Coluna do Editor 14/04/2021

Limpeza

Pode ter sido apenas uma coincidência, mas após uma nota nesta Coluna pedindo a limpeza do terreno ao lado da Galeria Cultural e Esportiva Ouro e Prata, na Vila Industrial, na segunda-feira (12) a grama foi completamente cortada, deixando o local bonito de novo.

Nova diretoria

Por falar na Ouro e Prata, o eterno presidente Niulton Pegoraro encabeça – mais uma vez – chapa única para a nova diretoria da entidade por mais dois anos. O vice será Delvio Stona, Jairo Cerbarro (1º secretário), Marcio Pena Borges (2º secretário), Eleonaro Basilel de Oliveira (1º tesoureiro) e Valdir Klein (2º tesoureiro).

Futebol

Ainda no campo esportivo, no próximo dia 30 está marcada a assembleia geral ordinária, com início previsto para as 17 horas, para eleição da diretoria provisória do Toledo Esporte Clube. Não, você não leu errado: há um grupo disposto a reativar o antigo TEC para as disputas do futebol profissional, porém, com ênfase nas categorias de base, até mesmo do futebol feminino.

Tudo certo

De acordo com algumas informações preliminares, o clube está com todas suas obrigações em dia e, com as certidões devidas em mãos, pretende protocolar seu retorno ainda este ano junto à Federação Paranaense de Futebol para disputar a Terceira Divisão.

Descontentamento

Um dos motivos para a reativação deste segundo clube dentro do futebol profissional em Toledo é o descontentamento com algumas decisões na gestão do Toledo Esporte Clube que disputa a Primeira Divisão do Estadual.

Jogo treino

Sem previsão de jogos no meio de semana pelo Campeonato Paranaense, Toledo e Cascavel CR fizeram um jogo treino ontem, no Estádio 14 de Dezembro, com portões fechados. O jogo treino serviu para manter o ritmo de jogo dos jogadores, pois o Toledo está sem atuar desde o dia 31 de março. A próxima rodada deverá ser só a partir do sábado (17).

Visita

O deputado estadual Douglas Fabrício (Cidadania) fez uma visita de cortesia ao prefeito Leonaldo Paranhos na segunda-feira (12). Paranhos agradeceu ao deputado pela disposição em ajudar o Município de Cascavel. “O trabalho de deputado é um trabalho para o Estado todo e uma cidade como Cascavel não pode abrir mão de ter um deputado lá na Assembelia cuidando dos nossos interesses”, afirmou o prefeito.

Notícias boas

Fabrício destacou o trabalho realizado pelo prefeito Paranhos e disse que a população de Cascavel tem boas expectativas com a gestão. “Não só [a população] de Cascavel, mas da região, porque o trabalho que você está fazendo aqui, nós, que andamos pelo Paraná todo, ouvimos sempre dizer e ver as notícias boas”, afirmou o parlamentar. O deputado estava acompanhado do presidente do Cidadania em Cascavel, Vilson Oliveira, e outras lideranças.

De volta

A Região Oeste ‘ganhou’ mais um deputado estadual. Com a morte do Delegado Recalcatti no fim de semana, quem assumiu seu lugar na Assembleia Legislativa foi Ademir Bier.

Dobradinha

Como Élio Rusch já havia assumido no lugar de Maria Victória – em licença maternidade – a cidade de Marechal Cândido Rondon reedita, ainda que de maneira temporária, a dobradinha de deputados em nível estadual.

Luto

O prefeito de Nova Santa Rosa, Norberto Pinz, lamenta profundamente o falecimento da ex-primeira-dama, Any Rohde Wutzke, ocorrido nesta terça-feira (13). Any era esposa do ex-prefeito de Nova Santa Rosa, Daniel Wutzke. Como primeira-dama foi presidente do Provopar e dedicou parte de sua vida às causas sociais e às políticas públicas voltadas principalmente aos Clubes de Mães do município. Era uma mulher forte, dedicada, simples e generosa, que deixará sua marca na história de Nova Santa Rosa.

Vacina

Na segunda-feira (12) teve início a 23ª Campanha Nacional de Imunização Contra a Influenza. As vacinas estão sendo aplicadas de forma descentralizada nas salas de vacina das unidades básicas de saúde de Toledo. As unidades do Cosmo e do Panorama, que estão realizando atendimento para sintomáticos respiratório, não estão realizando a vacinação.

Grupos

Neste ano, a vacinação começou com crianças (seis meses a seis anos), gestantes, puérperas (mulheres pós-parto), povos indígenas e trabalhadores da saúde. A secretária de Saúde, Gabriela Kucharski explica que a inversão de faixa etária para receber as vacinas primeiro acontece em função da vacinação contra a Covid-19.