Peru: centrista Francisco Sagasti toma posse, em meio a crise política

O deputado centrista Francisco Sagasti tomou posse nesta terça-feira. 17, como presidente do Peru, o terceiro líder político a assumir o cargo em apenas nove dias, após uma série de protestos contra seu antecessor deixar dois mortos e mais de 100 feridos.

Sagasti assumiu após um minuto de silêncio pelos dois falecidos. “Em nome do Estado, peço seu perdão”, disse ele, olhando para um grupo de parentes dos mortos que compareceu à cerimônia.

O presidente interino, pertencente ao centrista Partido Púrpura, indicou que seu governo oferecerá “neutralidade” nas próximas eleições presidenciais e legislativas marcadas para abril de 2021.

Sagasti garantiu que sua gestão do orçamento público será “responsável” e pediu aos empresários que se comprometam com a reativação econômica do país, cujas perspectivas para 2020 são sombrias. O Fundo Monetário Internacional (FMI) projeta que o Produto Interno Bruto (PIB) peruano cairá 14% este ano.

O Peru está saindo de sua pior crise política em duas décadas. A decisão do Congresso de destituir o popular ex-presidente Martín Vizcarra na semana passada gerou protestos generalizados. O sucessor Manuel Merino, um político pouco conhecido, durou apenas seis dias. Fonte: Dow Jones Newswires.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *