Mauro Picini Sociedade + Saúde 28/04/2021

Parque Tecnológico Itaipu desenvolve solução inovadora para Companhia Hidrelétrica do Rio São Francisco

A parceria para a construção dessa solução inovadora foi possível graças a expertise de mais de 10 anos no setor elétrico

O Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), em parceria com a Universidade de Pernambuco (UPE) e o Instituto de Tecnologia Edison Mororó Moura (ITEMM), está desenvolvendo uma solução inovadora de minigeração de energia solar com armazenamento em baterias para o sistema auxiliar de subestações da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

O projeto contribuirá para o aumento da confiabilidade e da segurança no setor elétrico. De acordo com o engenheiro eletricista do Centro de Automação e Simulação de Sistemas Elétricos do PTI-BR, Dabit Sonoda, trata-se de uma solução híbrida com uma série de vantagens e benefícios.
“Um conjunto de painéis solares vai receber insolação durante o dia e vai carregar essas baterias ou fornecer o excedente para a rede elétrica local. Se em algum momento do dia estiver nublado (ou durante a noite) e for necessário utilizar essa energia, ela estará em condições para ser fornecida com maior segurança e estabilidade”, explicou o engenheiro.

Além disso, trata-se da geração de uma energia limpa, o que contribui no combate às emissões de gases do efeito estufa e soma esforços na proteção do clima global.

Outro ponto destacado por Dabit Sonoda é a sinergia com programas já existentes na companhia. “A Chesf possui o Programa Conta Zero. Atualmente, a companhia paga pela energia consumida à concessionária local; portanto, tem gastos. Essa solução tem, além de outros benefícios, a possibilidade de reduzir ao máximo as contas das instalações da Chesf”, disse Sonoda.

Centro de Automação e Simulação
A parceria para a construção dessa solução inovadora foi possível graças à expertise desenvolvida pelo Centro de Automação e Simulação de Sistemas Elétricos do PTI.

Para o diretor superintendente do PTI, general Eduardo Garrido, o PTI tem vasta experiência em projetos no setor elétrico. “O Parque possui infraestrutura e equipe técnica qualificada para o desenvolvimento de soluções de monitoramento e execução de testes em equipamentos utilizados no setor elétrico. Por exemplo, temos um simulador digital que, em tempo real, é capaz de executar testes que apresentam elevado grau de fidelidade. Grandes empresas já contrataram os serviços do PTI nessa área”, afirmou o general Garrido.

Já foram realizados por esse Centro de Competência aproximadamente 100 ensaios, envolvendo grandes empresas como Itaipu Binacional, Cemig, Copel, Neo Energia, Enel, além dos fabricantes Asea Brown Boveri (ABB), General Eletric (GE), Siemens, Schneider Electric, Schweitzer Engineering Laboratories (SEL), entre outros.

Prati-Donaduzzi oferece oportunidades de trabalho na área da construção civil

Há 9 anos na Prati-Donaduzzi, o colaborador Luis Carlos de Carvalho, atua na área de construção civil da empresa – Foto: Jéssica Dona

A indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi, com sede em Toledo, no Oeste do Paraná, está com mais de 60 vagas abertas, para contratação com urgência, de pedreiros e serventes de pedreiro, eletricistas e auxiliares de eletricista. Com planos robustos de crescimento nos próximos anos, a empresa busca profissionais da área da construção civil para execução de atividades em sua sede.

As contratações são em regime de CLT e a indústria oferece um salário acima do piso da categoria e mais benefícios, como: vale-transporte, vale-alimentação, plano de saúde, plano odontológico, seguro de vida, participação nos lucros, bônus semestral, estacionamento próprio, restaurante, associação de funcionários, incentivo à capacitação e educação.

Os novos colaboradores farão parte do desenvolvimento da farmacêutica para os próximos anos. A Prati-Donaduzzi tem o objetivo de aumentar em mais de 40% sua capacidade produtiva e atingir a produção de 17 bilhões de doses de medicamentos ao ano. Para que isso aconteça uma nova unidade fabril está sendo construída, além de outras edificações e adequações estruturais da empresa.

Perfil e habilidades
Para o cargo de pedreiro é necessário ter ensino fundamental, facilidade de trabalhar em equipe, perfil proativo, comprometido com as entregas e experiência comprovada em carteira de trabalho. Já para a função de servente de pedreiro são necessárias as mesmas habilidades, exceto experiência em carteira.

Para a função de eletricista é necessário ensino médio completo, curso técnico em elétrica ou eletrotécnica, desejável experiência como eletrotécnico ou eletricista, curso completo de NR10 e perfil proativo, comunicativo e comprometido com as entregas. Já para auxiliar de eletricista é necessário ensino médio completo, curso técnico em elétrica ou eletrotécnica (diferencial), desejável experiência na função, curso de NR 10 e perfil proativo, comunicativo e comprometido com as entregas.

“Temos um compromisso com a saúde dos brasileiros em ofertar ainda mais possibilidades de tratamento com nossos medicamentos. Para produzirmos mais precisamos crescer e as novas contratações vêm a somar com isso. Quem vier fazer parte do nosso time e estiver comprometido com nossos valores vai crescer com a gente”, explica o supervisor de Recrutamento e Seleção, Fernando Francisco do Nascimento, ao se referir que todas as oportunidades oferecidas pela empresa projetam o crescimento profissional.

Como se candidatar:
Interessados podem cadastrar o currículo no site: http://bancotalentos.pratidonaduzzi.com.br/ ou entrar em contato pelo número (45) 2103-1220 ou pelo WhatsApp (45) 99961-0022. O candidato também poderá procurar o setor de Recrutamento e Seleção em horário comercial de segunda a sexta, munido da carteira de trabalho.

Nutrição com vinho, hidratação a laser e trimming: estética animal oferece tratamentos cada vez mais avançados

O mercado pet, que não deixou de expandir mesmo durante a pandemia, tem
se especializado em técnicas especiais de cuidados de higiene e bem estar para gatos e cachorros

Manter a saúde, conforto e qualidade de vida dos animais de estimação exige uma série de cuidados que devem fazer parte da rotina. E o segmento de produtos e serviços para o universo pet tem evoluído cada vez mais nesse quesito. Se antes os estabelecimentos especializados se limitavam a oferecer apenas banhos e tosas padronizadas, hoje as opções de tratamentos para higiene e bem estar de cães e gatos vão muito além do básico, incluindo serviços e produtos específicos para garantir a beleza, resistência e formato ideal dos pelos.

Os tradicionais banho e tosa, continuam como os principais cuidados indispensáveis para o bem estar animal, mas as hidratações e nutrições de pele e pelos tem conquistado cada vez mais adeptos. Em Curitiba (PR), a Esalpet, rede de petshops com seis unidades da capital paranaense, passou a apostar em tratamentos diferenciados. “Hoje, oferecemos também tosa higiênica, tosa higiênica especial, tosa a tesoura, hidratação, nutrição com vinho, hidratação a laser e clareamento a laser. São opções diferenciadas que colaboram diretamente não só com a aparência, mas também com a saúde e conforto dos pets”, comenta Bruno Esperança, diretor geral da Esalpet.

Complemento à higiene e bem estar dos pets, a nutrição com vinho, por exemplo, proporciona um processo de hidratação e revitalização que promove brilho, cria uma camada protetora e retarda as consequências do envelhecimento do pelo já que possui propriedades antioxidantes. “É um procedimento realizado com produto especifico para animais aplicado diretamente no pelo logo após o banho”, explica Bruno. Outro destaque entre os tratamentos é a hidratação a laser. “O processo completo consiste em realizar o banho, hidratar o pelo do animal ainda úmido com o creme específico e então passar o feixe de luz de laser em toda a pelagem antes do enxágue, o que garante maior absorção do produto potencializando os benefícios da hidratação, que é semelhante a hidratação de cabelos conferindo força e vitalidade aos pelos”, detalha o especialista.

Entre as opções de tosa, a variedade tem sido cada vez mais maior, evoluindo para suprir e se encaixar nas necessidades de cada tipo de pelagem. Um exemplo é o tipo de corte de pelo classificado como trimming. “O trimming é um conceito que se adapta ao pelo do cão. Diferente da tosa comum, ele não é realizado com a máquina, nem mesmo retira uma quantidade tão grande de pelos. Neste formato, os pelos são aparados com tesoura, respeitando a característica natural da raça e da aparência da pelagem, buscando a retirada de excesso para um visual mais harmônico e confortável para o cão. Um bom exemplo para essa técnica é o estilo de pelos dos cachorros da raça Golden Retriever, os quais não é indicado a tosa comum, sendo o trimming o modelo ideal para retirar apenas o necessário preservando as camadas de pelo e subpelo”, esclarece Bruno Esperança.

Há também opções de tratamentos de higiene e bem estar importantes que incluem escovação de dente, corte de unha e tosa higiênica. O preço desses tipos de serviço pode variar de acordo com cada estabelecimento e em geral é classificado levando em consideração a raça ou porte do animal e categorizado por peso e tamanho do pelo. “ Todos os procedimentos estéticos são seguros e não geram nenhum desconforto aos cães, além de promover até mesmo um relaxamento para o animal, potencializando a sensação de bem estar e a qualidade de vida, que é o mais importante”, completa o diretor geral da Esalpet.