Mauro Picini Turismo 22/07/2021

Ação comercial movimenta 190 mil pessoas no Youtube e fortalece a economia de Foz do Iguaçu

Durante cinco dias e mais de 20 horas de transmissão ao vivo pelo canais do Youtube, Facebook e Instagram, turistas compraram pacotes de turismo com descontos oferecidos por hotéis, restaurantes, transportes e atrativos turísticos do Destino Iguaçu

O turismo é uma das principais indústrias da economia brasileira e com a pandemia, causada pela Covid-19 foi-se reduzido a quase zero. Centenas de empresas de diferentes segmentos fecharam as portas, outras estão definhando dia a dia e gerou centenas de desempregos . Para dar um fôlego e reaquecer a economia motivados pela gradual evolução da imunização, empresas de Foz do Iguaçu se uniram e fizeram uma grande campanha, chamada Semana de Foz. A ação foi realizada de 09 a 13 de junho, durante as comemorações dos 107 anos de Foz do Iguaçu.

Conforme dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em abril houve um crescimento nacional de 0,7%, que se enquadra dentro do esperado, porém está abaixo do nível pré-pandemia. A expectativa é chegar a 4,6% no crescimento do volume de receitas dos serviços em 2021. A estimativa tem como base os dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) de abril, divulgada no dia 11 de junho pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mês passado, a expectativa de aumento para o setor havia ficado em 4%, ante os dados negativos de março.

Para o Secretário de Turismo, Projetos Estratégicos e Inovação, Paulo Angeli, as inovações mostram a resiliência do turismo e a pandemia foi somente uma paradinha para que o setor desse um passo atrás, para poder dar impulso para um retorno com força total. “A Loumar sempre foi uma empresa âncora na inovação do turismo na nossa região e eu acredito que no mês de julho, já vamos ter um aumento substancial na visitação turística. Os meses de setembro e outubro devão apresentar um crescimento maior de visitação, pois é quando o índice de vacinação deve estar superior a 50%. Até o final do ano já vamos comemorar um crescimento mais satisfatório”, comemora o secretário Paulo Angeli.

Em Foz do Iguaçu, o turismo teve uma melhora em janeiro e fevereiro deste ano, mas com a vinda da segunda onda, março e abril tiveram uma queda acentuada. Maio teve crescimento e o setor espera que junho seja melhor que o mês anterior e julho se some uma porcentagem ainda maior, mas sempre pautados dentro da crise que o mundo atravessa. “O momento é de reivenção total na comercialização de serviços turísticos e estamos fazendo ações nunca vista antes por nenhuma empresa do mundo. Mês a mês vamos ter aumentos e com uma melhoria significativa até o final de ano. Cremos que vamos abrir as portas para um 2022 para uma retomada mais sólida”, acredita o CEO do grupo Loumar, Marcelo Valente.

Paulo Angeli: “Até o final do ano já vamos comemorar um crescimento mais satisfatório no turismo”.

Inovação para acelerar a economia
Durante cinco dias a campanha de marketing promoveu 11 lives com venda de pacotes de turismo e passagens aéreas, ao vivo e em tempo real. As transmissões foram feitas pelos canais do Youtube, Facebook e Instagram e as empresas envolvidas nas promoções, disponibilizaram preços, vídeos e material de divulgação.

A campanha impactou cerca de 190 mil pessoas durante as mais de 20 horas de transmissão ao vivo. Milhares de pessoas tiveram acesso às informações sobre o setor de turismo da região das Três Fronteiras. Já os profissionais que trabalham com a venda do turismo, tiveram a oportunidade encontrar bons preços, condições, facilidades, segurança e assistência na hora de comprar ou elaborar as suas viagens.

Durante a Semana de Foz, as empresas do setor de turismo e comércio da região das Três Fronteiras ofereceram descontos de até 70% para o público final e também agências de turismo. A ação foi coordenada pela Loumar e colocou seus especialistas para apresentação das lives e captação das vendas.

Muitos perfis de empresa participaram da campanha, como operadoras e agências de turismo e, também os autônomos que perderam o emprego durante o período de pandemia. Estes profissionais passaram a trabalha home office a fim de prover seus sustentos, além de continuar atendendo os clientes que conquistaram ao longo de suas carreiras.

Este é o caso da agente de viagem Debora Judith Corbari, da agência Voe Mundo Viagens de Cascavel, que se reinventou em seguida que começou a pandemia. A agente revela que foi fácil se adaptar e organizar a rotina e horários. “Às vezes trabalhamos até fora do horário comercial para poder ajudar os clientes que tem pouco tempo no dia a dia”, destaca.

Debora Corbaria conta que não foi difícil se adaptar, pois os clientes não queriam e expor por causa do Covid. “Então ficou tranquilo, pois temos uma boa carteira de clientes, que confiam no nosso trabalho. Outro coisa boa que aconteceu, foi que o número de clientes cresceu depois que começamos a trabalhar home office”, comemora Debora Corbari.

As lives mexeram com milhares de pessoas e uma boa parte foi de público final, que usaram a campanha para aproveitar os descontos para viajar à Foz do Iguaçu. A engenheira eletricista de Recife/PE, Keylla Rayanne Albuquerque Guerra, comprou hospedagem, transfer e ingressos dos atrativos durante a campanha Semana de Foz e a viagem dela está marcada para a próxima semana. “Achei super econômico e mesmo que os valores fossem parecidos, a condição de pagamento influenciou muito. Também levei em conta a facilidade e o atendimento dos especialistas que me deixaram bastante segura”, revela a Keylla Guerra.

Descobrindo novas formas de compras
Mario Kazumi Shirabe mora em Londrina e tem parentes em Foz do Iguaçu, mas sempre fazia os passeios com o carro próprio. Depois de assistir a live da Loumar em janeiro deste ano, resolveu comprar tudo por lá. “Achei uma inovação bem sacada em tempos de pandemia. As campanhas pelo Youtube e Whatsapp é um novo conceito em compras diretas. Gostei muito e aprovei a facilidade, principalmente pela segurança que a empresa repassa e a maleabilidade de negociação”, aponta Shirabe.

Shirabe veio a Foz do Iguaçu com a família e compraram ingressos para o transfer para as compras em Ciudad del Este/PY, city tour no Paraguai, city tour em Foz, ingressos para atrativos locais, combos, almoço, jantares e até foram tomar o puro café, na cafeteria Café com Passagem. “Os descontos valeram super a pena. Além dos preços serem atrativos, o parcelamento é o que mais facilita muito. No entanto, eles não são somente vendedores, mas transmitem carisma, segurança e orientam muito bem sobre os produtos ou serviços”, complementa Maria Shirabe.

Serviços
WhatsApp: (45) 3521 4001
Telefone: (45) 3521 4000
E-mail: [email protected]
https://www.youtube.com/user/loumarturismo
Instagram: https://www.instagram.com/loumarmais/