No ritmo da dança

É só ouvir um trechinho de uma música para o corpo começar a se movimentar. Pode ser num clássico ‘dois passinhos para a direita, outros dois para a esquerda’. Tem também os ritmos mais contemporâneos e elaborados. Há quem prefere os mais ‘calientes’ e sensuais ou ainda os folclóricos carregados de tradições e costumes.

Independente do estilo, a dança é uma das artes mais democráticas dos mundo. Ela está presente em todos os povos e é uma das três principais artes cênicas da antiguidade, ao lado do teatro e da música. Ela é considerada a primeira manifestação corporal do emocional humano, sendo praticada desde o período pré-histórico com diversos objetivos.

Dançar pode ser a forma de aliviar a tensão, de alegrar o dia, de colocar o corpo em movimento. Essa arte também é o sustento daqueles que ensinam e daqueles que encantam nos palcos e pistas de dança. Dançar é para todas as idades, mas pode ter significados diferentes para cada ‘dançarino’.

A dança une pessoas, expressa sentimentos, conta histórias e cura a alma. No Brasil, a dança tem inúmeros significados. Aliás, o país também é conhecido pelo samba e pelo Carnaval. A maior festa popular reúne pessoas e ritmos que agitam e colorem avenidas e bloquinhos. É uma arte contagiante.

Dançar também faz bem para o saúde. É uma atividade física completa que requer concentração e beneficia a coordenação motora, o sistema cardiorrespiratório, a flexibilidade, também promove um fortalecimento muscular e a queima de calorias. Isto mesmo, você se diverte e ‘de quebra’ cuida da sua saúde.

E a dança não tem restrição de idade, sendo indicada para auxiliar no desenvolvimento das crianças e para a longevidade. A arte também é uma poderosa aliada no processo educacional e ainda o ‘ganha pão’ de muitos empreendedores.

E para você, o que a dança representa? Apesar dos inúmeros estilos, cada um pode e deve dançar do seu jeito, no seu ritmo e no seu tempo. Então, aproveite o período do Carnaval e faça a festa no seu estilo. Arraste o sofá, ligue o som e deixe o seu corpo se levar pelo ritmo e a leveza da dança.