Coluna do Editor 28/04/2021

Competições

Ainda sobre asa acusações feitas ao vereador Valdomiro Bozó de que teria atrasado a votação de um projeto na área esportiva de propósito na Câmara de Toledo, as acusações feitas pela secretária Marli do Esporte e pelo vice-prefeito Ademar Dorfschmidt tinham um ‘componente oculto’. No caso uma emenda acrescentando algumas competições que não estavam na proposta original enviada ao Legislativo.

Poder

Nos bastidores os comentários são que a secretária pretende manter sob controle todos os eventos esportivos realizados em Toledo e quem não concordar…

Estratégia

É mais ou menos a mesma estratégia utilizada por Marli quando ocupou o mesmo cargo na primeira gestão do prefeito Beto Lunitti (2012/2016), atitude que não tem agradado algumas pessoas: dentro e fora da administração.

Orçamento

Além disso, outro motivo de reclamação é a questão do orçamento da pasta. Aguardem para ver…

Candidatura

Ainda falando em Marli, ela foi indicada para ser candidata a deputada pelo PSB.

Conflito

Nada mais natural, afinal, com o fim das coligações os partidos precisarão ter chapas completas em 2022. O problema será o conflito de interesses, até porque o vice Ademar já deixou muito clara sua intenção em também ser candidato a deputado estadual na eleição do próximo ano, com o apoio do prefeito Beto Lunitti.

E agora?

Resta saber como o prefeito vai lidar com a situação. Libera sua secretária e segue lhe fortalecendo ou apoia seu vice e segue lhe fortalecendo? Uma bela dor de cabeça já na largada.

Doação

O vereador Valdir Rossetto (PL) entregou uma bomba de infusão, como doação do seu salário para a saúde de Toledo. A bomba de infusão é um equipamento médico usado para entrega de fluídos como nutrientes e medicamentos, no corpo do paciente em quantidades controladas. É um equipamento que será usado não somente agora na pandemia como também nos mais diversos sistemas de tratamento, tanto nos hospitais como em UBS, no PAM e na UPA.

Ferroeste

Nesta quarta-feira (28) é aguardada uma equipe da Ferroeste em Toledo para discussão sobre a instalação de um terminal de transbordo na cidade. A informação é do líder de Governo na Câmara Municipal, vereador Dudu Barbosa.

Alerta

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná fez uma alerta aos órgãos que são fiscalizados pela instituição de que golpistas estão utilizando os nomes do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal para desviar dinheiro de contas de prefeituras e câmaras municipais. Segundo relatos que chegaram à Diretoria-Geral do TCE-PR, pessoas telefonam para órgãos públicos se passando por funcionários dos bancos estatais, informando a suposta necessidade de baixar arquivos para atualizar os sistemas informatizados. Quando isso é feito, a quadrilha obtém acesso às contas desses entes públicos e consegue desviar valores ali depositados.

Ataque

A Prefeitura de Jaboti (Norte Pioneiro) registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil relatando ter sido alvo de ataque cibernético nos dias 13 e 14 de abril. Segundo a notícia crime, foram retirados R$ 645.227,21 de contas mantidas pelo município na Caixa, volume equivalente a 40% das receitas totais do mês de março.

Emergência

Enquanto busca reaver o valor desviado, o prefeito de Jaboti, Regis Wiliam Siqueira Rodrigues, editou o Decreto nº 26/2021, declarando Estado de Emergência Financeira no município por 15 dias. Nesse período, ficará suspensa a emissão de empenhos para o pagamento de fornecedores, exceto de despesas consideradas essenciais pela administração.

Recusa

Outra prefeitura alvo dos golpistas foi a de Corumbataí do Sul (Região Central do Estado). Neste caso, o golpe não se consumou porque o tesoureiro desconfiou da abordagem e se recusou a instalar os arquivos indicados pelos criminosos.

Amop

O presidente da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) Leonaldo Paranhos, comandou reunião com secretários e diretores municipais de Assistência Social das 54 prefeituras da região Oeste do Paraná. Na oportunidade foram debatidas políticas públicas, projetos e programas que são desenvolvidos nos municípios. “É um momento muito importante de troca de experiências. Uma interação entre os municípios. Agradecemos a todos que participaram. Política pública não tem fronteira”, ressaltou Paranhos.