Coluna do Editor 20/07/2021

Em Toledo

O deputado federal Aroldo Martins esteve em Toledo durante o fim de semana, onde cumpriu extensa agenda. No Hospital Bom Jesus, por exemplo, o parlamentar entregou o documento confirmando o repasse de R$ 300 mil, através de emenda, para aquisição de equipamentos “e agora vamos auxiliar também com valor para custeio”, comentou o deputado, recepcionada pelo médico Claudio Tomuo Hayashi (presidente do Conselho de Administração), Neudir Shumacher (tesoureiro), o médico Torao Takada (diretor clínico do hospital) e Zulnei Aparecida Bordin (superintendente). Ainda em Toledo, Aroldo Martins almoçou com representantes dos suinocultores e se encontrou com lideranças do bairro Redenção.

Apoio

O parlamentar contou com o apoio de Beto Ignácio (Casa da Pistola e das Bombas), que é presidente do Republicanos, e o assessor Ricardo Santos.

Calçadas

Um leitor enviou mensagem reclamando de empresas que estacionam motos sobre a calçada na Avenida Ministro Cirne Lima. “Com todo movimento que tem essa avenida o pedestre vai andar aonde”, questiona – com razão – o leitor que disse já ter ligado para a Guarda Municipal, mas até agora…

Fundão

Dos 30 deputados federais do Paraná, 14 votaram favoravelmente à proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias que aumenta de R$ 2 bilhões para quase R$ 6 bilhões o dinheiro que será destinado ao financiamento das campanhas eleitorais em 2022. Outros nove parlamentares votaram contra e seis não votaram. O coordenador da bancada paranaense, deputado Toninho Wandscheer (PROS) se absteve na votação. No Senado, os três representantes do Paraná – Alvaro Dias, Flávio Arns e Oriovisto Guimarães – todos do Podemos, votaram contra a proposta.

Sim

Aline Sleutjes (PSL), Aroldo Martins (Republicanos), Christiane Yared (PL), Felipe Francischini (PSL), Filipe Barros (PSL), Giacobo (PL), Luciano Ducci (PSB), Luiz Nishimori (PL), Luizão Goulart (Republicanos), Paulo Martins (PSC), Roman (Patriota), Valdir Rossoni (PSDB), Sergio Souza (MDB) e Vermelho (PSD) votaram pelo aumento do Fundo Eleitoral.

Não

Contrários à proposta: Aliel Machado (PSB), Diego Garcia (Podemos), Enio Verri (PT), Gleisi Hoffmann (PT), Gustavo Fruet (PDT), Leandre (PV), Rubens Bueno (Cidadania), Sargento Fahur (PSD) e Zeca Dirceu (PT).

Não votaram

Não votaram Boca Aberta (PROS), Hermes Parcianello (MDB), Luisa Canziani (PTB), Pedro Lupion (DEM), Ricardo Barros (PP) e Stephanes Junior (PSD), enquanto Toninho Wandscheer (PROS) se absteve de votar.

Mudança?

De novo aumentaram os rumores sobre uma possível troca de partido por parte do prefeito Beto Lunitti. Segundo informações, o governador Ratinho Junior teria feito convite para vários prefeitos migrarem para seu partido, o PSD, movimento natural visando a eleição de 2022.

Conversa

Fato é que o prefeito de Toledo esteve em Curitiba, onde conversou com o presidente estadual do partido, Sandro Alex. E o diálogo na capital do estado teria sido muito positivo.

Entrave

Há, porém, um entrave nessa negociação: o ‘xará’ Beto Niedemayer. A condição para o prefeito migrar de legenda seria a saída do empresário do PSD, algo que o pessoal de Curitiba parece não aceitar. A mudança passa necessariamente por um acordo nesta questão.

Carnavais

Beto e Beto se conhecem de outros carnavais, ou melhor, de outros supermercados: Lunitti x Allmayer.

Recesso

Os vereadores de Toledo entraram em recesso.