Coluna do Editor 16/03/2021

Fiscalização

Olha, ainda preciso escrever sobre a tal Operação Máscara Negra realizada há alguns dias pela Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito no Parque Ecológica Diva Paim Barth. Recebi alguns questionamentos duramente o fim de semana sobre quando seriam realizadas outras ações como este, afinal, a fiscalização foi feita apenas um dia e em apenas um local.

Brincadeira

Se a administração municipal parasse de brincar, fazer de conta que fiscaliza o cumprimento do decreto, talvez os números de contaminados estariam com níveis menores, até porque já deu essa história de ‘liberdade com responsabilidade’.

Só um

Até onde sei, apenas uma pessoa foi notificada por esta sem máscara, prova de que a fiscalização está sendo para lá de falha, pois basta uma rápida caminhada pela cidade para perceber a quantidade de pessoas caminhando sem máscara ou então com ela pendurada na mão, abaixo do nariz e por aí vai.

Mais locais

Por que só fazer a fiscalização – insisto, apenas um dia – no Parque Ecológico Diva Paim Barth e não em outros espaços públicos? Há pessoas sem máscaras frequentando, por exemplo, o Parque Urbano Frei Alceu (antigo kartódromo), que fica no Jardim Porto Alegre, bem debaixo da janela da Secretaria de Segurança e Trânsito. Isso sem mencionar os outros parques da cidade, ruas e avenidas…

Virou bagunça

Outra coisa, no sábado pela manhã havia muitas, muitas lojas abertas na Avenida Maripá. Denúncias e mais denúncias e nada de fiscalização. Virou uma bagunça só porque ninguém mais sabe a quem responder, afinal, a Prefeitura de Toledo publicou uma nota ressaltando que, como há um decreto estadual restringindo a abertura do comércio não essencial no último fim de semana, ele estaria valendo.

Mãos limpas

Na prática a administração parece ter lavado as mãos e salve-se quem puder. Não fecha, não fiscaliza e os números estão caindo só por Deus mesmo.

Futebol

É a mesma coisa em relação ao futebol profissional. Se a decisão é da Federação Paranaense de Futebol, por que o FC Cascavel atuou em Toledo e não na sua cidade natal no último fim de semana?

Não pode!

A resposta é muito simples: porque a Prefeitura de Cascavel não autorizou a realização da partida, enquanto em terras toledanas tudo é permitido.

Sem demagogia

Ah, e por favor, não vamos começar com a demagogia que os números da Covid começaram a baixar de uma hora para outra por causa da campanha pela medicação preventiva, até porque isso começou há tempo insuficiente para se avaliar.

Procon

Nesta segunda-feira (15) se comemorou o Dia do Consumidor e o Procon de Toledo preparou um vídeo sobre a data, entretanto, alertando mais para a questão de seguir as orientações de prevenção à Covid-19. Ótima iniciativa, porém, ficou esquisito o órgão utilizar o slogan da atual administração municipal, “Liberdade com Responsabilidade”, no final.

Vinculação

O Procon está vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, agindo como um instituto de caráter jurídico do direito público. A principal finalidade do Procon é garantir a mediação de casos conflituosos entre os clientes e consumidores insatisfeitos com os serviços ou produtos disponibilizados por determinada empresa ou estabelecimento, por exemplo.

Sistema

Conforme estabelecido no Código de Defesa do Consumidor (lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990), os Procons – estaduais e municipais – e demais entidades que visam a defesa do consumidor, estão aparados e pertencem ao Sistema Nacional de Defesa do Consumidor.