Biden defende aprovação de pacote fiscal e pressiona Trump por dados sobre covid

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, defendeu a aprovação de um pacote fiscal pelo Congresso americano para superar a crise do novo coronavírus no País, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira, 16. De acordo com Biden, que diz ter conversado com líderes sindicais e CEOs de empresas americanas como a Microsoft e General Motors, é importante que o governo americano não poupe esforços para controlar o novo coronavírus e possibilitar a retomada completa da atividade econômica nos EUA.

Após comemorar os resultados divulgados por Pfizer e Moderna sobre a eficácia de suas vacinas experimentais contra o novo coronavírus, Biden pressionou o governo de Donald Trump a repassar as informações disponíveis sobre a pandemia do novo coronavírus no País. “Mais pessoas podem morrer se não coordenarmos a transição para a nova administração”, disse o presidente eleito sobre a recusa de Trump em repassar os dados da pandemia.

Para Biden, é importante que os cidadãos americanos continuem usando máscara enquanto uma vacina contra o novo coronavírus não esteja disponível a todos. O democrata ainda afirmou que “não hesitará” em tomar um imunizante assim que uma das vacinas candidatas for aprovada nos EUA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *