Coluna do Editor 14/08/2020

Aeroporto

Janaí Vieira

Ontem pela manhã estive no Aeroporto Municipal Luiz Dalcanale Filho, esperando o secretário de Estado Sandro Alex, que acabou chegando apenas à tarde. De qualquer forma foi bom porque cheguei à conclusão que o local precisa – e rápido – se transformar numa base de operações para aviões executivos e não ficar mais sonhando com voos comerciais tão cedo. Ainda mais por causa da análise que pode ser feita com base neste aviso que está lá, para quem quiser ver.

 

Prazo

O prazo dado pela Azul para a retomada dos voos entre Toledo e Curitiba venceu no dia 30 de junho. Lembrando que desde 1º de abril, em função da pandemia do novo coronavírus, a companhia cancelou todas as operações a partir do Luiz Dalcanale Filho.

 

Ampliação

Isso porque, com as obras de ampliação e melhorias no Aeroporto de Cascavel, o de Toledo não tem mais condições de competir e aí, em minha opinião, é preciso pensar num nicho de mercado, algo que a aviação executiva pode oferecer.

 

Do Rio Grande

Enquanto estava esperando o secretário, chegou um voo direto do Rio Grande do Sul com empresários do setor de saúde.

 

Em Brasília

Demonstrando a sua representatividade, o presidente do PTB de Cascavel, Nelsinho Padovani, esteve recentemente em Brasília, onde foi recebido pelo presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. Na pauta da reunião, os projetos de uma Cascavel mais desenvolvida, metal-mecânica e agroindustrial, além do trabalho de preparação que está sendo realizado com os pré-candidatos a vereador e o fortalecimento da pré-candidatura de Nelsinho Padovani a prefeito de Cascavel.

 

Apoio

Na ocasião, Roberto Jefferson declarou total apoio a pré-candidatura de Nelsinho Padovani à Prefeitura de Cascavel. “Além de ser leal, o Nelsinho Padovani é o nome mais preparado para representar a população cascavelense, porque tem sensibilidade social. É um político jovem, preparado, determinado e com visão de futuro. Com certeza, apresentará o melhor projeto de governo para o município, pautado pela experiência de quem já foi vereador e, enquanto empresário, muito contribui para o desenvolvimento da cidade”, enfatizou.

 

Empolgado

Esta semana, em duas entrevistas, o prefeito Lucio de Marchi parecia mais empolgado com a possibilidade de tentar a reeleição.

 

Preocupação

Digo parecia porque, segundo ele, a preocupação agora é em salvar vidas e manter a vigilância sobre a questão do Covid-19. Para o prefeito, o fato de ter salvado vida valeu mais que o mandato.

 

Hospital

Aos poucos a vida vai retornando ao ‘novo normal’ e as estruturas utilizadas como suporte de uma possível piora no quadro da saúde pública sendo desmontadas, como é o caso do Hospital de Campanha no Instituto João Paulo II que sequer precisou ser utilizado em função da estrutura do Mini-hospital ter suportado de maneira satisfatória os casos de coronavírus em Toledo.

 

Calamidade

Ainda sobre o assunto, esta semana os deputados estaduais aprovaram o projeto de decreto legislativo 23/2020 que declara o estado de calamidade pública para as cidades de Doutor Camargo e Ipiranga. Com isso, o Paraná tem 326 dos 399 municípios do Estado em situação de emergência em virtude dos efeitos econômicos causados pela pandemia do coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *