Mauro Picini Programe-se 02/07/2021

Turismo e café andam juntos em Foz do Iguaçu

O Walk du Café passa por cinco cafeterias para degustação dos melhores cafés, que oferecem uma experiência sensorial diferenciada.

O Destino Iguaçu oferece uma gama de atividades turismo e lazer que vai além dos atrativos turísticos. Um exemplo é o Walk du Café, passeio por cinco cafeterias no centro da cidade, onde se faz degustação de café das diferentes regiões do Brasil. Através de rápidos laboratórios, as pessoas aprendem sobre a forma adequada de se preparar o café, um pouco sobre a cultura, costumes e história de Foz do Iguaçu.

Já se sabe que o café é uma das bebidas preferidas dos brasileiros e também uma das mais estudadas no mundo. No entanto, cada consumidor tem sua preferência, seja pelo mais forte e amargo, mais ácido, com notas sensoriais ou simplesmente um café com gosto de café.

A ideia foi do gerente de marketing, Garon Piceli, que depois de uma viagem ao sul, resolveu colocar no papel o passeio que une caminhada com cafeterias, que estão em alta em Foz do Iguaçu e revela que mais passeios diferentes assim estão para ser estreados em breve. “Temos um projeto de passeios de caminhada em Foz, como o Free Walk Tour – que acontece nas principais turísticas do mundo, e agora o Walk du Café. Em breve estamos planejando uma caminhada nas cervejarias da cidade e também nos butecos”, conta Garon.

Os turistas Thiago Ceribelli e Renata do Carmo aproveitaram a vista à Foz do Iguaçu para fazer o delicioso passeio pelas cafeterias, a fim de vivenciar esta experiência sensorial.

O casal foi guiado por André Luiz, do Iguassu City Tour, que durante o percurso de aproximadamente três horas e meia, fez uma breve explanação, que foi desde a descoberta do café até os dias atuais.

A primeira visita foi na Pop Art Café, cafeteria vegana e o grupo degustou um delicioso café orgânico e cobertura de chantilly vegano, feito a partir da água do grão de bico, salpicado com cravo ou canela. A proprietária Michelle surpreendeu os turistas com uma porção de pizza vegana, cortadas em pequenas fatias, para acompanhar a degustação.

Durante a caminhada, o guia André fala um pouco sobre a cultura, costumes e sobre os nomes de personagens históricos, que batizaram as ruas mais antigas da cidade, como Edmundo de Barros e Almirante Barroso. Também Sobre a Avenida Brasil, que é o maior centro comercial aberto da cidade e a Avenida Juscelino Kubitscheck, onde está localizada cafeteria Café com Passagem.

O Café com Passagem alia cafeteria, coworking e agência de viagens emissiva. O local surpreende pelo ambiente despojado, tranquilo e elegante. Na cafeteria, o grupo degustou o café, que é considerando o melhor do mundo e produzido pela Família Afonso/MG. Também foram surpreendidos por tutorial, apresentado poelo barista Arnaldo Bortoli Neto, sobre o preparo da deliciosa bebida, produzida com cafés especiais. No final, o casal ganhou um copo especial para continuar saboreando o café.

A próxima cafeteria foi a Mr Cake, onde se experimentou um café preparado de acordo com o costume da cultura árabe. Além de receber uma aula sobre o Líbano, país de origem da família. A cafeteira é comandada por Nuhad Younes e Lara Younes, que explicam que o café árabe não é coado, mas colocado dentro de um bule e depois a água na temperatura apropriada. Para servir, deve-se despejar lentamente na xicara para borra não sair junto. Para acompanhar, foi servido um bolo de açafrão com pistache, produzido ali mesmo.

A próxima confeitaria tem um apelo mais esportivo, inspirados nas cafeterias da Holanda. Além do café fermentado, no ambiente se encontra lanches, bicicletas, roupas e acessórios sobre o esporte. A Noves Bike Café está bem no centro da cidade e reúne um público diversificado, que vai do ciclista, até os amantes do café. O anfitrião João Paulo também faz uma apresentação aos turistas sobre a a forma correta de se extrair o melhor café.

A última cafeteria do roteiro é a Boutique de Café. Esta oferece o produto que vem da própria fazenda, que fica no interior de São Paulo. O barista, começa a explanação mostrando os pés de café, carregados de grãos, que estão plantados na frente da cafeteria. Durante o pequeno laboratório, é mostrado a torra, a moagem e a forma correta de se preparar o café. O barrista diz que o importante é não deixar a água ferver, pois vai queimar o pó de café, e deve-se colocar em etapas com intervalos de 30 segundo, até finalizar a quantidade desejada.

Sobre o passeio
O roteiro Walk du Café é muito interessante, pois apresenta a história de uma das bebidas mais consumidas no mundo. Nesse roteiro turístico, os turistas também têm a oportunidade de conhecer o centro de Foz do Iguaçu, conferir o comércio, onde estão os restaurantes e conviver rapidamente com os moradores da cidade. O passeio é acompanhado por um guia de turismo, especialista que leva todas as informações necessárias para deixar um aprendizado e experiencias sensociais guardadas na memória.

Serviço
Dias e horários de saída
Segundas, quartas e sextas-feiras: das 15h às 18h30
Saídas: Rua Edmundo de Barros, 157 –
Tell: (45) 3026-4001
https://iguassucitytour.com.br/