G-7 coloca clima no centro de seus planos e busca consenso em tributação

Em comunicado divulgado logo após reunião entre líderes nesta sexta-feira, 19, o G-7, grupo que reúne as sete maiores potências mundiais, afirmou que colocará a questão climática no centro de seus planos e buscará consenso para solucionar questões relacionadas à tributação internacional no âmbito da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) até meados de 2021. Seguindo as premissas do Acordo de Paris, o grupo prometeu entregar uma “transformação verde” para cortar as emissões de poluentes a zero até 2050.

De acordo com o comunicado da reunião realizada nesta sexta, o grupo irá cooperar com um sistema de comércio internacional moderno, mais livre e justo, com a Organização Mundial do Comércio (OMC) no centro.

Os líderes também concordaram em continuar com o apoio à economia, de forma a proteger empregos e sustentar a recuperação após a crise.

No curto prazo, o comunicado também afirma que os governos do G-7 vão trabalhar de forma conjunta com a indústria para acelerar a produção, o desenvolvimento e a distribuição de vacinas para a covid-19.

O grupo ainda reafirmou seu suporte à iniciativa Covax, da Organização Mundial da Saúde (OMS), por meio de financiamento e compartilhamento de doses de vacinas.