EUA: após audiência com CEOs sobre GameStop, Câmara convocará órgãos reguladores

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos realizou nesta quinta-feira, 18, uma audiência sobre a volatilidade causada nos mercados acionários americanos por movimentos especulativos de investidores de varejo no final de janeiro, o que ficou conhecido como “caso GameStop”. Ao final da sessão, a presidente do Comitê de Serviços Financeiros, Maxime Waters, informou que serão marcadas novas audiências sobre o tema. “Continuaremos a examinar o assunto”, disse a democrata. De acordo com ela, órgãos reguladores como a Securities and Exchange Commission (SEC), equivalente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), também serão convocados.

Segundo Waters, o objetivo das audiências na Câmara é avaliar as mudanças que estão ocorrendo nos mercados acionários, proteger os investidores e “fazer Wall Street prestar contas”. Como mostrou o Broadcast, o crescimento da influência de operadores de varejo nas bolsas de Nova York entrou em evidência. A avaliação de analistas é de que o aumento do número de pequenos investidores está relacionado ao surgimento de corretoras online que não cobram taxas, como a Robinhood, e a um ambiente de ampla liquidez fiscal e monetária.

“Esta recente volatilidade do mercado colocou um holofote nacional nas práticas institucionais das empresas de Wall Street e gerou discussões sobre a evolução do papel da tecnologia e da mídia social em nossos mercados”, declarou a presidente do Comitê de Serviços Financeiros.

Durante a audiência, o CEO da Robinhood, Vlad Tenev, disse que o modelo de negócios da corretora, sem cobrança de taxas para a negociação de ações, “está funcionando para os americanos comuns”. O investidor americano Keith Gill, um dos usuários da rede social Reddit que impulsionaram as ações da GameStop, também se defendeu das acusações e afirmou que sua aposta na empresa foi baseada em fundamentos. Ele atua no fórum WallStreetBets, do Reddit, e foi um dos primeiros a apostar na alta dos papéis da companhia. No Youtube, Gill é conhecido como “Roaring Kitty”.

As ações da GameStop subiram mais de 400% na última semana de janeiro, com o aumento da demanda, o que causou um short squeeze no mercado. O movimento ocorre quando um ativo dá um salto e força investidores que apostam em sua queda a comprá-lo, para evitar uma perda maior. Os grandes fundos de hedge que foram impactados pela especulação, como o Melvin Capital, haviam “alugado” papéis como os da GameStop. O objetivo era vender essas ações no mercado e comprá-las de volta por um preço menor, embolsando a diferença antes de devolver os ativos ao dono original. No entanto, com a disparada das ações, esses fundos se viram obrigados a recomprá-las o mais rápido possível para zerar posição e evitar mais prejuízos – o que alimentou ainda mais a alta de preços, como uma bola de neve.

Também participaram da audiência os CEOs do fundo de hedge Melvin Capital, Gabriel Plotkin, do Reddit, Steve Huffman, e do fundo de hedge Citadel, Kenneth Griffin.