Coluna do Editor 19/03/2021

‘Zé Borracha’

O presidente da Câmara de Toledo, Leoclides Bisognin, lamentou o falecimento do ex-vereador José Maria Lima, o popular “’é Borracha’, que integrou a XI Legislatura (01/01/1997 – 31/12/2000). “Ele foi uma pessoa trabalhadora, humilde, de bom relacionamento com a comunidade e que representou muito bem a população de Toledo, em especial a comunidade do grande Jardim Panorama”, assinalou o presidente da Câmara de Toledo.

Covid-19

O ex-vereador faleceu quarta-feira, aos 69 anos, no Pronto Atendimento Municipal de Toledo, onde era atendido após ser infectado pela Covid-19, cujas complicações acabaram causando sua morte.

História

Nascido em Rancharia (SP), ‘Zé Borracha’ veio para Toledo há cerca de 50 anos, constituindo família ao lado da esposa Maria Isabel Lima e atuando no setor de reparação de pneus, de onde ganhou o apelido e vasto reconhecimento que levou à sua candidatura e eleição em 1996. Ele deixa os filhos Eliete S. Lima, Erivelton Alexandre Lima, Ednei José Lima e Elisângela Aparecida Lima, além dos netos Yasmim, Matheus, Paulo, Julia, Murilo e Heitor.

Legislatura

Na XI Legislatura, José Maria ‘Zé Borracha’ de Lima foi vereador ao lado dos atuais vereadores Elton Welter e Leoclides Bisognin e do atual prefeito Luís Adalberto Beto Lunitti Pagnussatt, além dos vereadores Dario Genari, Expedito ‘Gasolina’ Ferreira da Cruz, Jovino Canevesi, Lúcio de Marchi, Luiz Carlos Johann, Manoel Rosa de Lima, Maria de Fátima Quirino Campagnolo, Odair Maccari, Ramires Gaspar, Rogério Massing, Rubens Bragagnollo, Vitório Böeff e Walter Borri. Assumiram ainda a vereança no período Luís Fritzen, Pedro Inácio Gregorowicz, Renato Ernesto Reimann, Winfried Mossinger e César Paludo.

Calamidade pública

Dos 57 municípios paranaenses que estão pleiteando na Assembleia Legislativa a prorrogação do estado de calamidade pública, alegando perda de arrecadação e aumento de despesas, 56 tiveram aumento nas transferências correntes entre 2019 e 2020. Em média o aumento foi de 17,8%. A única exceção foi o município de Farol. As transferências correntes representam todos os repasses recebidos pelos municípios, via União ou Estado.

Análise

Os dados foram analisados pela equipe do gabinete do deputado estadual Homero Marchese (PROS) que analisou os balanços dos próprios municípios. O pedido de prorrogação do estado de calamidade pública tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da casa sem nenhum indicador financeiro anexo. “Fizemos nossa avaliação do orçamento dessas prefeituras e verificamos que a situação delas na realidade melhorou em 2020, muito por conta dos repasses federais”, disse Homero, que pediu a baixa em diligência para a Comissão Executiva da Alep, para que exija dos entes municipais a demonstração da necessidade de renovação do estado de calamidade com documentação suficiente.

Vacina

Alberi Locatelli confirmou para esta sexta-feira, por volta das 9h30, a entrega de uma nova leva de doses da vacina contra Covid-19, entregue pelo Governo do Estado, para a área da 20ª Regional de Saúde.

Doses

Serão entregues doses para Assis Chateaubriand (65), Diamante D’Oeste (60), Entre Rios do Oeste (50), Guaíra (330), Marechal Cândido Rondon (740), Maripá (120), Mercedes (70), Nova Santa Rosa (190), Ouro Verde do Oeste (100), Palotina (570), Pato Bragado (70), Quatro Pontes (70), Santa Helena (400), São José das Palmeiras (50), São Pedro do Iguaçu (110), Terra Roxa (220), Toledo (1.180) e Tupãssi (180), totalizando mais 5.160 doses da Sinovac Butantan, a 8ª remessa no total.