Coluna do Editor 07/04/2021

Luto

O presidente da Câmara de Toledo, Leoclides Bisongin, lamentou a morte do ex-vereador Jorge Kinjiro Okano, falecido no início da noite de segunda-feira (5), em consequência da Covid-19. Ele era uma pessoa muito inquieta, ativa e atuante, lembra Bisognin, que foi colega de legislatura de Okano no período 1993-1996, além de ter sido seu companheiro no PMDB.

Agregador

Para Bisognin Okano marcou a passagem na Câmara por sua personalidade agregadora. “Era muito bom conviver com ele aqui dentro”, comenta o presidente da Câmara, lembrando ainda seu papel como médico pioneiro na medicina como sócio fundador do Hospital Bom Jesus, ao lado do também médico Torao Takada.

Vereadores

Jorge Okano integrou a 10ª Legislatura da Câmara, com mandato de 1993 a 96, tendo ocupado na Mesa Diretora o cargo de 2° vice-presidente de 1995 a 96. Okano atuou ao lado dos vereadores Aldeni Gomes de Araújo, Beloir João Rotta, Edmar Rockenbach, Jorge Kinjiro Okano, Jovino Canevesi, Laudir Schumacher, Leoclides Luiz Roso Bisognin, Leo Inácio Anschau, Lino Gotardo Pizzatto, Lúcio de Marchi, Luiz Cláudio Hoffmann, Manoel José Inácio, Maria Cecília Ferreira, Odair Maccari, Sérgio Recalcatti, Ubaldo Walter Rech e Wilmo Barcellos Marcondes, além dos suplentes que assumiram temporariamente a vereança, Dorval Vicentin, Ari José Kliemann e Edilson Gilberto Gnas.

Família

Jorge Okano deixa a esposa Nair, o filho Sandro Okano e filhas Michelle Okano e Anna Cláudia Okano, todos médicos, além de genros e nora, 6 netos e vários irmãos e cunhadas.

De volta

Wanderley Graeff está de volta aos microfones. Ele comanda de segunda a sexta-feira, das 8h39 às 9h30, um programa na Rádio União (AM 900).

Em Foz

Nesta quarta-feira (7), às 15h30, está prevista a participação do presidente Jair Bolsonaro na solenidade de posse do novo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional em Foz do Iguaçu.

Vacina

Se todos os prazos dos contratos de aquisição de vacinas firmados pelo Governo Federal forem cumpridos, até o fim do primeiro semestre deste ano é possível que 50% da população tenha recebido algum imunizante contra a Covid-19. São aguardadas 209,5 milhões de doses de vacinas variadas até o fim de junho. Até o fim de dezembro, está prevista a entrega de 625,9 milhões de doses, mais que o suficiente para os 212 milhões de habitantes do Brasil.

Compromisso

Os números foram apresentados pelo presidente da Comissão Temporária da Covid-19, senador Confúcio Moura (MDB-RO), na reunião na semana passada. Ele fez um levantamento de todas as transações feitas pelo Ministério da Saúde com os laboratórios com vacinas disponíveis (Butantan, Fiocruz, Covax Facility, Covaxin, Sputnik V, Pfizer, Janssen, Moderna). “Há bastante vacina compromissada, mas só vai chegar mais para o fim do ano”, explicou.

Sem água

A Sanepar informa que será instalado um macromedidor de água no distrito de Ouro Preto, em Toledo, nesta quinta-feira (8). Os trabalhos serão executados das 13h30 às 16h30 e podem interromper o fornecimento de água para todas as regiões do distrito. O abastecimento deve voltar à normalidade a partir das 17 horas e será de forma gradativa.

Mudanças

Os trabalhos podem ser cancelados em caso de mau tempo, impossibilidade de execução com segurança, fatores externos que impeçam a realização dos serviços no prazo programado, problemas operacionais que impactem de forma crítica o sistema de abastecimento ou força maior. O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula.