Mauro Picini Moda & Estilo 08/12/2020

Rede Mabu reforça equipe com novos Gerentes de Hotelaria e Tecnologia da Informação

A Rede Mabu anuncia dois nomes para o quadro executivo. Luiz Gustavo Alves, chega para assumir o cargo de Gerente Geral do Mabu Thermas Grand Resort. Com 16 anos de experiência e com passagens por Accor Hotéis, Blue Tree Hotéis, Palladium Hotel Group e GJP Hotels & Resorts ele estará à frente de toda a operação do Mabu Thermas Grand Resort.

Jorge Della Via Junior- Gerente de TI e Luiz Gustavo Alves- Gerente Geral do Mabu Thermas Grand Resort – Foto: Divulgação

“É uma honra estar gerente desse emblemático empreendimento para um destino turístico tão importante como Foz do Iguaçu. A expectativa é poder contribuir com toda equipe nesse momento de retomada, visando atingir os resultados financeiros, que são importantíssimos para prosperar o negócio, fortalecendo a hospitalidade que já uma tradição da família Mabu e multiplicando o propósito de alegrar as pessoas que escolhem nossa Rede tanto para se hospedar quanto para realizar seus eventos” disse Luiz Gustavo, Gerente Geral Mabu Thermas Grand Resort.

Marcelo Errera – Diretor de Controladoria da Rede Mabu, Jorge Della Via Junior- Gerente de TI, Wellington Estruquel- CEO da Rede Mabu e Luiz Gustavo Alves- Gerente Geral do Mabu Thermas Grand Resort – Foto: Divulgação

Também se junta à equipe, Jorge Della Via Junior, com grande experiência no ramo da tecnologia e quase 20 anos na hotelaria com passagens pela Rede Accor de Hotéis. Jorge chega para assumir a Gerência de Tecnologia da Informação da Rede.

“Estou muito feliz com esse novo desafio e com o convite para gerenciar toda a parte tecnológica da Rede Mabu. Poder somar e contribuir com esse novo pilar estratégico do Grupo, colocando tecnologia e inovação como ponto essencial no desenvolvimento, foi decisivo para a minha chegada. Utilizar tecnologia para melhorar os processos operacionais melhorando performance e levar experiência aos hóspedes para fidelizá-los é fundamental no segmento”, comemorou o novo Gerente Geral de TI.

Para Marcelo Errera, Diretor de Controladoria da Rede, a chegada de novas pessoas faz muito bem para o negócio. “Com novos profissionais os processos se renovam, oxigenando toda a estrutura, permitindo assim que novas estratégias operacionais e de atendimento sejam aplicadas, completou Errera.

O CEO da Rede, Wellington Estruquel, reforça que a busca por profissionais que possam contribuir com o crescimento do empreendimento é constante. “Nosso objetivo é encontrar pessoas que compartilhem da mesma visão corporativa. Temos certeza que os novos gerentes vão deixar nosso time ainda mais completo e pronto para oferecer a melhor experiência para nossos hóspedes e visitantes”, completou Estruquel

Festival das Cataratas prova que é possível promover evento seguro mesmo durante a pandemia

O momento atípico exigiu cuidados redobrados por parte dos organizadores do 15º Festival das Cataratas, que encerrou nesta sexta-feira (4), em Foz do Iguaçu. Os 3.578 participantes de todo o Brasil e América Latina se depararam com um evento com uma série de medidas sanitárias.

Com corredores espaçados, aferição de temperatura, totens com álcool gel espalhados por toda a feira, além de outras ações tecnológicas, a tradicional Feira de Turismo e Negócios serviu como vitrine de produtos e serviços de 103 marcas do turismo e suas áreas correlatas, além da geração de bons negócios.

“Todos nós, organizadores e público, tivemos a coragem e a resiliência de promover essa edição do evento. Com responsabilidade, mostramos que é possível promover a retomada do turismo de forma segura. Muitas pessoas dependem do setor, uma fonte econômica muito importante do nosso destino e do Brasil”, destacou Paulo Angeli, idealizador e coordenador do Festival das Cataratas.

Para promover uma experiência segura aos participantes, as inovações estavam por todos os lados. Robôs com radiação ultravioleta do tipo C (UVC), capazes de destruir qualquer tipo de vírus, fungos e bactérias, ajudavam no processo de higienização dos ambientes. A inovação é resultado de um projeto executado em parceria pela Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), com apoio da Receita Federal. Para evitar o contato com papel, materiais de divulgação puderam ser compartilhados por meio de uma ferramenta virtual.

Outra inovação ajudou a evitar aglomerações. Com o auxílio de cinco câmeras com a tecnologia IoT (Internet das Coisas), distribuídas por toda a Feira, e conceitos de Inteligência Artificial, o software +AnalíticoEventos, desenvolvido pelas empresas Primer Analitycs e Prime Shopper, permitiu a contagem inteligente de pessoas, indicando a porcentagem de ocupação em relação à lotação máxima permitida, que no caso do Festival não ultrapassou os 65%.

Legado para a cidade
Os 20 totens de higienização das mãos com álcool gel, que foram utilizados no Festival das Cataratas, em breve estarão em outros eventos e ações da cidade. Os equipamentos são fruto de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu – por meio da Diretoria de Assuntos Internacionais, pertencente a Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos – e o Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina), que foi responsável pela doação.

A próxima edição do Festival das Cataratas deve voltar a ser realizada nada data tradicional do evento, em junho de 2021. O evento tem como parceiros o Governo do Paraná, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Paraná Turismo, Sebrae, o Visit Iguassu e CNC Fecomércio/PR.