Estoque de produtos agrícolas totaliza 52,9 milhões de t no 1º semestre

O estoque de produtos agrícolas no País totalizou 52,9 milhões de toneladas no primeiro semestre de 2020, segundo a Pesquisa de Estoques divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma queda de 17,0% em relação ao mesmo período de 2019, quando o estoque somava 63,7 milhões de toneladas de grãos.

Todos os produtos apresentaram queda nos estoques, quando comparados com 30 de junho de 2019, informou o IBGE.

As quedas mais expressivas foram as do milho (-28,1%) e do café (-23,0%). O maior volume estocado era de soja (30,8 milhões de toneladas), seguido pelos estoques de milho (13,3 milhões), arroz (4,1 milhões), trigo (1,9 milhão) e café (839,4 mil).

Segundo o IBGE, esses produtos constituem 96,2% do total estocado entre os produtos monitorados pela pesquisa.

Além disso, no primeiro semestre de 2020, a capacidade disponível para armazenamento no Brasil foi de 176,5 milhões de toneladas, 0,7% inferior ao semestre imediatamente anterior.

O número de estabelecimentos caiu 0,5% em relação ao segundo semestre de 2019, segundo o IBGE.

“O Rio Grande do Sul possui o maior número de estabelecimentos de armazenagem (1.920) e o Mato Grosso a maior capacidade (43,8 milhões de toneladas)”, diz a nota divulgada pelo IBGE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *