Coluna do Editor 27/05/2021

PSS

Estão abertas até sexta-feira (31) as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado da Prefeitura de Toledo para os cargos de enfermeiro, técnico de enfermagem, assistente social e médico veterinário. Mais informações junto à Secretaria de Recursos Humanos.

Documentário

Também na sexta-feira (31), às 17 horas no Auditório Acary de Oliveira – anexo à Prefeitura de Toledo – será lançado o documentário “Elas na Frente”, idealizado, organizado e produzido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Secretaria de Políticas para Mulheres, Secretaria de Saúde e Secretaria de Comunicação Social.

Engraçado

Chega a ser engraçado ler sobre o documentário, não pelo teor que é de extrema importância, mas pelos agentes envolvidos.

Silêncio

Primeiro o Conselho da Mulher que se silenciou de maneira preocupante sobre a possibilidade de fechamento da Secretaria de Políticas para Mulheres, conforme projeto encaminhado à Câmara Municipal e comentado mais uma vez ontem neste espaço.

Omissão

O segundo pela própria Secretaria da Mulher que se omite ao aceitar esse tipo de movimentação que é, em minha visão, um retrocesso.

Fim da Central?

Assim como também é um retrocesso o Decreto Nº 146, de 19 de maio de 2021, onde o prefeito Beto Lunitti e o secretário da Administração Nélvio José Hubner acabam com a Central de Especialidades. O documento foi publicado no Diário Oficial.

Ofício

Confirme está no Decreto, no dia 19 de fevereiro deste ano, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, de Inovação e Turismo (o secretário é Diego Bonaldo) encaminhou o Ofício nº 29/2021-SDE/GAB-PR “considerando a viabilidade de destinar-se a edificação construída no lote urbano nº 403, da quadra nº 02, situada no Loteamento Jardim Bela Vista, para a instalação da Central de Especialidades e do Ambulatório de Saúde Mental”.

Incubadora

Ainda de acordo com o Decreto, a Central de Especialidades passará a funcionar na Incubadora Industrial Germano Dal Bosco.

Complexo de Saúde

Sinceramente não entendi absolutamente nada, afinal, a Central de Especialidades Médicas Osvaldo Luís Ricci foi construída ao lado do Mini-hospital para que ali se formasse um complexo de saúde. Por isso o local foi reformado, a Central construída, assim como a nova Central de Fisioterapia e a Farmácia Central. Ou seja, tudo que foi feito será atirado na lata do lixo. De novo!

Estrutura

A Central de Especialidades foi projetada para atender a demanda não apenas da população, mas dos profissionais que lá trabalham e estão sendo atirados de um lado para o outro sem o menor respeito. Hoje atendem ‘amontoados’ no Centro Cultural Ondy Hélio Niederauer.

Remoção

Tão grave quando a decisão arbitrária de mudar o local sem consultar ninguém é a postura arrogante da atual diretora da Central que mandou, quem estivesse insatisfeito, pedir remoção.

Recursos

Além disso, ali foram empregados recursos vindos da Associação dos Portadores de Lesão por Esforço Repetitivo, graças a um acordo com a Justiça do Trabalho. O valor era para a construção da Central de Especialidades e reforma do Mini-hospital, mas para funcionar onde está e não numa incubadora industrial.

Luto

O Município de Maripá manifesta profundo pesar pelo falecimento da enfermeira, Alessandra Taki, ocorrido nesta quarta-feira (26), aos 42 anos. Alessandra era servidora pública municipal desde 2016 e atuava nos distritos de Candeia e Pérola Independente. Moradora do município de Marechal Cândido Rondon, a enfermeira estava afastada desde setembro do ano passado para tratamento de saúde.

Unidades fechadas

A Secretaria de Saúde comunica que as Unidades Básicas de Saúde de Candeia e Pérola Independente permaneceram fechadas na tarde de ontem, retornando ao atendimento normal na manhã de quinta-feira (27).