Uma nova fronteira

Quando o Grupo Muffato inaugurou sua primeira unidade em Toledo, na região do Jardim Porto Alegre, muitas pessoas acreditaram ser um erro estratégico fixar um supermercado numa avenida tão movimentada quanto a Parigot de Souza. O tempo passou e lá está o supermercado…Veio a segunda loja na entrada da Grande Pioneiro. Ah, outro erro estratégico…O tempo passou e lá está o supermercado…Agora o grupo inaugura nesta quarta-feira (28) sua terceira loja em Toledo, dessa vez o Max Atacadista no Jardim Tocantins, quase no fim do Jardim Coopagro. Será mais um erro estratégico?

Evidente que não porque um grupo do tamanho do Muffato pode até errar, entretanto, seus investimentos não são feitos por mera obra do acaso e o investimento em Toledo é uma aposta bastante séria sobre a perspectiva futura da cidade e da própria região.

Outra característica do Muffato é não serem construídas apenas lojas, mas sim conceitos de venda. Quando o primeiro supermercado da rede se instalou em Toledo trouxe consigo a expansão do horário de atendimento e também a abertura todos os dias da semana, isso sem mencionar em produtos que não eram oferecidos nas lojas locais. Na época foi uma verdadeira revolução no setor e no próprio comércio da cidade, acostumado com horários mais reduzidos e se manter fechado aos domingos. A discussão foi parar na Câmara Municipal e na Justiça. A realidade mostrou que a ousadia do Grupo Muffato à época antecipava uma situação inevitável.

O investimento na região do Coopagro é outra ideia inovadora, afinal, esta região é uma das que mais cresceram nos últimos anos, entretanto, ainda não contava com uma estrutura tão complexa para atender essa nova demanada. Além disso, o grupo traz o chamado ‘atacarejo’, ou seja, conseguirá atender micros e pequenos negócios, além do consumidor disposto a comprar em maior quantidade.

É uma nova fronteira que se abre para o Muffato, através da bandeira Max Atacadista, entretanto, é uma nova fronteira também para Toledo como um todo que ganha uma opção a mais de compra com qualidade e preço justo, ampliando a concorrência e fazendo com que esta também se movimente a fim de competir em condições de igualdade. Assim aconteceu no passado e a história se repete.