Coluna da ADI 09/04/2021

Mais doses

O Paraná recebeu 242.050 doses da vacina contra a covid-19 do Ministério da Saúde. Essa é a 12ª remessa destinada ao Paraná. É formada por 127.250 imunizantes da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz e 114.800 da Coronavac/Butantan. Com o novo lote, o Paraná recebeu até o momento 2.495.350 conjuntos vacinais. A entrega das doses às 22 Regionais do Estado é por conta do Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), por meio de aeronaves e caminhões. A remessa será usada para aplicar como primeira dose em idosos de 65 a 69 anos e também como segundas doses.

13º salário

Os vereadores de Curitiba aprovaram esta semana uma recomendação para que a Prefeitura pague a primeira parcela do 13º dos servidores municipais neste mês de abril. O objetivo é fortalecer a economia local, que vem amargando prejuízos com as restrições necessárias para o combate da pandemia do novo coronavírus. O adiantamento do pagamento em 2020 contribuiu com um aporte de aproximadamente R$ 127 milhões na economia local, fato que permitiu uma recuperação mais rápida dos setores de comércio e serviços. A proposta foi encaminhada para a administração municipal.

Máscaras N95

A Associação Comercial do Paraná (ACP) distribuiu mais de 3 mil máscaras N95 e folders informativos no centro da cidade, reforçando suas ações contra a Covid-19. Em um mutirão de diretores e colaboradores, as máscaras foram entregues a comerciantes da rua XV e entorno e diretamente aos usuários de ônibus e pessoas que estiverem circulando pelo centro da cidade. No total, nesta primeira etapa da campanha, a entidade está distribuindo 20 mil máscaras diretamente aos associados para uso de seus colaboradores, especialmente no transporte coletivo.

Maior do Sul

O governador Ratinho Junior e o presidente da República, Jair Bolsonaro, inauguraram a nova pista de pousos e decolagens do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas. A pista ganhou 664 metros de extensão, passando de 2.194 metros para 2.858 metros, tornando-se a maior pista em aeroportos do Sul do Brasil. Com investimento de R$ 53,9 milhões, a obra é fruto de uma parceria entre a Itaipu Binacional, a Infraero e o Governo do Estado.

FPM

O primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será creditado nesta sexta-feira, 9 de abril. O montante partilhado entre as prefeituras chega a R$ 4, 3 bilhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o primeiro repasse de abril, comparado com a mesma transferência do ano anterior, apresentou crescimento de 60,20%.

Recorde de exportação

A balança comercial brasileira fechou o ano de 2020 com saldo positivo de US$ 50,9 bilhões, com destaque para o agronegócio, que bateu recorde com saldo final de US$ 87,7 bilhões. A soja é a principal cultura do Brasil, que se tornou o principal produtor mundial na safra 2019-2020, com 37,4% da produção total. A China responde por 33,7% das exportações totais do setor agropecuário brasileiro em 2020 e também é o maior consumidor mundial de soja.

Setor de eventos

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). O projeto prevê o parcelamento de débitos de empresas do setor de eventos com o Fisco federal, além de medidas para compensar a perda de receita em razão da pandemia de covid-19. A regra geral prevê desconto de até 70% sobre o valor total da dívida e até 145 meses para pagar, exceto os débitos previdenciários. A matéria segue para sanção presidencial.

90 anos FHC

O Senado aprovou a realização de sessão especial para comemorar os 90 anos do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, que serão completados no próximo dia 18 de junho. “Este grande brasileiro por duas vezes exerceu o mais alto cargo da República, deixando seu nome na história com reformas na área econômica e social, destacando-se o fim da inflação, a construção de uma ampla rede de proteção social, a universalização do ensino básico e a modernização das telecomunicações no país, entre outros avanços”, afirma o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Salvando vidas 

A Heineken em parceria com o BNDES, irá doar parte do dinheiro que originalmente iria para o Rock in Rio e que agora serão destinados à instalação de 4 usinas de oxigênio no país, além de servir para a compra de cilindros e equipamentos de proteção individual para profissionais de 40 hospitais filantrópicos. Ao todo, serão aportados 9 milhões de reais na parceria que faz parte da campanha “Salvando Vidas”.

Compra de vacinas

A Câmara dos Deputados concluiu a votação da proposta que permite à iniciativa privada comprar vacinas contra a Covid-19 para a imunização gratuita de seus empregados, desde que seja doada a mesma quantidade ao Sistema Único de Saúde (SUS). Poderão ser vacinados ainda outros trabalhadores que prestem serviços a elas, inclusive estagiários, autônomos e empregados de empresas de trabalho temporário ou de terceirizadas. A proposta será enviada ao Senado.

Vacinação em massa

 O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a economia brasileira está se reerguendo, mas ressaltou que é preciso avançar na vacinação em massa no país para sustentar o crescimento. O governo tem sido alvo de críticas quanto à demora no avanço da imunização no país, no momento em que o Brasil passa pelo pior momento da pandemia de coronavírus.

Controle de qualidade

O Instituto Butantan concluiu o envase da vacina CoronaVac com o insumo farmacêutico ativo (IFA) recebido até o momento da chinesa Sinovac, mas ainda tem doses em processo de controle de qualidade a serem entregues ao Ministério da Saúde. “Cerca de 2,5 milhões de vacinas encontram-se em processo de inspeção de controle de qualidade para serem entregues na semana que vem ao Programa Nacional de Imunizações”, disse o instituto em nota.

Apagão

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já foi avisado de que o Brasil pode enfrentar um apagão de vacinas nas próximas semanas. O Butantan suspendeu a produção porque o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), não chegou da China na data esperada. O cronograma de produção da Fiocruz está muito aquém do previsto. A meta de Queiroga era de que, ainda em abril, o Brasil já estivesse vacinando 1 milhão de pessoas por dia, mas esse objetivo ainda está bem distante.

Inadmissível

O presidente Jair Bolsonaro criticou os reajustes de preços de combustíveis e disse ser “inadmissível” o aumento de 39% no gás natural anunciado pela Petrobras. Bolsonaro afirmou que não vai interferir, mas disse que pode mudar a “política de preços” da estatal com o apoio da Câmara dos Deputados.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.