Coluna do Editor 26/06/2020

O leitor escreve…

“Bom dia Márcio, acompanho diariamente a sua coluna e já tive vontade várias vezes de comentar mas esta eu não resisti. Lendo o nome das entidades que apoiam o movimento – que é legitimo – me surpreendi. O que será que aconteceu? Com uma ou outra exceção, são todas entidades a favor de greves e fechamento de instituições, intrigante não?”, mensagem enviada por um leitor assíduo deste espaço.

 

Aglomeração

Aliás, pegando o gancho, o manifesto em frente à Prefeitura de Toledo para a reabertura do comércio deu um péssimo exemplo ao ter tantas pessoas aglomeradas.

 

Química

O XV Ciclo de Palestras em Ciência, Tecnologia, Educação e Cultura & I Encontro do Mestrado em Química da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), campus de Toledo, será realizado de 29 de junho a 2 de julho. Para realizar a inscrição acesse: https://midas.unioeste.br/login/#/

 

Palestras

No evento, serão realizadas palestras abrangendo diversas áreas, também haverá apresentação de trabalhos na forma de slides por 15 minutos. Os participantes receberão certificados no final do evento com a carga horária proporcional às palestras assistidas.

 

Transmissão

O evento será transmitido ao vivo via Youtube e os participantes receberão o link das palestras no e-mail no dia. Para marcar presença, clique na página do Facebook pelo endereço: https://www.facebook.com/ppgquiunioeste/

 

Saneamento

Os três senadores paranaenses Flávio Arns (Rede), Oriovisto Guimarães (Podemos) e Alvaro Dias (Podemos) votaram a favor do marco legal do saneamento, que prevê a privatização da água no Brasil. A matéria foi aprovada pelo Senado com um placar de 65 votos favoráveis e 13 contrários. O texto já foi aprovado na Câmara no ano passado e agora segue para a sanção do presidente Jair Bolsonaro.

 

Iniciativa privada

Com a aprovação, esses serviços, que em 96% do país são feitos por empresas públicas ou de capital misto controladas por governos, como a Sabesp em São Paulo, ou a Cedae no Rio de Janeiro, poderão ser feitos por empresas e grupos privados. As cidades e estados vão poder privatizar, conceder, ou terceirizar os serviços de distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto, condicionados a investimentos com compromisso de atender o máximo de pessoas possíveis com os serviços.

 

Bilhões

A iniciativa foi apresentada pelo Governo Federal, que vê no marco regulatório uma possibilidade de universalizar e tornar mais acessível a cobertura de água e esgoto até 2033, prazo determinado pelo projeto. A expectativa é que a alteração possa movimentar R$ 700 bilhões de investimentos nesse período.

 

Situação caótica

Para quem ainda não compreendeu a gravide do momento que vivemos por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), aí vai um dado preocupante: hoje Toledo tem a maior incidência de casos no Estado do Paraná, à frente até mesmo de Cascavel que era, até então, a ‘líder’ neste ranking.

 

Respiradores

A liberação de respiradores para alguns municípios paranaenses por parte do Governo Federal levantou mais uma série de discussões que não levam a nada, nem a lugar algum nos grupos de WhatsApp em Toledo, isso porque o município não foi contemplado com absolutamente nenhum.

 

Gestão

Importante lembrar que a gestão de UTI é uma responsabilidade do Governo do Estado e do Governo Federal e não do município. Jogar mais essa responsabilidade nas costas da gestão municipal é uma hipocrisia de quem está apenas fazendo politicagem com coisa séria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *