Coluna do Editor 26/03/2021

Requerimento

O deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR) enviou ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, requerimento defendendo a revisão em pontos do projeto de concessões de rodovias no Paraná para impedir, como está previsto hoje, a instalação de uma praça de pedágio entre os municípios de Toledo e Cascavel.

Aumento

Com o projeto em andamento, o Estado do Paraná, que atualmente já possui 27 praças de pedágio, passará a ter 42. A previsão é que elas estejam em operação dois anos após a celebração dos novos contratos de concessão. O deputado ressaltou que o novo pedágio na BR-467, que abrange o trecho entre Toledo e Cascavel, vai prejudicar a economia da região e a população em geral.

Agronegócio

“A região Oeste do Paraná, onde estão situadas as cidades de Toledo e Cascavel, possui uma economia baseada na força do agronegócio, com a presença em seu território de dezenas de cooperativas que se utilizam de rodovias para o transporte e escoamento de seus produtos. Além disso, a implementação das novas praças irá aumentar os custos de produção das indústrias instaladas na região, tornando o preço dos seus produtos menos competitivos no mercado nacional e internacional”, afirmou o deputado no documento enviado ao ministro.

Peso no bolso

Rubens Bueno ressaltou ainda o fato de que existe um grande polo universitário na região, o que provoca um deslocamento diário de milhares de estudantes que transitam entre Toledo e Cascavel em busca de melhor qualificação profissional. “Esse pedágio será mais um peso no bolso desses jovens, que já se desdobram para garantir recursos e manter seus estudos”, disse.

Cautela

O deputado concorda que as concessões têm o propósito de melhorar a qualidade das rodovias paranaenses. “No entanto, é preciso cautela na escolha do local para a implantação de novas praças de pedágio, com o intuito de não prejudicar a economia dos municípios adjacentes e os moradores da região”, defendeu.

Vacinas

O deputado federal Gustavo Fruet entrou, nesta quinta-feira (25), com pedido de informação ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga para saber o que há de concreto na informação veiculada em publicidade institucional nas redes sociais e televisão acerca da compra de mais de 560 milhões de doses de vacinas contra a Covid19.

Detalhes

O parlamentar questiona se houve a efetiva compra/negociação de 560 milhões de doses ou apenas o indicativo de intenção de compra; e, se sim, quais são os laboratórios/fabricantes com os quais o Ministério efetivou a compra.

Palotina

A Câmara de Vereadores de Palotina irá realizar sessão extraordinária nesta sexta-feira (26).  O objetivo será deliberar sobre o Projeto de Lei 064/2021, do Executivo Municipal, que dispõe sobre a reestruturação do Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social (CACS), do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Este projeto foi lido na sessão ordinária da última segunda-feira (22), sendo baixado às comissões permanentes que já emitiram parecer.  A sessão extraordinária será realizada às 9 horas, sob a presidência do vereador Eurico Fernandes Barbosa.

Novo assessor

O ex-vereador Edmundo Fernandes é o novo assessor do deputado estadual Rubens Recalcatti na região.

Luto

A Guarda Municipal de Toledo emitiu uma nota de pesar pelo falecimento de Júlio José Wagner, mais conhecido como Seu Wagner, que faleceu nesta quinta-feira (25). “Nós da família Guarda Municipal nos solidarizamos com toda família neste momento tão difícil. Perdemos um servidor, mas também um colega e um amigo”, traz a nota.