Governo diz ter tudo para superar questões judiciais da Ferrogrão e lançar edital

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que o governo tem “tudo para superar as questões judiciais” que barram o projeto da Ferrogrão e lançar o edital da concessão. O ministro, por sua vez, não deu uma previsão de quando isso poderá ser feito.

A estruturação da Ferrogrão foi suspensa em março por uma decisão liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), que pode ser confirmada ou revertida pelo plenário da Corte.

“Temos tudo para superar questões judiciais da Ferrogrão e lançar edital na praça. Estamos tocando com muita firmeza, temos sentido do lado do mercado a devida correspondência”, disse o ministro, em evento de balanço das ações da pasta no primeiro semestre.

O projeto de concessão da Ferrogrão prevê 933 quilômetros de trilhos, ligando Sinop (MT) a Miritituba (PA), nas margens do Rio Tapajós, no Pará.

Só para implantar a ferrovia serão necessários R$ 8,4 bilhões de investimentos privados.

A obra é projetada para ser o principal centro de escoamento de grãos de MT, papel que hoje é exercido pela BR-163.