Obrador diz que parabenizará vencedor nos EUA após batalha jurídica

O presidente do México, Manuel López Obrador, afirmou nesta segunda-feira, 9, que não vai parabenizar o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, antes da resolução da batalha jurídica travada pelo atual líder da Casa Branca, Donald Trump. “Não queremos ser imprudentes nem agir precipitadamente”, disse.

O presidente mexicano é um dos poucos aliados dos EUA que negaram o reconhecimento do resultado da eleição, incluindo o presidente Jair Bolsonaro e o líder da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

Fonte: Dow Jones Newswires.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *