Dia das Mães diferente

Este domingo de maio sempre é diferente. É uma data especial e não apenas porque o friozinho típico do inverno vai se aproximando, mudando a paisagem e trazendo com ele aquele charme tradicional, com direito a queijos e vinhos, chocolate e uma lareira para aquecer o corpo. Mas o coração se aquece antes, neste segundo domingo de maio, quando se comemora o Dia das Mães, que este ano será diferente em função da pandemia do coronavírus e das restrições de deslocamento país e mundo afora.

Mesmo assim não faltará amor, palavras emocionada e emocionantes, assim como choro e abraços virtuais, afinal, não será esta doença e suas consequências capazes de apagar o sentimento que aflora. Prova disso são as histórias trazidas nesta edição do fim de semana com um especial de mães e filhos que não conseguirão estar lado a lado neste domingo para trocar afeto, carinho e respeito. Mesmo assim, graças aos avanços tecnológicos, será possível amenizar a saudade, deixar de lado um pouco a tristeza de não poder dar aquele beijo carinhoso e aquele abraço apertado, ou então curtir um ‘colinho’ tão especial que só a mãe da gente tem.

Aquela mãe ‘chata’ que nos fazia levantar cedo e arrumar a cama; aquela mãe turrona que nos fazia comer contra vontade e fazia estudar ou então que insistia para levar junto uma blusa porque iria esfriar. E esfriava! Aquela mãe mandona, que obrigava a ajudar em casa e ainda cuidar do irmão mais novo. Mãe amorosa e sábia no sentido de preparar pequenas almas para o que ainda estaria por vir adiante. Sabedoria materna não se explica, muito menos se discute. Obedece-se e pronto!

Este será um Dia das Mães diferente, sem dúvida, mas ainda assim será o dia delas, guerreiras que carregam no ventre a semente da vida ou então que herdam a missão de criar o filho de outras pessoas, afinal, mãe é quem cria. Mães naturais ou de coração que merecem todas as homenagens hoje e sempre, pois são elas que nos presentearam com o dom da vida, de poder hoje estar aqui e escrever para centenas, milhares de mães, mas em especial para uma mãe. Obrigado mãe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *