Luis Arce assume presidência na Bolívia e faz apelo à reconciliação no país

O presidente eleito da Bolívia, Luis Arce, assumiu neste domingo, 8, a presidência do país e fez um apelo à reconciliação da nação. A Bolívia passa por um momento delicado politicamente, após o padrinho político de Arce, Evo Morales, ser obrigado a renunciar ao cargo sob suspeitas de fraude nas eleições anteriores.

Em seu discurso de posse, Arce chamou o governo transitório de Jeanine Áñez de “brutal” e “golpista” por ignorar – segundo disse – “a vontade do povo” nas eleições anuladas denunciadas como “maliciosas” pela Organização dos Estados Americanos (OEA). Áñez não compareceu ao juramento.

O presidente da Bolívia disse também que está comprometido em consertar o que estava errado e aprofundar o que estava certo.

Arce assume um país dividido e polarizado, e terá como missão pacificar as disputas políticas e recuperar a economia boliviana, duramente atingida pela pandemia do novo coronavírus. (FONTE: ASSOCIATED PRESS)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *