Foco na saúde: atividade física potencializa qualidade de vida

É mais do que a busca por um corpo dentro das medidas desejas, é a busca por saúde e qualidade de vida. Nem sempre é na primeira tentativa que encontramos a atividade física que completa: libera endorfina na dose certa, motiva para que seja uma prática contínua e traga os resultados desejados ligados a autoestima.

A empresária, Juliane Jacobs, confessa que demorou um tempo para encontrar a atividade física ideal. Faz mais de um ano e meio que ela passou a treinar ao ar livre e, neste dia 6 de abril – Dia Mundial da Atividade Física – celebra os resultados. “Antes, fiz várias tentativas e nada eu gostava o suficiente. Sempre tive o sentimento de que atividade física precisa dar aquela sensação de prazer”.

Duas vezes na semana, Juliane acorda cedo para treinar. “Praticar esse tipo de atividade vai além da saúde física. Sentir essa energia da natureza, o sol, o vento, tudo interfere no emocional e permite que meu dia seja melhor. Levo isso para a minha família, para o meu trabalho, para o meu dia. É algo que motiva, pois só traz benefícios”, destaca.

OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA – Juliane relata que antes de praticar a atividade com periodicidade sentia com mais intensidade um problema de saúde. “Tenho um problema na coluna e depois que passei a treinar melhorou muito minhas condições, consegui fazer coisas que antes já não podia mais. Com a pandemia e o estresse voltei a sentir fortes dores e tive o pensamento de parar a atividade, contudo, contei com o apoio de uma equipe multidisciplinar que me ajudou a superar essa dificuldade e não desistir de manter minha qualidade de vida”.

FOCO NA SAÚDE – O treinador esportivo/personal trainer, Fábio Bento, declara que a atividade física visa promover a qualidade de vida e traz diversos benefícios. “Por conta da pandemia, neste momento é fundamental, mantermos uma boa manutenção dos padrões de imunidade, evitar o aumento de peso, o sedentarismo e as doenças cardiovasculares”.

O profissional ainda pontua que a data deve servir como um sinal de alerta para aqueles que estão levando uma vida sedentária. Ele comenta que é preciso buscar algo que atenda as expectativas em todos os sentidos e deve ser iniciada de maneira moderada, pois o foco é priorizar a imunidade.

“A atividade física, hoje e sempre, é extremamente importante. A população cada vez mais reconhece a importância que é manter o corpo em movimento. O ideal é iniciar aos poucos, quem está parado, buscar apoio de um profissional habilitado para evitar problemas, atender as recomendações do momento, pois estamos em combate a uma pandemia, sentir prazer na atividade escolhida e não perder o foco em cuidar da saúde”, finaliza.

Da Redação

TOLEDO