Disparidades sociais influenciam desempenho da economia, diz presidente do Fed

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, afirmou que as “disparidades sociais influenciam o desempenho da economia e temos persistentes diferenças (sociais) nos EUA”. Ele comentou que, sem fazer qualquer análise sobre quaisquer planos de gastos federais específicos, a política fiscal é mais eficiente para aliviar os problemas financeiros das famílias mais afetadas pela crise gerada pela pandemia do coronavírus.

“A política monetária não é desenhada para esta finalidade”, apontou Powell.

Em depoimento ao comitê bancário do Senado, ele ressaltou que a alta recente de algumas commodities metálicas ocorre no contexto de recuperação da economia americana. “Isto é um bom sinal e está ok.”