Após adotar ortodoxia, BC turco deve manter juro em 17% por ao menos 6 meses

A decisão do Banco Central da Turquia de elevar seu juro básico em mais dois pontos porcentuais nesta quinta-feira, a 17%, dá confiança extra aos investidores de que a mudança da instituição para a ortodoxia “chegou para ficar”, segundo a Capital Economics.

A lira turca se fortaleceu na esteira da decisão, e a consultoria britânica acredita que a moeda tem fôlego para subir mais nos próximos meses.

Para a Capital, o BC turco provavelmente já fez o suficiente para conter a inflação, que vem acelerando nos últimos meses, e provavelmente manterá sua taxa básica em 17% por ao menos seis meses. Em novembro, a instituição há havia elevado a taxa, de 10,25% a 15%.