‘Não vou poupar esforços para controlar o vírus assim que tomar posse’, diz Biden

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que a pandemia de coronavírus deve piorar no inverno no Hemisfério Norte, antes da disponibilização de uma vacina eficaz contra a doença. “Não vou poupar esforços para controlar o vírus assim que tomar posse”, disse, em discurso após reunião com um conselho de especialistas reunido para tratar da crise.

O democrata voltou a comemorar a notícia de que o imunizador experimental desenvolvido pela Pfizer, em parceria com a BioNTech, se mostrou 90% eficaz, de acordo com dados preliminares da terceira fase dos ensaios clínicos. No entanto, ele ponderou que vai demorar alguns meses até que o país possa fazer a vacinação em massa, que, segundo ele, será gratuita. “Temos um desafio diante de nós e ele está crescendo.”

Enquanto a imunização não ocorre, Biden exortou os americanos a usarem máscara para desacelerar a transmissão do vírus.

O ex-vice-presidente pediu o fim da politização do uso da proteção facial e lembrou que a eleição acabou e que o partidarismo deve ficar para trás. “Máscara continua a arma mais potente contra o coronavírus”, caracterizou, acrescentando que o combate à doença, incluindo aprovação da vacina, será guiado pela ciência .

Biden também informou que seu governo lançará um guia com medidas para que empresas reabram de forma segura.

Ele explicou ainda que o conselho que o assessora inclui especialistas em saúde global. “Vamos restaurar a liderança americana no mundo”, garantiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *