Coluna do Editor 21/05/2021

Exemplo

Há alguns dias recebi a informação sobre o comportamento de alguns secretários municipais em Toledo quanto ao uso da máscara. De um trio, durante um encontro no prédio da Acit, dois estavam sem máscara. Outras pessoas que estavam com eles, usavam a proteção. O secretário Jadyr Donin era o único com máscara.

O leitor escreve…

“Bom dia. Na sua Coluna de hoje (ontem), você escreve do carro parado na calçada e cadê a GM. Tem outra, algumas vezes passo correndo pela praça da Cultura tem alguém fumando maconha e cadê a GM? Geralmente Por volta das 19h30”. Fica o registro.

Condenado

O ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, José Carlos das Neves e seu ex-assessor denunciados pelo Ministério Público do Paraná, por improbidade administrativa tiveram suas condenações mantidas após julgamento de recurso pelo Superior Tribunal de Justiça. O fato que gerou a ação e a consequente condenação foi a contratação do assessor como funcionário “fantasma”.

“Rachadinha”

Segundo a ação civil pública apresentada em 2012, de fevereiro de 2009 a outubro de 2010, o assessor recebeu salários sem prestar qualquer serviço ao gabinete do vereador. Além disso, devolvia a maior parte do salário ao parlamentar, caracterizando a prática da chamada “rachadinha”.

Recursos

Após a condenação em primeira instância, os dois apresentaram diversos recursos, chegando o caso ao Superior Tribunal de Justiça, que manteve a condenação, já transitada em julgado, não cabendo mais, portanto, qualquer recurso.

Atualização

O MPPR pediu o cumprimento da sentença, que estabeleceu como sanções: suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos, ressarcimento integral do dano causado ao erário, pagamento de multa civil e proibição de contratar com o poder público por dez anos. Em valores atualizados, o montante a ser ressarcido solidariamente pelos réus é de R$ 592.284,66, e a multa, para cada um deles, é de R$ 155.144,08.

Na bronca

Muitas diretoras de escolas municipais estão ansiosas pela reunião de avaliação prometida pelo prefeito Beto Lunitti no campo da Educação. A bronca está cada vez maior pelo desempenho da secretária da pasta.

Alerta

Um alerta ao setor responsável dentro da Prefeitura de Toledo. Uma parte do asfalto na Rua Mané Garrincha, próximo ao Parque Linear da Sanga Panambi, na Vila Industrial, está cedendo. O buraco só aumenta e a população colocou o tronco de uma árvore cortada para sinalizar.

Nova Santa Rosa

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Santa Rosa informa que nesta sexta-feira (21) das 7h30 às 16 horas poderão ser vacinadas as gestantes de alto risco, que receberam a estratificação, avaliação feita pelo médico indicando a situação de alto risco na carteira da gestante. A vacinação contra a Covid-19 acontece no Centro de Saúde Lídia Boll. Lembrando que as gestantes devem levar também seu cartão de vacina e o cartão do SUS ou CPF.

Vaga Covid

De acordo com o mapa de ocupação da Macro Oeste, elaborado pela Central de Atendimento a Regulação de Leitos, ontem havia 106 pacientes nas regionais de saúde de Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Pato Branco e Toledo aguardando transferência para leitos exclusivos Covid. A maior demanda é na regional de Pato Branco, onde 19 pessoas precisam de UTI e outras sete de enfermaria.

Demanda

Já a regional de Cascavel, que cerca de 10 dias atrás não tinha nenhum paciente precisando de UTI está em segundo lugar com a maior demanda: são necessários 14 leitos de UTI e outros 15 de enfermaria.

Sem vaga

Mas, apesar de todo esforço das autoridades responsáveis na abertura de mais leitos, as regionais de saúde de Toledo e de Francisco Beltrão já não tem mais nenhuma vaga de terapia intensiva disponível. Em Foz do Iguaçu, a regional está com dois leitos: um em Foz e outro em Missal.