. Me surpreendi com um trabalho tão detalhado de resgate da história”, contou.

 

Seminário

A programação do seminário dos 30 anos da Contratuh, de 26 a 29 de novembro, inclui reuniões da diretoria para avaliação e planejamento das ações para o próximo período. O encontro também terá palestra sobre o momento político e sindical. A defesa do Ministério do Turismo está na agenda política da confederação. (Grampo Comunicação)

Mauro Picini Sociedade + Saúde 12/12/18

Unimed Costa Oeste arrenda Hospital HCO

A diretoria da Unimed Costa Oeste anunciou nesta quarta-feira (5) que a cooperativa irá arrendar o Hospital HCO. Dentre alguns dias a administração da unidade hospitalar estará sob a responsabilidade da Unimed que já iniciou os trâmites burocráticos para a consolidação da decisão. A vigência do contrato será de dois anos, com possibilidade de prorrogação.

O diretor-presidente Dr. Hiroshi Nishitani afirmou que a deliberação foi motivada, principalmente, em prol dos clientes do convênio. “Em meio a tantas dificuldades levamos em consideração o nosso beneficiário. Por isso, para termos uma unidade que condiz com as demandas e os anseios deles, decidimos pelo arrendamento”. 

Além da Unimed, há previsão de atendimento de outros convênios da região. “Não deixaremos de encarar a unidade como um negócio e para ela ter sustentabilidade é preciso incluir outros convênios”, disse Nishitani. Porém, para SUS não há uma definição de retomada de atendimento. “Não está previsto, mas caso avaliarmos como viável, será uma questão a ser estudada”.

 

Colaboradores

A diretoria da Unimed confirmou que irá manter os postos de trabalho da atual estrutura do HCO. “Em nossa negociação consideramos a manutenção do corpo de colaboradores”, assegurou Dr. Hiroshi.

 

Estrutura

O diretor-presidente pede que a população tenha compreensão nesta fase de transição. Mas garante que as áreas já existentes serão ativadas. “Nosso foco é colocar efetivamente toda a estrutura, que operava com menos de 50% de seu potencial, em funcionamento”, garante.

Segundo ele a estrutura requer alguns reparos para que tenha condições plenas de atendimento que garantam a manutenção do padrão de qualidade já consolidado pela Unimed Costa Oeste.

 

Sobre a Unimed Costa Oeste

Preocupada com a saúde e bem-estar de seus clientes, a Unimed Costa Oeste busca a cada dia ampliar suas ações com o objetivo de proporcionar qualidade de vida a toda a comunidade. Presente há 34 anos na região Oeste do Paraná desenvolve projetos sociais para diferentes públicos, por meio do teatro, canto e encontros voltados às gestantes, idosos e hipertensos. Conheça mais sobre a Unimed Costa Oeste no site.

 

Pterígio X Catarata

Pterígio é muitas vezes confundido com a catarata

O pterígio, popularmente chamado de carne crescida, é muitas vezes confundido com a catarata. Não é incomum um paciente afirmar que operou catarata no passado, mas após um exame oftalmológico percebe-se que, na realidade, o que ele operou é o pterígio e não catarata.

O pterígio deixa geralmente o olho vermelho no canto interno, pode causar irritação e inflamar. A catarata, comumente, não altera a aparência do olho, causando apenas um embaçamento visual. Outra diferença entre as enfermidades é que a catarata atinge o cristalino (lente interna do olho), enquanto o pterígio é um problema externo. O oftalmologista do Hospital da Visão de Toledo, Gláucio Bressanim, acredita que o motivo da confusão é o desconhecimento popular acerca da doença. “Há pacientes que procuram pela operação de catarata quando na verdade estão com pterígio”, diz.

 

Causas e sintomas

As causas das duas patologias também são diferentes. “Embora a exposição ao sol sem a proteção eficaz e adequada favoreça o desenvolvimento das duas doenças, o pterígio costuma aparecer nas pessoas mais jovens, enquanto a catarata já é bem mais comum na terceira idade”, comenta o oftalmologista. No caso da catarata, o que ocorre é o envelhecimento natural do olho. “Ainda que muitas vezes seja influencia por outras doenças, como por exemplo, o diabetes, ou mesmo o uso de determinados medicamentos, como os corticóides”, completa.

Os sintomas das doenças também são diferentes. No pterígio observamos uma pele crescendo na superfície do olho, que pode causar irritação, vermelhidão, lacrimejamento e interferir na visão. Já a catarata causa um embaçamento visual que progride lentamente ao longo dos anos, como se a pessoa estivesse enxergando através de um vidro sujo.

 

Tratamento

Para tratar a catarata o paciente se submete a uma cirurgia que vai substituir o cristalino opaco por uma lente intraocular. “É um procedimento relativamente seguro, rápido e com altas taxas de sucesso”, afirma Bressanim.

No caso do pterígio, a cirurgia visa a remoção da pele que está na superfície dos olhos, porém não é obrigatória, principalmente se o quadro está estável e o paciente tem poucos sintomas. Atualmente, após a retirada do pterígio, é recomendável recobrir a região onde estava o pterígio com uma pele (conjuntiva) do próprio paciente, retirado de outro lugar do olho.

Para todos os casos, prevenir é a melhor forma de evitar os problemas de visão. “É preciso consultar um oftalmologista periodicamente, pois são nestas avaliações clínicas que é possível detectar cada doença antes que esteja em estágio avançado”, conclui Bressanim.

 

Sobre Doutor Gláucio Bressanim

Gláucio Bressanim é graduado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), onde também fez residência entre 2004 e 2007. É especialista em inflamação intraocular (Uveíte) pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) e em Retina e Vítreo pela Universidade de São Paulo (USP). Atua no Instituto da Visão de Cascavel desde 2009 e desde 2011 atende também no Hospital da Visão de Toledo.

Doutor Gláucio Bressanim

 

Conheça os efeitos do álcool na saúde sexual

Dr. Emilio Sebe Filho, urologista e fundador da clínica Lifemen®, explica os malefícios da bebida no desempenho sexual

Consumir bebida alcoólica para diminuir a timidez antes de uma relação sexual é uma tática usada por muitos homens. Porém, o que poucas pessoas sabem é que o uso do álcool pode ser positivo para desinibir, mas por outro lado pode acabar prejudicando o desempenho sexual.

Segundo o cirurgião especialista em urologia, rins, próstata e prótese, e fundador da Lifemen®, rede de clínicas que reúne serviços especializados na área de saúde sexual masculina, Dr. Emilio Sebe Filho, as bebidas alcoólicas mais atrapalham do que ajudam o homem na hora do sexo.

“Um homem completamente embriagado perde muito de sua força, energia, concentração e sensibilidade. O álcool é um potente depressor do sistema nervoso central, ou seja, quem bebe pode ficar sonolento e com os reflexos lentos. Nesse estado não é possível desenvolver uma ereção satisfatória, e ainda que consiga manter uma ereção, a baixa sensibilidade no corpo e no pênis vai atrapalhar o usufruto de uma relação realmente prazerosa”, explica o Dr. Emilio.

O álcool e muitas drogas atuam negativamente sobre a liberação de hormônios, incluindo a testosterona e a serotonina, provocando redução do apetite sexual. Se a quantidade de álcool for muito alta também poderá prejudicar o fluxo sanguíneo. “Pode ocorrer uma vasodilatação em todo o organismo, levando sangue para todas as partes do corpo, assim a quantidade de sangue nos vasos no pênis diminui, o que dificulta e não sustenta a ereção”, afirma o urologista.

“Além disso, o uso excessivo de bebidas alcoólicas pode contribuir para o surgimento de diversas doenças, como as cardiovasculares, a diabetes, a obesidade. E todas atrapalham o desempenho sexual”, alerta Dr. Emilio.

 

Sobre a Lifemen®

Fundada pelo Dr. Emílio Sebe Filho, a Lifemen® é uma rede de clínicas que reúne serviços especializados na área de saúde sexual masculina. Há 10 anos no mercado, possui nove unidades nas cidades de São Paulo, Guarulhos, Santo André, Campinas, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Rio de Janeiro e Brasília, e cerca de 120 colaboradores. Com um serviço personalizado para cada paciente, a Lifemen® conta com profissionais e tratamentos de alta qualidade, além da garantia de sigilo e privacidade.

 

O que o paciente borderline e a sua família podem esperar de um tratamento especializado

*Eliana Krambek

O tratamento do paciente borderline pode gerar muitas angústias e expectativas para ele e seus familiares. Quando procuram um atendimento especializado, em geral, já estão cansados e desacreditados que possa existir uma possível melhora, isto acontece porque vários profissionais foram consultados, sendo que alguns deles erraram no diagnóstico e no tratamento. Além disso, há também aqueles profissionais que, de forma responsável, os encaminharam por não possuírem um atendimento especializado. Os dois cenários reforçam a crença de que não há solução para estes casos, postergando assim, o sofrimento do paciente.

Promover a evolução deste paciente não é tarefa fácil, para isso é fundamental trabalhar a dinâmica dele e do ambiente familiar, visto que um influência o outro.

A família, ora está muito distante, ora numa excessiva interferência na vida uns dos outros, abusam de críticas e acusações. Nestes momentos, podem utilizar um tom de voz e palavras agressivas, o que chamamos de emoção expressa, é uma comunicação que vem “sem filtro”, se pudessem esperar a raiva passar, as palavras seriam outras e o tom também. Eles acreditam que todo o problema familiar está ligado ao transtorno e provocam o sentimento de culpa que o indivíduo não sabe como lidar.

O paciente apresenta dependência emocional e financeira da família. Ele possui um sofrimento psíquico intenso, diferente da maioria das pessoas. Há também o comportamento de boicotar todas as áreas de sua vida, fazendo com que fique estagnada.

Cronologicamente é um adulto, muitas vezes bastante inteligente, porém sente e sofre de forma muito parecida com a criança ou com um bebê. Emocionalmente, os recursos que utiliza são de uma fase muito primitiva, um funcionamento à base do “oito ou oitenta”, do amor ou do ódio, totalmente bom ou totalmente mau (Sassi; Kernberg; Gabbard). É uma forma absoluta de vivenciar o mundo, muito diferente do esperado para alguém da sua idade, que relativiza algumas verdades e entende que uma pessoa não é totalmente má ou totalmente boa, por exemplo.

Sua rede de relacionamentos normalmente está restrita à família. Possui um comportamento recorrente de isolar-se, afastar-se e ainda provocar o afastamento das pessoas, isso faz com que acabe perdendo o melhor alimento para o mundo mental e emocional, que favorece o lapidar das emoções e da personalidade. Quem fica muito sozinho, acaba emocionalmente empobrecido e pode adoecer. Como diz Sassi: “O alimento para o corpo é comida e para o mundo mental é gente”.

O primeiro ano do tratamento é o período onde acontecem o maior número de resistências e dependendo do paciente este tempo pode se estender. Apresenta muitas faltas, pode não fazer o uso correto das medicações (não toma ou ainda toma em excesso), compra medicações no “mercado negro”, etc

Ao longo do processo podem ocorrer recaídas no uso de álcool e drogas, compras abusivas no cartão de crédito, sexo desprotegido com desconhecidos, automutilações, tentativas de suicídio, dentre outros comportamentos impulsivos.

Não é tarefa fácil para este perfil dividir com o terapeuta os pensamentos e sentimentos que possui, pois é um paciente de difícil acesso. Isso ocorre em função das fantasias que tem a respeito de si mesmo e dos outros. Ele teme que o profissional e a equipe possam julgá-lo ou até mesmo abandoná-lo, como fez a maioria de seus relacionamentos. Se estas fantasias não forem trabalhadas, a terapia e o tratamento podem não acontecer.

A melhora começa quando ele encontra um lugar no qual se sente ouvido e entendido. Então, diminuem as automutilações e as tentativas de suicídio. As pequenas mudanças acontecem em “conta gotas”, alternando com as recaídas no modo “dá dois passos e volta um”.

O desenvolvimento da autonomia emocional e financeira, a conquista da confiança dos familiares e a manutenção dos laços afetivos, acontecem gradativamente ao longo dos anos como resultado das reflexões feitas nas terapias individual e familiar, e também das orientações e prescrições do médico psiquiatra.

Alguns pacientes conseguem a melhora geral na qualidade de vida em torno de seis anos de tratamento. Nos últimos tempos, para estes pacientes, temos arriscado em falar sobre cura, pois obtiveram uma mudança significativa na maneira de pensar a vida e conduzi-la, e passaram a não mais preencher os critérios para o transtorno.

Há pacientes que podem levar mais tempo para esta conquista e outros podem tornar-se crônicos, permanecendo dependentes do tratamento para sobreviverem.

Os fatores que contribuem para a melhora significativa do paciente são: uma equipe especializada que trabalhe afinada entre si e com um método específico; familiares que incentivem e participem do processo, seja através da terapia familiar ou da presença quando solicitada; e finalmente, o paciente que desde o início apresenta uma capacidade maior para falar e comparecer à terapia e no tratamento de um modo geral.

 

Sobre Eliana Krambek

Graduada em Psicologia pela UEM – Universidade Estadual de Maringá, em 1999. Possui especialização em Psicoterapia da Infância e Adolescência, pelo CESUMAR – Centro Universitário de Maringá. Especialista no Estudo do Vínculo mãe, bebê e família, pelo IPPIA – Instituto de Psicoterapia e Psiquiatria da Infância e Adolescência. Possui formação em psiquiatria e psicoterapia da Infância e Adolescência, pelo IPPIA. Psicóloga e supervisora clínica no Ambulatório Integrado de Transtorno de Personalidade e do Impulso IPq - HCFMUSP, São Paulo –SP e atende em consultório particular.

 

Referências bibliográficas

1- Gabbard, Glen O. Transtorno de Personalidade Borderline do Grupo B: Borderline, in: Psiquiatria psicodinâmica na prática clínica. 5. Ed. - Porto Alegre: Artmed, 2016.

2- Gomes, Heloisa Szymanski Ribeiro. Terapia de família. In: Psicol. cienc. prof. vol.6 no.2 Brasília, 1986.

3- Joseph, Betty. O paciente de difícil acesso (1975), in: Melanie Klein Hoje. Desenvolvimento da teoria e da técnica. v.2. Artigos predominantemente técnicos. Rio de Janeiro: Imago Ed., 1990.

4 - Minuchin, S. Famílias: Funcionamento e Tratamento. Trad. J.A. Cunha. Porto Alegre, Ed. Artes Médicas, 1982.

5 - Zito, Daniely Marin; Sassi Junior, Erlei. Psicoterapia Psicodinâmica Modificada Para Transtorno de Personalidade Borderline: O Método.

6 - personalidadeborderline.com.br

Mauro Picini Moda & Estilo 11/12/18

Alquimia única de rosas é a estrela de Love Lily, novo eau de parfum do Boticário

A nova fragrância combina a sofisticação do lírio com o exclusivo acorde Grand Rose, resultado da mistura de variedades da França, Turquia e Bulgária, no tempo que elas precisam para gerar a essência perfeita

Considerada a rainha das flores, a rosa está de volta ao papel de destaque na perfumaria, em releituras ainda mais femininas e surpreendentes. Sua riqueza olfativa é a estrela do novo eau de parfum Love Lily, do Boticário. Em uma alquimia exclusiva, a marca especialista em perfumaria traz para o lançamento uma combinação única de rosas da França, Turquia e Bulgária. A novidade chega às lojas em 5 de novembro, e com as revendedoras da marca e no e-commerce.

 Assinada pelo Master Perfumista da Casa de Fragrância Firmenich, Olivier Cresp, ganhador deste ano do Prêmio Lifetime Achievement da Fragrance Foundation, Love Lily transmite a importância do tempo para chegar ao melhor. “O tempo ideal de cada espécie de rosa traz o melhor de cada uma. E quando combinadas, elas geram a essência perfeita para essa criação”, explica o Gerente de Perfumaria do Boticário, Jean Bueno. “As rosas são colhidas de maneira especial e cada uma delas é submetida a um método específico de extração dos óleos essenciais – que se mesclam pela maturação.”

O método, explica o gerente, permite que as essências interajam e se misturem entre si de maneira natural, ao seu tempo. O resultado é o acorde exclusivo Grand Rose. Ele é combinado à mais pura essência do lírio, assinatura olfativa de toda linha Lily. Sua extração, que também valoriza a riqueza do tempo, é feita pela milenar técnica do enfleurage – processo artesanal de obtenção de óleos essenciais de flores. O detalhe dos processos, combinado a uma escolha primorosa de matérias-primas, garantem a qualidade e a ótima fixação de Love Lily na pele. 

A clássica embalagem da linha Lily ganha um moderno tom de rosa em Love Lily. A mudança fica por conta da válvula, mais prática para usar e transportar – mas que não deixa de lado o charme do frasco, inspirado nas embalagens tradicionais do início da perfumaria.

Para complementar a perfumação, O Boticário lança também o Love Lily Creme Acetinado Desodorante Hidratante Corporal – uma nova versão do creme que é um dos campeões de venda da marca. Com o mesmo perfil olfativo do eau de parfum, ele deixa a pele com textura macia e hidratada. “Muitos consumidores complementam o ritual de se perfumar com o creme acetinado. É uma alternativa ótima para quem quer se sentir ainda mais perfumada – e por mais tempo. Love Lily tem uma ótima fixação. E manter a pele hidratada é um segredinho para a fragrância fixar ainda melhor”, explica Bueno.

 

Sobre enfleurage

O enfleurage é um processo artesanal de obtenção de óleos essenciais de flores, que remete ao início da perfumaria mundial, no século XVIII. A partir de 2009, ele foi modernizado pelo Boticário para extrair o mais puro óleo essencial dos lírios – assinatura olfativa de toda linha Lily. As flores de lírio chegam ainda fechadas e desabrocham dentro da fábrica do Grupo Boticário, em São José dos Pinhais. Elas são colocadas em caixas de acrílico e cobertas com uma placa de gordura vegetal, que não toca as pétalas, mas retém todo o seu perfume. A cada dois dias, as pétalas são trocadas e, depois de cerca de duas semanas, essa gordura já saturada do perfume das flores é lavada com álcool para se obter o óleo essencial do lírio Lilium Specciosum. No passado, a técnica utilizava gordura animal. Para substituí-la, O Boticário desenvolveu uma combinação de gorduras vegetais.

 

Recicle!

Depois de usar os produtos, O Boticário convida os consumidores a retornarem as embalagens vazias por meio do seu programa de logística reversa Boti Recicla. Os coletores estão em todas as quase 4 mil lojas do país, onde os consumidores são incentivados a fazer o descarte sustentável.  As embalagens são recolhidas e doadas para as 34 cooperativas de reciclagem parceiras, localizadas em vários estados.

 

Lojistas estão otimistas para vendas de fim de ano

Faltando poucos dias para o Natal, o comércio de Toledo mostra-se otimista para o período de vendas. Com sorteios de um Ford Ka e uma Ford Ranger, a campanha ‘Natal Encantado de Toledo’, da ACIT, têm motivado os consumidores.

Com o comércio prestes a iniciar o atendimento em horário estendido, conforme acordo entre o Sindicato do Comércio Varejista e Sindicato dos Empregados no Comércio, os clientes preparam-se para as compras dos presentes de fim de ano.

Para animá-los, a cada compra nas lojas identificadas, o direito a um cupom da promoção, que terá sorteios em 13 de dezembro, próxima semana, e 10 de janeiro de 2019.

A diretora de Comércio da Acit, Francielle Rezzadori de Souza, comenta que são mais de R$ 150 mil em prêmios, enchendo os olhos dos consumidores. “Ao todo, distribuímos cerca de um milhão de cupons no comércio, ou seja, muita gente tem chance de concorrer. Com a campanha pretendemos atrair os consumidores às lojas neste fim de ano, além de fidelizar clientes de outras cidades para Toledo.”

Sobre o movimento no comércio local, ela ressalta que a melhora tem sido significativa, levando em conta as atrações do Natal 2018. “Desde já percebemos progresso nas vendas deste ano. Com atrações como a cidade iluminada, descida do Papai Noel, casa do Noel e Concurso de Vitrines e Residências, a intenção é acender o espírito natalino nas pessoas, aquecendo nosso comércio com a compra de presentes aos familiares e amigos”, conta.

Para motivar os atendentes a entregar os cupons da campanha, desta vez, os vendedores que tiverem os nomes nos cupons sorteados ganharão vale-compras de R$ 1 mil (Ford Ka) e R$ 2 mil (Ford Ranger).

Para o gestor administrativo das Lojas Kelly, Edmar Carvalho, a campanha de Natal da Acit é essencial para movimentar o comércio no período. “É uma grande oportunidade para alavancar as vendas. Estamos vendo clientes mais animados em consumir, pois o clima de incerteza está sendo deixado de lado”, comenta.

A proprietária da loja Lilian Modas, Cristiane Lilian Osco Orlando, relata que mais uma vez a Acit foi feliz na escolha dos prêmios. “Desta vez não foi diferente. Com toda certeza vai fomentar as vendas no comércio, pelos prêmios serem o sonho de consumo de qualquer pessoa. Outro ponto positivo é a valorização do vendedor, que também sairá ganhando ao fim da promoção.”

A empresária comenta que são boas as expectativas para os próximos dias. “Percebemos pessoas mais confiantes e dispostas a investir, seja no negócio, conforto e bem-estar e estamos prontos para um bom atendimento”, frisa.

Gilberto Furlan, das Lojas LM, concorda e reforça que a campanha da Acit tem toda a credibilidade merecida pela comunidade. “Eu acredito que ela possa motivar as pessoas a saírem às compras, agregando valor ao comércio de Toledo. Entre o pessimismo anterior e o otimismo que está ganhando força, essa é a oportunidade de atrair os clientes que de certa forma estavam desanimados.”

Ainda pensando no envolvimento dos lojistas e comunidade com uma das datas mais especiais do ano, a Acit, com parceria do Primato Supermercado, promoveu o Concurso de Decoração Natalina – Vitrines e Residências, que terá os nomes dos ganhadores divulgados em 18 de dezembro, com as fotos mais curtidas nas categorias, e premiação de R$ 5 mil cada. 

A campanha Natal Encantado de Toledo é uma realização da Acit, em parceria com o Sicoob Meridional, Shopping Panambi e Slaviero Veículos. 

 

Quero mudar de área. E agora?

*Por Marianna Greca

Quem não passou a adolescência ouvindo a palavra “vestibular”, talvez ainda esteja imune às várias armadilhas que o tempo revela. Se a carreira é uma delas, esse texto é para você. Afinal, o que considerar ao mudar de carreira? O dilema de muitos é que, aos 17 anos, nos deparamos com algumas decisões que nem mesmo aos 27 estamos tão certos sobre qual caminho tomar. De qualquer maneira, somos ensinados a fazer “o que gostamos”. Mas se você foi ensinado a escolher o que te agrada desde o início, você pode se perguntar: “como vim parar aqui”?

Faço parte da geração Y, um grupo orientado pela satisfação profissional, talvez acima da busca pela própria estabilidade. Quando ingressamos no mercado de trabalho, nosso perfil profissional surpreendeu as gerações anteriores e fomos celebrados pela nossa versatilidade, conectividade e senso de autonomia.

Hoje, minha visão sobre o nosso perfil é menos romântica quanto ao mercado que construímos. Tivemos - e ainda temos - um oceano de escolhas, de cursos, de carreiras, de trabalhos informais como freelancers e até de materiais gratuitos na web capazes de nos ensinar a executar qualquer habilidade que venhamos a precisar, mas isso tem consequências.

Esse mundo de possibilidades nos torna constantemente insatisfeitos e instáveis quanto ao nosso curso profissional e pessoal. Mudamos de ideia o tempo todo, porque nos foi intitulado o direito de fazê-lo sempre que conveniente. E isso nos privou de uma linha norteadora que agregaria a construção, ao invés da dispersão na qual tantas pessoas da minha geração se encontram em tantos aspectos da vida.

Podemos e devemos explorar as possibilidades de trabalho, mas temos que fazer essas experiências serem construtivas, e não ferramentas de procrastinação. Estamos deixando de construir carreiras sólidas e adquirir real consistência para as nossas vidas? Pelo contrário. Permanece o valor do trabalho com propósito, de buscar aquela carreira que realmente dialoga com nossos valores e habilidades que são só nossas. Vamos construir nossa linha norteadora a partir disso, mesmo que isso signifique buscar uma nova área de atuação.

Além do mais, a maneira como a civilização moderna está organizada faz com que estejamos trabalhando o tempo todo. Sem falar no cenário econômico brasileiro, que, para todos os efeitos, criou uma verdadeira cultura de desapego de empresas, equipes e modelos de trabalho. Então, por que não estamos trabalhando naquilo em que realmente acreditamos?

Mas dessa vez, sem pensar em vestibular. Vamos nos apropriar desse universo de informações, dessa cultura colaborativa, das nossas experiências anteriores (mesmo que em uma área distante da desejada) e construir, com autonomia, foco e objetividade, a vida que desejamos. Não porque estamos procurando algo mais legal para fazer, mas porque queremos dar à nossa força de trabalho, acima de tudo, um verdadeiro significado.

Marianna Greca é publicitária por formação e coordena a frente de Formação Complementar do Centro Europeu, uma das principais escolas de profissões do mundo

 

SPC da ACIT atenderá lojistas em horário especial

Para suporte e orientação aos lojistas, em um dos períodos mais movimentados do ano no comércio, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), da Acit, prestará atendimento em horários diferenciados durante os próximos dias.

De 10 a 14 de dezembro (segunda a sexta-feira), os atendimentos presenciais e por telefone serão das 8h às 20h. Na semana seguinte, 17 a 21 de dezembro, das 8h às 22h.

No dia 22 de dezembro (sábado), o atendimento será via plantão, no telefone (45) 98404-2546, das 9h às 18h e, no domingo, dia 23, das 10h às 17h.

Na véspera de Natal, dia 24, o suporte do plantão será das 9h às 16h, horário em que o comércio de Toledo atenderá.

Entre os dias 26 e 28 de dezembro, o serviço de SPC será regularizado, sendo realizado na Acit, das 8h às 18h, com atendimento de balcão e pelo telefone (45) 3055-4644.

Mauro Picini Ligado em Você 08/12/18

Ligado em você especial Alice Maria Hellmann...

Foi realizado a festa de aniversário para comemorar os 4 aninhos da pequena Alice Maria Hellmann, ela é filha de Rafaela Brustolin e Claudemir Hellmann. A festa contou com a presença de familiares e muitos amigos no Villa Festejo em Toledo. A linda decoração da festa ficou sob responsabilidade da dupla Jô e Keila Festas (45) 3277-3258 ou 99969-6157 com Tema “Tema Cinderela”.  Confira os belos momentos da festa na lente da Viviane Velazquez do Studio da Imagem do Shopping Panambi.

Mauro Picini Programe-se 07/12/18

Programação de Natal inicia nesta sexta-feira em Toledo

Tudo pronto para a abertura do Natal Encantado de Toledo, nesta sexta-feira (07), na Praça Willy Barth.

A programação, que inicia às 19h30 contempla apresentação da Orquestra São Gonçalo de Viola Caipira, cortejo natalino, acendimento das luzes de Natal, chegada do Papai Noel e atendimentos às crianças na casa do Noel, entre outras atrações.

O evento, que promete surpreender o público, é realizado pela Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit) e Ministério da Cultura – Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio master da Prati Donaduzzi, patrocínio da DPL Distribuidora de Peças e Ford Slaviero e apoio da Prefeitura Municipal.

A programação tem sequência no sábado (08), a partir das 19h, com a Carreata BRF, seguindo pelos bairros Grande Pioneiro, Jardim Panorama e Lago Municipal, com a participação de seis caminhões, uma carreta e vinte carros, todos iluminados.

Já na Praça Willy Barth, o Papai Noel e seus duendes permanecem de 8 a 23 de dezembro, das 19h às 22h.

 

Hotel de Foz do Iguaçu trabalha na conscientização e recuperação do meio ambiente

Vivaz Cataratas permite que os hóspedes tenham um contato mais direto com a natureza e tem isso, como uma de suas missões

O mais novo hotel de Foz do Iguaçu é conhecido e reconhecido por estar integrado a parte da Mata Atlântica, e pelo trabalho que desenvolve no meio ambiente. Com verde por todos lados, parte dele ainda mata nativa, o Vivaz adotou uma postura de promover entre seus hóspedes e colaboradores, a cultura de conhecer para preservar. Firmando assim, um compromisso constante para a recuperação de rios e da fauna e flora.

Esse processo de educação ambiental, somado as oportunidades de conhecer a floresta que integra o hotel, foi batizado de ECOVivaz. Nele, o hóspede tem cinco opções de passeios: Trilha Eco Mata Atlântica, Trilha Pomar dos Sabores, Trilha Jardim das Sensações, Trilha da Cachoeira e Trilha Água Pura. Em todas as trilhas os hóspedes têm a oportunidade de conhecer plantas medicinais, aromáticas, plantas raras e exóticas e até mesmo encontrar pequenos animais, além de saborear frutas orgânicas colhidas na hora, obviamente, respeitando os períodos de produção.

De nada adiantaria ter de presente rios e florestas e não ter o cuidado de mantê-los preservados. Para isso, o hotel adotou medidas específicas para preservação. Um exemplo, é o moderno sistema de tratamento de águas residuais. Que devolve a água após ser usada, para o meio ambiente sem qualquer poluente, e ainda é reutilizada para a irrigação do pomar.

A água que sobra após o tratamento biológico já existente, passa pela Estação Complementar de Tratamento de Efluente. Tudo começa com o tratamento químico, onde são acrescentados produtos corretivos e coagulantes, que vão direto para o reator químico, onde ocorre a decantação dos sólidos e a clarificação da água. Depois de filtrada, essa água recebe a desinfecção e assim, está pronta para retornar ao rio.

 

Pequenos passos

Para respeitar e preservar a natureza, nem sempre são necessários grandes investimentos. Na maioria das vezes, pequenas atitudes, como por exemplo a substituição dos canudos convencionais – que levam 450 anos para se decompor -  por canudos biodegradáveis, já são toneladas de plástico que deixam de contaminar a natureza e provocar a morte de tantos animais.

 

Crescendo

Todo esse processo e cuidado, vem ampliando a visão de cuidado com a natureza e até mesmo os benefícios de uma convivência equilibrada. Essa semana, o projeto literalmente deu frutos. Acompanhadas do engenheiro agrônomo, Roberto Brugnera, responsável pela implantação do projeto, algumas crianças foram convidadas para percorrer a trilha e realizar uma colheita na horta do Vivaz.

Alface, beterraba, berinjela, pepino, repolhos, salsinha e cebolinha, foram algumas das hortaliças que as crianças puderam retirar diretamente da terra, frutos de um trabalho que vem crescendo, que não quer só levar a uma alimentação saudável aos visitantes do Vivaz, mas também apresentar aos pequenos, frutas e verduras que podem ser cultivas em pequenos e grandes espaços.

“Algumas crianças que visitam Foz do Iguaçu são de cidades grandes e, muitas vezes, nunca tiveram a oportunidade de ver in natura aquilo que chega à mesa. Aqui nós apresentamos as frutas e verduras, convidamos eles à colher e ainda ensinamos a plantar. Em toda a área do hotel, temos 45 árvores frutíferas, somente no pomar são 25, então é uma excelente oportunidade para que essa nova geração conheça um pouco do que é saudável para nossa alimentação”, comenta Roberto Brugnera.

 

Vivaz Cataratas Hotel Resort

www.vivazcataratas.com.br

Av. das Cataratas, 6798 – Foz do Iguaçu – Paraná

Telefone: +55 (45) 3529-8200 | WhatsApp +55 (45) 99836-0304

[email protected]

 

Dicas de Filme

Alfa – Líderes nascem da Sobrevivência - Suspense em DVD & Blu-Ray

Sinopse: “Alfa” é uma aventura épica ambientada no final da Era do Gelo. Durante sua primeira caçada com o grupo de elite de sua tribo, um jovem se fere, é considerado morto e deixado para trás. Ao despertar, ele está desolado e sozinho e precisa aprender a sobreviver e a interagir com a impiedosa e dura vida na natureza. Ele reluta, mas doméstica um lobo solitário que havia sido abandonado por sua alcateia, e os dois aprendem a confiar um no outro e se transformam em insólitos aliados, enfrentando inúmeros perigos e imensas dificuldades para encontrar o caminho de casa antes que o terrível inverno os alcance. Classificação Indicativa: 10 anos.

Mauro Picini Turismo 06/12/18

Operadora de turismo com sede em Foz do Iguaçu, ficou entre as 5 melhores de todo o país

FRT Operadora é premiada na 13° edição do Troféu Infinito de 2018

A Brocker Turismo premiou no dia 09 de novembro, empresas do trade turístico que mais comercializaram o destino Serra Gaúcha. Nessa 13° edição, o Troféu Infinito foi realizado no mais novo Centro de Eventos do espaço Vila Berti em Gramado.

O Troféu Infinito evidencia a grande responsabilidade que a empresa tem ao unir pessoas e empresários que movimentavam a cadeia turística regional. Segundo a diretora geral do Grupo Brocker, Adriane Brocker Boeira, essa edição foi única. “Este ano foi especial, pois além de reunir nossos clientes, amigos e equipes, convidamos os parceiros locais, parques, lojas e atrativos turísticos para que pudessem prestigiar e visualizar a dimensão do trabalho feito pela Brocker por todo o país”, completa.

A FRT Operadora foi premiada na categoria “Operadora TOP 10 Brasil” ficando entre as 5 melhores operadoras que mais venderam o destino da Serra Gaúcha nos últimos 12 meses, selecionadas a partir do volume de vendas por passageiros e por faturamento de serviços.

A premiação foi recebida pelo Gestor de Produtos e Negócios Fábio Timotheo, que comenta como se sentiu sobre o evento “Me sinto honrado em participar e de receber esse prêmio.

Além de ser um evento fantástico, a noite de premiação é muito bem elaborada e a forma como eles nos recebem com muitas novidades, é muito gratificante.

Esse ano eles até nos ensinaram a fazer uma receita típica da Serra Gaúcha, a cuca caseira”. Fábio destaca também a importância de o evento ser uma oportunidade de networking de mercado

“Nessa troca de experiência, nós aprendemos muito e ganhamos conhecimento pessoal e profissional também”, complementa. Essa é a 4° edição que a FRT Operadora é premiada no Troféu Infinito (Assessoria de Imprensa Olé Comunicação).

 

SERVIÇO

FRT Operadora de Turismo

Matriz Foz do Iguaçu

+55 (45) 3521-8500

[email protected]

Av. Brasil, 1345 – Centro

Edifício Mario da Rosa - 4º Andar - Sala 301 a 305

 

Hotel em antigo castelo medieval na Toscana oferece descontos para início da temporada de 2019

Laticastelli Country Relais abre no dia 11 de abril com promoções de até 20%

Planejando férias para a Toscana? Este é o período ideal para fechar a tão sonhada viagem para o destino italiano, já que muitos hotéis têm preços especiais para o início de 2019. É o caso do Laticastelli Country Relais, quatro estrelas construído sobre as ruínas de um castelo medieval, na comuna de Rapolano Terme, que inicia mais uma temporada no dia 11 de abril.

 Ao fechar hospedagem entre os meses de abril e maio é aplicado um desconto de 20% no valor total. A promoção também vale para o fim do ano, entre outubro e novembro. Além disso, as ofertas habituais de 10% de desconto nas estadas de quatro ou cinco noites e 15% para as a partir de seis noites, durante o ano todo, ainda estão válidas.

As diárias, em acomodações duplas, custam a partir de € 195 no Apartamento Standard, € 225 no Apartamento Superior, com espaço exclusivo para leitura, € 280 na Junior Suite, com quarto e sala, e € 300 no Apartamento Garden, com sala e vista espetacular para os jardins da propriedade. Todas incluem café da manhã e estacionamento. Ainda, as famílias podem solicitar berço sem custo extra.

A vizinhança do Laticastelli é de uma beleza natural inesquecível, com sucessão de colinas, vinhedos, olivais e campos abertos. O hotel ainda fica próximo de províncias como Florença, Siena, Volterra, Pisa, Pienza, Assis, Arezzo, Lucca e Montepulciano, com variedade de passeios. Consulte opções de transfers na recepção.

Mais informações podem ser obtidas clicando aqui ou com os principais operadores e agências de turismo.

 

Sobre o Hotel Laticastelli

Originalmente um castelo construído no começo do século XIII, o Laticastelli Country Relais foi parte de uma série de fortalezas remotas que protegiam o sul de Siena. Após ser reconstruído e transformado em hotel, agora conta com 33 confortáveis suítes equipadas com ar condicionado, frigobar, aparelho de DVD, internet Wi-Fi e telefone. A mobília rústica de origem camponesa se mistura com portas e janelas antigas e muros de pedra, que contrastam com suas modernas acomodações. O hotel foi reconhecido pela sétima temporada consecutiva com o Certificado de Excelência 2017 do site TripAdvisor, uma das referências mais importantes de avaliação de serviços turísticos.

 

POD premia melhores práticas de inovação do Oeste

O Programa Oeste em Desenvolvimento (POD) premiou as nove iniciativas que contribuíram para o fomento da ciência e da tecnologia na região nos últimos dois anos, dentro do Prêmio Inova Oeste. 

A entrega das certificações ocorreu nessa quinta-feira (29), durante o 5º Fórum de Desenvolvimento Econômico do Território Oeste do Paraná, realizada no Parque Científico e Tecnológico de Biociências (Biopark), em Toledo.

A cerimônia contou com cerca de 300 lideranças do Oeste do Paraná. Entre elas, o presidente do POD, Danilo Vendruscolo; o vice-presidente o programa, Elias Zydek e o secretário de Agricultura e Abastecimento do Paraná, George Hiraiwa. A Itaipu Binacional foi representada pelo diretor de Coordenação, Newton Kaminski e pelo assistente da Diretoria Geral, Tércio Albuquerque.

 

Prêmio

Os prêmios foram concedidos em três modalidade: Inovação em Produto, Inovação em Processos e em Práticas Inovadoras Organizacionais.

O projeto Bras Cloud foi o primeiro colocado na categoria Inovação e Produtos entre as Micro e Pequenas Empresas e Statups, seguido da Granex e Bio Sano.

Entre as médias e grandes, os melhores foram: Comercialização de ovos em estojo contendo 18 unidades, da Cooperativa Lar; Linha Friminho de produtos cárneos e lácteos infanto-juvenis da Frimesa e Desenvolvimento de linha de empanados em embalagens de 700g, da Lar.

Dentro de Inovação e Processos, os vencedores entre as pequenas empresas foram: Manipulador multipropósito controlado automaticamente: um robô industrial, da empresa Schumacher; Blocos de fibra produzidos a partir dos rejeitos da produção de peças, também da Schumacher e Processo de prospecção tecnológica com foco no desenvolvimento e aprimoramento de tecnologias, da Defere.

Entre as médias, as melhores práticas foram das empresas Cooperativa Lar e Hotel Wish Foz.

Na categoria Inovação em Processos e em Práticas Inovadoras Organizacionais nas instituições de ensino, o escolhido foi o Núcleo de Excelência em Empreendedorismo e Inovação (NEEI), da PUC Paraná.

O Prêmio Inova Oeste recebeu ao todo 37 inscrições.

 

Desafio

Também foram divulgados os nomes das instituições que receberão até R$ 100 mil para desenvolver projetos na área de sanidade agropecuário e meio ambiente. São elas: Associação Internacional União das Américas; Aquaponics Lab; Vita-Acquavitalle; Aquaponia Orgânica Foz; Universidade Estadual do Oeste do Paraná e Lumar Centrais de Gás.

 

Conquistas

O Fórum também foi um momento para os representantes do POD apresentarem as conquistas do último ano e debater com a comunidade as demandas para os próximos.

O presidente do Programa, Danilo Vendruscolo, citou conquistas em diversas áreas como sanidade animal, infraestrutura e logística, energia entre outros.

Uma delas foi a antecipação do cronograma para a obtenção do título de área livre aftosa a partir de maio 2019 e a criação do Conselho de Sanidade Agropecuária do Oeste do Paraná (CSA). Também a criação da personalidade jurídica do programa, que desde outubro é uma Associação sem fins lucrativos.

A articulação junto ao Governo do Estado na isenção de ICMS para a geração de energias alternativas até 1 megawatt foi outra demanda alcançada pelo Programa no último ano.

Outro ganho do POD foi Implantação do Portal de Compras Territoriais, como ferramenta de apoio na participação dos pequenos negócios locais como fornecedores.

 

Oeste em Desenvolvimento

Lançado em 2014, o Programa Oeste em Desenvolvimento é uma iniciativa que reúne mais de 60 instituições públicas e privadas como a Itaipu Binacional, o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), o Sebrae/PR, o Sistema Cooperativo, a Caciopar, a Amop, a Emater, a Fiep, além de cooperativas e instituições de ensino superior.

O objetivo é promover o desenvolvimento econômico sustentável dos 54 munícipios do oeste do Paraná por meio de ações integradas e com foco nas potencialidades regionais.

Toda a ação tem como base as sete cadeias produtivas do território, também chamadas de exportadoras, pois recebem recursos e investimentos de outras regiões brasileiras e até do exterior. São elas: Cadeia de Frango, Cadeia do Leite, Cadeia de Suíno, Cadeia de Pescado, Cadeia de Grãos, Industria Metalmecânica e Turismo.

Mauro Picini Sociedade + Saúde 05/12/18

Prati-Donaduzzi marcou presença na XVII Semana Brasileira do Aparelho Digestivo

Mais de 500 pessoas puderam conhecer mais sobre o produto

A indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi participou de 17 a 20 de novembro da XVII Semana Brasileira do Aparelho Digestivo - SBAD, que aconteceu no Transamérica Expo Center, em São Paulo. O evento é considerado o maior da área de Gastroenterologia da América Latina.

A empresa foi patrocinadora de um simpósio satélite com o tema ‘intolerância à lactose e as novas tecnologias existentes para o tratamento’ ministrado pelo Dr. Paulo Carvalho e pela Dra. Nayara Salgado Carvalho. O momento também serviu para que a classe médica presente pudesse conhecer o Sensilatte, produto que a farmacêutica produz voltado para intolerantes à lactose.

O Sensilatte auxilia na digestão da lactose presente nos alimentos. Os comprimidos possuem tecnologia orodispersível patenteada que dissolve na boca sem a necessidade de ingestão da água. O produto conta as opções sem sabor e baunilha. Além disso, o blister fracionado permite que o paciente destaque e leve consigo a quantidade necessária. O Gerente de Marketing da Prati-Donaduzzi, Lucas Angnes, destaca os benefícios da participação no evento. “O congresso foi muito importante para nós, pois permitiu a divulgação do Sensilatte para prescritores do produto. E marcou o início da nossa atuação junto a classe médica”.

 

Sobre a Prati-Donaduzzi

A Prati-Donaduzzi, indústria farmacêutica especializada no desenvolvimento e produção de medicamentos genéricos e similares, é a primeira no país a comercializar os medicamentos fracionáveis. Com sede em Toledo, oeste do Paraná, tem mais de 4,5 mil colaboradores e possui um dos maiores portfólios de medicamentos genéricos do Brasil. Produz, em média, 12 bilhões de doses terapêuticas por ano.

 

Primavera eleva a incidência de conjuntivite alérgica

O pólen disperso pelo vento é o principal fator

Uma das doenças mais populares que afetam os olhos é a conjuntivite. Ela pode ter origem infecciosa ou alérgica. A primavera, apesar de ser uma estação colorida, também é o período da manifestação mais comum da conjuntivite alérgica. Chamada de primaveril ou febre do feno, é causada principalmente pelo pólen das flores disperso no ar.

Geralmente, a doença apresenta-se com coceira e vermelhidão ocular e o tratamento é feito com auxílio médico, resolvendo-se em dias ou poucas semanas. De acordo com o oftalmologista do Hospital da Visão de Toledo (HVT), Gláucio Bressanim, a conjuntivite alérgica acomete pessoas predispostas, geralmente portadoras de outros tipos de alergias, como rinite ou mesmo asma. “Na primavera, o número de casos aumenta devido ao tempo seco e a presença do pólen das flores”, explana. Os ácaros, a poluição, pêlos de animais, dentre outros agentes podem ser os responsáveis pelo aparecimento da doença.

No caso da conjuntivite infecciosa, é causada principalmente por vírus e bactérias. “Nestes casos, a conjuntivite é contagiosa e pode ser transmitida pelo contato direto com as mãos, com a secreção ou com objetos contaminados”, ressalta Bressanim. Segundo o oftalmologista, as crianças são as que mais sofrem com a doença. “Os pequenos têm o hábito de esfregar os olhos. Com a mão contaminada, a propagação de da doença é maior”, explica.

 

Sintomas

Os principais sintomas da conjuntivite alérgica são vermelhidão, coceira e lacrimejamento dos olhos. “Nos casos infecciosos, é comum o aparecimento de secreção, com sensação de areia e os olhos amanhecerem grudados. Pode também aparecerem gânglios inchados próximos à entrada dos ouvidos”, comenta Dr. Gláucio Bressanim. Para quem usa lentes de contato, a orientação é interromper o uso enquanto estiver afetado pela doença.

 

Cuidados

Dr. Gláucio Bressanim orienta as pessoas a, de uma maneira geral, manterem as mãos limpas e evitarem esfregarem os olhos. “Especificamente no conjuntivite alérgica, é fundamental que os ambientes estejam limpos e arejados, evitar tapetes, carpetes, cortinas e bichos de pelúcia no mesmo ambiente das pessoas acometidas, além de uma troca freqüente das roupas de cama e até mesmo expor o colchão à luz solar”, conclui o oftalmologista.

 

Sobre Doutor Gláucio Bressanim

Gláucio Bressanim é graduado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), onde também fez residência entre 2004 e 2007. É especialista em inflamação intraocular (Uveíte) pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) e em Retina e Vítreo pela Universidade de São Paulo (USP). Atua no Instituto da Visão de Cascavel desde 2009 e desde 2011 atende também no Hospital da Visão de Toledo.

Doutor Gláucio Bressanim

 

Novembro Azul: câncer não é único inimigo da próstata; especialistas alertam para outras doenças

Além da prevenção ao câncer de próstata, campanha quer incentivar os cuidados com a saúde e a prevenção de doenças com a incontinência urinária que atinge 10 milhões de brasileiros

A Campanha Novembro Azul foi criada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o objetivo de incentivar o cuidado masculino com a saúde, levando-se em consideração as doenças mais comuns nos homens, que acometem a próstata: hiperplasia benigna prostática (HBP), câncer de próstata e a prostatite.

Mas não são só essas doenças que devem preocupar os homens e por isso, a campanha reforça a importância das consultas periódicas ao urologista e dos exames preventivos.

 

Incontinência urinária: atenção ao funcionamento da bexiga

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), a incontinência urinária atinge 10 milhões de brasileiros de todas as idades, mas principalmente a população idosa. A incontinência urinária acomete cerca de 50% dos homens que passam por uma cirurgia de câncer de próstata, pois o procedimento pode afetar o esfíncter - músculo que controla o fluxo da urina.

A incontinência é considerada o “câncer social”,  por dificultar a vida social e sexual do paciente.  Além do medo de deixar a urina escapar no parceiro ou de expor o uso de fraldas, o odor da urina torna algumas pessoas constrangidas em manter uma vida sexual ativa.

“A avaliação de um urologista é fundamental para a prevenção da incontinência urinária. Com uma boa avaliação do sistema urinário é possível escolher um tratamento acertado e prematuro, que pode prevenir danos maiores ao paciente no futuro e evitar doenças de bexiga como cistite ou câncer de bexiga”, afirma o urologista Clayton Bellei, da rede Unimed Volta Redonda.

O urologista explica que existem tratamentos específicos para cada tipo de incontinência - desde fisioterapia de reabilitação do assoalho pélvico, tratamentos medicamentosos, ou tratamentos cirúrgicos. No Brasil, existem duas cirurgias disponíveis: implantação de Sling, que funciona como uma tipóia, que sustenta o canal da urina ou implantação de um esfíncter artificial, que é um pequeno anel em volta da uretra, totalmente contido no corpo e imperceptível, que passa a ser o responsável pelo controle da urina.

 

Cuidados com os pets para evitar a ingestão de plantas nocivas com a chegada da primavera

*Por René Rodrigues Junior

A estação mais florida do ano começou e, com ela, além das cores e das temperaturas mais altas, chega também um cuidado extra com o seu animalzinho de estimação. Isso porque os jardins começam a brotar variedades e, curiosos, muitos pets querem ver de perto o que está acontecendo e acabam ingerindo folhas e plantas que podem não fazer bem.

Para uma boa convivência entre um jardim bem cultivado e animais de estimação - sem sustos e sem visitas imprevistas ao veterinário - é preciso dar uma atenção especial ao comportamento do seu pet para que, se necessário, algumas adaptações sejam feitas. Animais são, por característica comum, curiosos e sempre estão cheirando e conhecendo as novidades da casa e dos caminhos por onde passeiam. Isso é natural. No entanto, se apresentarem, por exemplo, mal-estar, acabam ingerindo plantas para aliviar o desconforto.

Se o animal estiver com problemas como gastrite ou indigestão, por exemplo, ele vai procurar, de forma instintiva, folhas que aliviem esse mal-estar. Algumas plantas também podem provocar alergias, mesmo sem a ingestão. Basta o contato físico e, animais com pele mais sensível, podem apresentar coceiras, inchaços e vermelhidão. A melhor forma de prevenir, sem precisar se desfazer delas, é coloca-las em vasos mais altos, longe do acesso dos pets.

Os cuidados precisam ser tomados não só dentro de casa, mas também no caminho do passeio diário. Algumas plantas mais tóxicas, como açafrão de outono, azaleia, beladona, bico-de-papagaio, comigo-ninguém-pode, copo-de-leite, hortênsias, lírios, mamonas e tulipas são comuns também em jardins de rua e podem provocar complicações cardiovasculares, paralisia, coceira, irritação, asfixia, dores abdominais, vômitos, entre outros problemas, inclusive, a morte.

Mas não há porque se desesperar: tudo é questão de atenção e cuidado. Algumas plantas são totalmente atóxicas para os animais de estimação e podem ser cultivadas sem problemas. É o caso da grama natural, da erva-cidreira, da camomila, da erva do gato, do milheto, do azevém, do manjericão e da hortelã. Estas duas últimas, inclusive, funcionam também como repelentes naturais de insetos, evitando que seu animalzinho seja picado e tenha quadros alérgicos.

Em caso de ingestão de alguma planta desconhecida, procure imediatamente auxílio veterinário. Não force o vômito do animal, porque, essa ação pode agravar o caso e provocar também fissuras na garganta do bichinho.  Mantendo a atenção e o amor de sempre nos cuidados com os animais de estimação, a convivência com a primavera será feliz e cheia de passeios que eles adoram.

* René Rodrigues Junior é médico veterinário da Magnus, fabricante de alimentos para cães e gatos.

 

O que o paciente borderline e a sua família podem esperar de um tratamento especializado

*Eliana Krambek

O tratamento do paciente borderline pode gerar muitas angústias e expectativas para ele e seus familiares. Quando procuram um atendimento especializado, em geral, já estão cansados e desacreditados que possa existir uma possível melhora, isto acontece porque vários profissionais foram consultados, sendo que alguns deles erraram no diagnóstico e no tratamento. Além disso, há também aqueles profissionais que, de forma responsável, os encaminharam por não possuírem um atendimento especializado. Os dois cenários reforçam a crença de que não há solução para estes casos, postergando assim, o sofrimento do paciente.

Promover a evolução deste paciente não é tarefa fácil, para isso é fundamental trabalhar a dinâmica dele e do ambiente familiar, visto que um influencia o outro.

A família, ora está muito distante, ora numa excessiva interferência na vida uns dos outros, abusam de críticas e acusações. Nestes momentos, podem utilizar um tom de voz e palavras agressivas, o que chamamos de emoção expressa, é uma comunicação que vem “sem filtro”, se pudessem esperar a raiva passar, as palavras seriam outras e o tom também. Eles acreditam que todo o problema familiar está ligado ao transtorno e provocam o sentimento de culpa que o indivíduo não sabe como lidar.

O paciente apresenta dependência emocional e financeira da família. Ele possui um sofrimento psíquico intenso, diferente da maioria das pessoas. Há também o comportamento de boicotar todas as áreas de sua vida, fazendo com que fique estagnada.

Cronologicamente é um adulto, muitas vezes bastante inteligente, porém sente e sofre de forma muito parecida com a criança ou com um bebê. Emocionalmente, os recursos que utiliza são de uma fase muito primitiva, um funcionamento à base do “oito ou oitenta”, do amor ou do ódio, totalmente bom ou totalmente mau (Sassi; Kernberg; Gabbard)). É uma forma absoluta de vivenciar o mundo, muito diferente do esperado para alguém da sua idade, que relativiza algumas verdades e entende que uma pessoa não é totalmente má ou totalmente boa, por exemplo.

Sua rede de relacionamentos normalmente está restrita à família. Possui um comportamento recorrente de isolar-se, afastar-se e ainda provocar o afastamento das pessoas, isso faz com que acabe perdendo o melhor alimento para o mundo mental e emocional, que favorece o lapidar das emoções e da personalidade. Quem fica muito sozinho, acaba emocionalmente empobrecido e pode adoecer. Como diz Sassi: “O alimento para o corpo é comida e para o mundo mental é gente”.

O primeiro ano do tratamento é o período onde acontecem o maior número de resistências e dependendo do paciente este tempo pode se estender. Apresenta muitas faltas, pode não fazer o uso correto das medicações (não toma ou ainda toma em excesso), compra medicações no “mercado negro”, etc

Ao longo do processo podem ocorrer recaídas no uso de álcool e drogas, compras abusivas no cartão de crédito, sexo desprotegido com desconhecidos, automutilações, tentativas de suicídio, dentre outros comportamentos impulsivos.

Não é tarefa fácil para este perfil dividir com o terapeuta os pensamentos e sentimentos que possui, pois é um paciente de difícil acesso. Isso ocorre em função das fantasias que tem a respeito de si mesmo e dos outros. Ele teme que o profissional e a equipe possam julgá-lo ou até mesmo abandoná-lo, como fez a maioria de seus relacionamentos. Se estas fantasias não forem trabalhadas, a terapia e o tratamento podem não acontecer.

A melhora começa quando ele encontra um lugar no qual se sente ouvido e entendido. Então, diminuem as automutilações e as tentativas de suicídio. As pequenas mudanças acontecem em “conta gotas”, alternando com as recaídas no modo “dá dois passos e volta um”.

O desenvolvimento da autonomia emocional e financeira, a conquista da confiança dos familiares e a manutenção dos laços afetivos, acontecem gradativamente ao longo dos anos como resultado das reflexões feitas nas terapias individual e familiar, e também das orientações e prescrições do médico psiquiatra.

Alguns pacientes conseguem a melhora geral na qualidade de vida em torno de seis anos de tratamento. Nos últimos tempos, para estes pacientes, temos arriscado em falar sobre cura, pois obtiveram uma mudança significativa na maneira de pensar a vida e conduzi-la, e passaram a não mais preencher os critérios para o transtorno.

Há pacientes que podem levar mais tempo para esta conquista e outros podem tornar-se crônicos, permanecendo dependentes do tratamento para sobreviverem.

Os fatores que contribuem para a melhora significativa do paciente são: uma equipe especializada que trabalhe afinada entre si e com um método específico; familiares que incentivem e participem do processo, seja através da terapia familiar ou da presença quando solicitada; e finalmente, o paciente que desde o início apresenta uma capacidade maior para falar e comparecer à terapia e no tratamento de um modo geral.

 

Sobre Eliana Krambek

Graduada em Psicologia pela UEM – Universidade Estadual de Maringá, em 1999. Possui especialização em Psicoterapia da Infância e Adolescência, pelo CESUMAR – Centro Universitário de Maringá. Especialista no Estudo do Vínculo mãe, bebê e família, pelo IPPIA – Instituto de Psicoterapia e Psiquiatria da Infância e Adolescência. Possui formação em psiquiatria e psicoterapia da Infância e Adolescência, pelo IPPIA. Psicóloga e supervisora clínica no Ambulatório Integrado de Transtorno de Personalidade e do Impulso IPq - HCFMUSP, São Paulo –SP e atende em consultório particular.

 

Referências bibliográficas

1- Gabbard, Glen O. Transtorno de Personalidade Borderline do Grupo B: Borderline, in: Psiquiatria psicodinâmica na prática clínica. 5. Ed. - Porto Alegre: Artmed, 2016.

2- Gomes, Heloisa Szymanski Ribeiro. Terapia de família. In: Psicol. cienc. prof. vol.6 no.2 Brasília, 1986.

3- Joseph, Betty. O paciente de difícil acesso (1975), in: Melanie Klein Hoje. Desenvolvimento da teoria e da técnica. v.2. Artigos predominantemente técnicos. Rio de Janeiro: Imago Ed., 1990.

4 - Minuchin, S. Famílias: Funcionamento e Tratamento. Trad. J.A. Cunha. Porto Alegre, Ed. Artes Médicas, 1982.

5 - Zito, Daniely Marin; Sassi Junior, Erlei. Psicoterapia Psicodinâmica Modificada Para Transtorno de Personalidade Borderline: O Método.

6 - personalidadeborderline.com.br/

Mauro Picini Moda & Estilo 04/12/18

Seis características dos profissionais de sucesso

Além da formação técnica, as empresas buscam qualidades no comportamento de seus funcionários; confira as dicas de especialista em RH

Se até o início dos anos 2000 as empresas valorizavam obediência e disciplina acima de tudo, hoje, o perfil do funcionário modelo mudou. Pessoas autônomas, empreendedoras e que se colocam como parceiras da organização são as que mais se destacam no ambiente de trabalho atualmente. É o que explica a psicóloga e professora de Recursos Humanos do Centro Universitário Internacional Uninter, Ana Paula Escorsin.

“As competências requeridas pelo mercado, que antes eram mais técnicas, atualmente voltam-se para aspectos comportamentais”, explica a professora. Para se adequar a essa nova realidade, Ana Paula defende que é preciso ter clareza do que queremos para as nossas vidas e onde pretendemos chegar. Então, é preciso fazer uma autoavaliação, pontuando quais são nossos pontos fortes e desvendando aqueles que necessitamos desenvolver.

Os processos de coaching e psicoterapia podem auxiliar no processo. “Mas, ressaltando, é a pessoa que precisa querer identificar e desenvolver as suas competências”, pontua.

Mesmo assim, o conhecimento técnico continua importante e a formação acadêmica é cada vez mais valorizada pelo mercado de trabalho – sempre atrelados às habilidades interpessoais. “Para fazer uma boa formação, a pessoa deve analisar com qual área mais se identifica, traçar estratégias para levar em frente os estudos”, diz.

Algumas qualidades são importantes para qualquer profissional, independentemente da carreira escolhida. A professora escolheu seis para explanar:

 

1. Resiliência

“É a capacidade de lidar com adversidades, superar obstáculos de forma criativa, compreender as pressões e problemas, para então agir de forma positiva, administrando conflitos psicológicos e emocionais”.

 

2. Trabalho em equipe

“É a capacidade de trabalhar em conjunto com demais pessoas, entendendo que os resultados dependem do esforço cooperado e da sinergia positiva entre elas”.

 

3. Relacionamento interpessoal

“Uma vez que se enfatiza o trabalho em equipe, é necessário que as pessoas saibam se relacionar, pois os indivíduos se fortalecem mutuamente por serem diferentes.  A diversidade traz excelentes resultados, mas gera conflitos. Saber se relacionar é uma das chaves para o sucesso na carreira”.

 

4. Comunicação

“Para ser autônomo e empreendedor, é fundamental saber se expressar, saber compreender a si e aos outros, além de ter uma escuta ativa”.

 

5. Inteligência emocional

“É a capacidade de perceber e analisar as suas próprias emoções e as emoções dos outros, para então se comportar guiado por ações sensatas e equilibradas”.

 

6. Habilidade de agregar valor

“É quando o funcionário compreende os negócios da empresa e o posicionamento dela no mercado. Logo consegue atuar em conjunto com todas as áreas para que seu trabalho traga benefícios para a empresa, para a sociedade em que está inserida e para a própria pessoa”.

 

Sobre o Grupo Uninter

O Grupo UNINTER é o maior centro universitário do país, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).  Sediado em Curitiba – PR, já formou mais de 500 mil alunos e, hoje, tem mais de 200 mil alunos ativos nos mais de 200 cursos ofertados entre graduação, pós-graduação, mestrado e extensão, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Com mais de 700 polos de apoio presencial, estrategicamente localizados em todo o território brasileiro, mantém quatro campi no coração de Curitiba. São 2 mil funcionários trabalhando todos os dias para transformar a educação brasileira em realidade. Para saber mais acesse uninter.com.

 

Socorro (SP) confirma mais uma edição de seu evento Luzes de Natal

Pontos turísticos ficarão decorados até o dia 6 de janeiro para receber os turistas

A estância turística de Socorro, no interior paulista, acaba de confirmar a realização da 6ª edição de seu evento Luzes de Natal, um dos principais do Brasil, com data marcada para acontecer de 1º de dezembro a 6 de janeiro. Além da iluminação em ruas, estabelecimentos comerciais e pontos turísticos, a programação inclui show musicais e atrações culturais.

O evento começa a partir das 20h30, com apresentação do Coral Municipal e do Coral do Conservatório, acompanhados pela Orquestra do Conservatório Municipal de Socorro, na Praça da Matriz. Em seguida, acontece o tão aguardado acender das luzes de Natal e a chegada do papai noel, que encanta crianças e adultos.

Todos os anos, o Luzes de Natal, que já atraiu cerca de 750 mil pessoas a Socorro, leva beleza e cintilância para os principais cartões-postais da cidade, como as Praças da Matriz e do Fórum e os portais, através de enfeites de garrafas pet que se transformam em sinos, árvores, anjos, bengalas e bolas, que decoram todo o ambiente. Além disso, são promovidas ações voltadas à sustentabilidade econômica, social e ambiental. 150 mil garrafas foram reutilizadas nos últimos anos.

A programação completa será anunciada em breve nos sites www.socorro.tur.br e www.socorroluzesdenatal.com.br.

 

Projeto com apoio do Núcleo de Inovação encerra primeira fase

O Núcleo Setorial de Inovação, do Programa Empreender, da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), participou do encerramento da primeira turma do curso de Informática Básica, em que foi parceiro, com convênio entre Prefeitura Municipal e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Cerca de 40 alunos, entre 15 e 18 anos, que frequentam o Centro de Juventude (CEJU), participaram do curso que teve duração de seis meses, com término no último sábado (24).

As aulas foram ministradas pelos acadêmicos dos cursos de Engenharia da Computação e Tecnologia em Sistemas para Internet, da UTFPR, com a intenção de aproximar os estudantes da comunidade carente, por meio do projeto de extensão intitulado “Alfabetização Digital para Jovens dos Centros de Juventude de Toledo”.

Para o coordenador do Núcleo de Inovação, Márcio Pinheiro, foi uma satisfação fazer parte do projeto, que prevê ainda, mais uma turma para o primeiro semestre de 2019. “Este tipo de ação entre poder público e privado promove o desenvolvimento da área de tecnologia em nossa cidade, oportunizando aos jovens conhecer as possibilidades do setor. É bom para as empresas, para as universidades e para a sociedade, que ganha cursos de qualidade”, conta.

A professora do curso de Tecnologia de Sistemas para Internet, da UTFPR e coordenadora do projeto, Rosane Fátima Passarini, ressalta que a experiência foi bastante positiva para todos os envolvidos. “Os alunos do CEJU puderam adquirir mais conhecimento, além de interagir com acadêmicos de graduação, fazendo uso da estrutura dos laboratórios de informática da universidade. Para os acadêmicos que atuaram como monitores deste projeto, a experiência foi no sentido de vivenciar na prática a dinâmica de uma atividade de ensino, atuando desta vez, como propagadores do conhecimento”, frisa.

Ela comenta ainda a intenção de reencontrar os alunos formados no primeiro curso de informática, em parceria com a Prefeitura e Núcleo de Inovação. “Esperamos, fortemente, que possamos em um futuro próximo, encontrar com os alunos do CEJU atendidos pelo projeto, novamente nos corredores da UTFPR - campus Toledo, só que desta vez, como alunos de um de nossos cursos de graduação”, conclui.

 

Programa Empreender

O Empreender é um programa da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), em parceria com o SEBRAE, e as Associações Comerciais, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.

 

Dicas da Sol Lavanderia Express...

Tapetes

Os tapetes são usados para dar um charme a mais na decoração da casa. O ideal é lavar a cada seis meses para mantê-los limpos e livres de poeira e resíduos. Conte com a Sol Lavanderia que possui maquina especial para lavagem de seu tapete.  Faça Orçamento sem compromisso.   #Sol #Lavanderia #limpos #tapetes. Conte sempre com os serviços da Sol Lavanderia. Mais informações Sol Lavanderia Express – Suas roupas em boas mãos - Rua Coronel Vicente, 2495 – Jardim La Salle – Lavagem em geral – Lavagem a seco – Máquina especial para lavagem de tapetes – (45) 3277-1893- (45) 9999-0742 - www.facebook.com/sol.lavanderia ou pelo e-mail: [email protected].

Mauro Picini Ligado em Você 01/12/18

Ligado em você especial 15 anos da Sofia Reche de Souza Castilho...

Foi para comemorar seus 15 anos, que a jovem Sofia Reche de Souza Castilho recebeu juntamente com seus pais Ricardo Castilho e Rosangela Reche e seus irmãos Renan e Thais convidados, familiares e amigos na boate Taj Mahal, no último dia 09 de novembro.  A noite foi de muitas atrações como personagens do Star Wars e La Casa de Papel e a abertura da pista, que contou com apresentação de dança assinada pelo coreógrafo e bailarino Leo Santos, um dos participantes da Dança dos Famosos. Ao som de Perhapes Love, com Dj Marquinho ao saxofone, Sofia dançou a tão sonhada valsa da noite com seu pai Ricardo, além de se emocionar com um vídeo de recordações e homenagens de amigos. Realmente uma festa emocionante e inesquecível!  Agradecimentos pelas fotos Mario Marcante. Confira agora alguns momentos do festerê!!!