EUA propõem que grandes transferências em criptomoeda sejam informadas ao Tesouro

O governo dos Estados Unidos divulgou nesta quinta-feira uma proposta para que transferências em criptomoedas acima de US$ 10 mil sejam reportadas ao Departamento do Tesouro. O anúncio faz parte de uma série de medidas que a Casa Branca pretende implementar para melhorar o compliance tributário no país, como parte do plano de investimentos sociais de US$ 1,8 trilhão apresentado em abril pelo presidente Joe Biden.

No documento divulgado nesta quinta, o Tesouro americano afirma que o uso de criptomoedas representa um “problema” para a detecção de evasão de impostos. O órgão observa que as transações com esses ativos, como o bitcoin, tendem a se tornar mais comuns.

“Apesar de constituírem uma porção relativamente pequena da receita de negócios hoje, as transações de criptomoeda provavelmente aumentarão em importância na próxima década, especialmente na presença de um regime de relatórios de contas financeiras de base ampla”, diz o comunicado.