Após problemas técnicos, Rio e SP voltam a registrar casos da covid-19

Após problemas técnicos desde a madrugada da última quinta-feira, as secretarias de saúde dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro informaram nesta quarta-feira, 11, que o sistema de notificação do Ministério da Saúde foi normalizado. Os números apresentados sobre a covid-19, no entanto, ainda podem ser inferiores ao real, pois o problema também dificultou a inserção dos óbitos pelos municípios.

“Com a retomada do sistema, é esperado que as prefeituras notifiquem estes óbitos ‘represados’ durante o período de falha no SIVEP (Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica), o que pode gerar uma falsa ideia de alta de mortes nos próximos dias”, informou a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo.

Servidores do Ministério da Saúde dizem que um hacker invadiu o sistema durante a madrugada da última quinta-feira. A versão não é confirmada pela pasta, que também ainda não divulgou nota sobre a normalização do sistema. Segundo as secretarias, o acesso foi restabelecido na noite de terça-feira, permitindo a extração dos dados nesta quarta.

O Estado de São Paulo registrou o total de 39.907 óbitos e 1.150.872 casos do novo coronavírus. Desde o dia 6 foram acumulados 190 novos óbitos. De terça para quarta-feira, houve 3.421 novos casos da doença. O número de infectados durante o período em que houve problema no sistema foi extraído pela pasta via E-SUS, que notifica apenas casos leves.

O Estado registra ainda 1.049.348 pessoas recuperadas, sendo que 125.763 foram internadas e tiveram alta hospitalar. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 44,6% na Grande São Paulo e 40,8% no Estado.

O número de pacientes internados é de 7.236, sendo 4.090 em enfermaria e 3.146 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h desta quarta-feira. Hoje, os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 591 com um ou mais óbitos.

Rio

O Estado do Rio de Janeiro registrou 65 mortes por covid-19 e 1.645 novos casos da doença no período de 24 horas, segundo boletim da Secretaria Estadual de Saúde desta quarta-feira. Até agora, 20.970 pessoas morreram em função do coronavírus no Estado do Rio, que registra 320.598 casos da doença. Mais 489 mortes estão sendo investigadas, sob suspeita de terem sido causadas pela covid-19, e 295.009 pacientes se curaram.

Os dez municípios que concentram mais mortes por covid-19 no Estado do Rio de Janeiro são a capital (12.322), São Gonçalo (799), Duque de Caxias (791), Nova Iguaçu (697), Niterói (532), São João de Meriti (497), Campos dos Goytacazes (437), Belford Roxo (327), Petrópolis (273) e Magé (259).

Os dez municípios com maior número de casos são o Rio de Janeiro (123.874), Niterói (16.729), São Gonçalo (15.101), Belford Roxo (11.209), Duque de Caxias (11.006), Macaé (9.879), Campos dos Goytacazes (8.396), Nova Iguaçu (8.004), Teresópolis (7.974) e Volta Redonda (7.779).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *