Novos hábitos para o novo momento

Estamos retomando aos poucos algumas atividades externas e, com isso, mudanças de hábitos vão acontecer em nosso dia a dia.

Com a pandemia aprendemos como enxergar as adaptações.  É incrível como as pessoas que não tinham hábito de lavar as mãos constantemente estão fazendo isso em todos lugares, assim como fomos ensinados a escovar o dente, a tomar banho.

Daqui pra frente teremos que ser mais exigentes nos locais, nos preocupar com o próximo e nos estabelecimentos que entrarmos. A crise forçou o ser humano a ter mais empatia e ser mais cuidadoso.

Quanto mais cuidamos da saúde, mais cuidados do corpo. Sedentarismo, falta de atividade física agravam qualquer quadro. Nas academias, para voltar a se exercitar com regras e orientação, em alguns estados já voltaram a treinar e se adaptaram bem às regras e mostraram um nível de cooperação de encher os olhos.

Treinar em casa é legal? Motivante? Como treinador digo que sim e não. Sim, pelo fato que você monta seu local, horário, escolhe sua música e até qual treinador vai te guiar em sua nova jornada. Não, pelo fato que pessoas com pouca disciplina estão enfrentando dificuldades em manter os treinos.

Enquanto os hábitos estiverem na zona de conforto, se não ter tiver algo forte que te faça mudar e agir, tudo continuará na mesma.

Vale aproveitar este período para mudar os hábitos, seja leltura, estudo e mais atitude com seus projetos. Assim espanta-se a ansiedade.

Além desta epidemia, uma mais antiga e conhecida, da Obesidade, vai matar agora e nos próximos anos. Digno de registro que, primeiramente, temos que  controlar a saúde, o sobrepeso e todo o sistema tem que estar em dia.

O hábito de manter seu corpo ativo todos os dias – independentemente da idade – e controlar a alimentação resulta, quase de forma automática, na qualidade do sono, do trabalho, menos stress e menos ansiedade.

Faça a sua mente cuidar do seu corpo. Seu corpo físico é seu tanque de guerra, sua mente é o seu General nessa jornada. Comande o jogo. Um coach de qualidade vida não se limita a uma planilha, mas entende, ajusta o que precisa e aponta as melhores escolhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *