Campos Neto: teto não só não atrapalhou como permitiu ao Brasil gastar mais

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira, 4, que a adoção do teto de gastos no Brasil foi positiva. Sem o teto, segundo ele, o País não teria “a menor possibilidade de fazer os gastos que fizemos” durante a pandemia. “O teto não só não atrapalhou como permitiu ao Brasil gastar mais”, defendeu.

Conforme Campos Neto, isso é justificado pelo fato de que os agentes econômicos, com o teto de gastos, esperam que o governo retorne para a trajetória de equilíbrio fiscal. “A falta de credibilidade faz com que tenha desorganização de preços, que atrapalha o crescimento lá na frente”, pontuou.

Campos Neto afirmou ainda que existe um “ponto de inflexão” no qual o País não consegue mais gastar. “Existe uma luz vermelha acesa, dizendo: ‘você precisa voltar para a disciplina fiscal'”, afirmou.

Campos Neto participou nesta noite de entrevista ao canal virtual “Me Poupe!”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *