Eletrobras buscará ativos de transmissão próximos às subsidiárias

A atuação das subsidiárias da Eletrobras no leilão de transmissão que acontecerá em dezembro será regionalizada, e buscando ativos que têm proximidade com operações da empresa, disse o presidente da estatal, Wilson Ferreira Júnior.

Dentre os ativos que despertam maior interesse na estatal está uma linha de transmissão na região Norte, na qual a Amazonas GT já possui um trecho, e que obter o direito a terminar o projeto pode ser interessante para as estratégias da empresa. “A vantagem é que o investimento já está feito pela nossa companhia”, disse ele.

Ferreira Júnior também comentou que as subsidiárias devem entrar em lotes de acordo com suas áreas de atuação, sempre visando projetos que tenham sinergia com as linhas de transmissão ou outros ativos que a empresa já possua.

Além disso, a empresa estará de olho em oportunidades que permitam a rentabilização do capital, respeitando a disciplina financeira estabelecida pela companhia. “Notamos as taxas mínimas de retorno para cada um dos ativos, como condições que estamos também exigindo previamente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *